Gotejamento padroniza cultivo de morangos

0
394

Pauletti Karllien Rocha
Engenheira agrônoma, mestre em Agronomia e diretora do curso de Agronomia – Centro Universitário de Goiatuba (UniCerrado)
paulettirocha@unicerrado.edu.br

Crédito: Ana Maria Diniz

Dentro do cultivo protegido do morango semi-hidropônico ou em substrato, o sistema de irrigação ideal é o gotejamento. O gotejo é um sistema de irrigação localizada que apresenta diversas vantagens, como: economia de água e energia, aplicação de água diretamente nas raízes, melhorando a fitossanidade das plantas, pode ser completamente automatizado, o que reduz a dependência de mão de obra, permite o uso da fertirrigação, que consiste na aplicação de fertilizantes via sistema, entre outras.

Com o gotejamento consegue atingir uma alta uniformidade de aplicação de água, e com isso se tem uma alta eficiência de aplicação. O sistema também diminui a incidência de doenças causadas pelo contato da água com a parte áerea das culturas, todas estas vantagens irão proporcionar um aumento na qualidade e na produtividade das culturas.

O morango

Por ser uma cultura bastante sensível ao déficit hídrico do solo, a prática da irrigação é fundamental para que a cultura alcance altas produtividades e qualidade dos frutos, e para garantir o bom desenvolvimento da cultura, a escolha correta do sistema de irrigação e a quantidade certa de água a ser destinada à cultura são aspectos decisivos.

Atualmente, o sistema de irrigação mais utilizado para o cultivo de morango é o localizado por gotejamento, que se caracteriza por aplicar água diretamente na zona radicular, em pequenas intensidades e com alta frequência (sendo  o turno de rega de um a quatro dias), garantindo assim uma umidade do solo na capacidade de campo ou próxima dela.

A aplicação de água é feita por um emissor, o gotejador, que aplica a água em gotas, em um ponto e diretamente na zona radicular da planta. Para uma melhor uniformidade e eficiência da irrigação, é necessário a avaliação de parâmetros que podem afetar a qualidade da irrigação, como a qualidade da água, que poderá causar entupimento dos gotejadores, seja por conta de partículas minerais ou orgânicas.

Para isso, faz-se necessário o uso de sistema de filtragem na captação de água, além de avaliação da qualidade da água a ser utilizada.

Cultivares

Além da questão relacionada à irrigação, um outro fator que influencia no bom desempenho da atividade é a escolha das cultivares, pois há grande influência de fatores climáticos, como a temperatura do ar, a umidade relativa e o fotoperíodo no desenvolvimento da cultura.

O uso de tecnologias na produção, como a adoção de ambientes protegidos e coberturas dos canteiros com plástico também são recursos que proporcionam um melhor desenvolvimento da cultura.

O avanço da pesquisa, no desenvolvimento de novas variedades e no estudo de tecnologias mais adequadas ao cultivo do morango, vem despertando o interesse de produtores de diferentes regiões do País e assim a produção, a área plantada e a produtividade vêm tendo um incremento significativo ao longo dos anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!