20.6 C
Uberlândia
sábado, maio 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioAnimaisPecuaristas iniciam venda de terneiros da safra após temporada com preço estável

Pecuaristas iniciam venda de terneiros da safra após temporada com preço estável

Estimativa é de liquidez total nos negócios que incluem exportação e mercado de recria e terminação

Bovinos – Crédito Eduardo Marcanth Rosso / Divulgação

Com o período de desmama se encaminhando para o fim em alguns criatórios no Rio Grande do Sul, teve início a comercialização de terneiros da safra. Já embarcaram para fora do país mais de 25 mil terneiros, em 2024. Outros 13 mil embarcaram esta semana para a Turquia e ainda há novo carregamento para ser feito com 28 mil terneiros para a próxima semana. O preço pago ao produtor gaúcho se mantém estável há cerca de 45 dias, em R$ 10,00 o quilo, e deve ser balizador para os negócios de terneiros inteiros a serem exportados.  

O presidente da Comissão de Relacionamento com o Mercado do Instituto Desenvolve Pecuária, José Pedro Crespo, explica que, além da Turquia, Egito e Líbano devem adquirir animais produzidos no Estado. Os primeiros terneiros comercializados pesam entre 180 quilos e 250 quilos. Crespo também ressalta que nos leilões, tem se observado este mesmo comportamento de  preços com oferta e demanda equilibradas. “O preço do boi gordo que estabelece a capacidade ou disposição de reposição do invernador, num histórico em que o preço do terneiro varia de 10% a 20% acima do preço do boi gordo aqui no Rio Grande do Sul”, destaca.

No que se refere a recria e terminação, Crespo conta que outro fator que influencia o interesse dos pecuaristas é a qualidade e disponibilidade forrageira das pastagens de inverno, que este ano sofreram pelo atraso da implantação das lavouras de verão em função do excesso de chuvas e preços elevados das sementes de azevem e aveia. “Considerando estes fatores, podemos ter uma perspectiva de liquidez na comercialização da safra de terneiros, onde fatores como o câmbio, que interfere diretamente no negócio das exportações, e o preço do boi, subindo com a aproximação do período de entressafra, podem influenciar positivamente o mercado de terneiros desde que a exportação se mantenha com boa demanda”, avalia o dirigente do Instituto Desenvolve Pecuária.

Para José Pedro Crespo, a rastreabilidade e a criação do Instituto Gaúcho da Carne são fatores de extrema importância para a valorização do produto dos pecuaristas: a carne gaúcha. “É quando teremos melhores condições para agregarmos valor à nossa produção”, finaliza. 

ARTIGOS RELACIONADOS

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta é grande aliada para a produção sustentável

Sistemas integrados podem ser adotados em modalidades variadas para os mais diversos portes de propriedades e diferentes cultivos.

24º Itaipu Rural Show terá expositores motivados e muitas novidades

O Itaipu Rural Show será realizado em Pinhalzinho, Oeste Catarinense, de 15 a 18 de fevereiro.

Exportação de carne bovina declinou 20% em março

No primeiro trimestre as exportações de carne bovina caíram em 8%, enquanto a carne suína apresentou alta de 16%.

Por meio de tecnologia inovadora, pecuária se abre para o crowdfunding

O crowdfunding nada mais é do que um financiamento coletivo, onde membros da sociedade civil, normalmente pessoas físicas, se unem para financiar um objetivo em comum que lhes trará algum resultado financeiro a curto, médio ou longo prazo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!