23.6 C
Uberlândia
terça-feira, abril 16, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosImportância do cálcio para o morango

Importância do cálcio para o morango

O cálcio é o segredo para morangos suculentos e saudáveis.

Dário Pauletto
Engenheiro agrônomo, M.Sc. e diretor técnico da Pauletto Agronegócios
dario@paulettoagro.com

É de suma importância o uso eficaz e de maneira equilibrada dos nutrientes em forma de fertilizantes para garantir uma nutrição mais adequada do morangueiro. Os nutrientes oferecidos às plantas são determinantes para o desenvolvimento, produtividade e qualidade dos frutos pós-colheita.

Portanto, quando temos alta concentração de nutrientes na solução nutritiva, podemos ter dificuldade na absorção de água devido ao enrijecimento das paredes celulares, resultando na perda de produtividade da planta.

Por outro lado, quando a concentração de nutrientes é baixa, temos a diminuição do teor de massa seca vegetal, podendo gerar a ruptura da parede celular e a possível necrose dos tecidos, perdendo qualidade e afetando a produção.

Crédito: Shutterstock

Entendendo as funções do cálcio

O cálcio desempenha diversas funções fisiológicas nos processos químicos e físicos da planta. Por isso, é fundamental entender qual a necessidade de equilibrar a nutrição em relação ao elemento. Este nutriente é consumido pelas plantas em quantidades variadas e é essencial para manter a integridade estrutural e funcional das membranas e da parede celular.

Sua deficiência acarreta a necrose de regiões meristemáticas jovens, como os ápices radiculares ou folhas jovens. A necrose em plantas de lento crescimento pode ser precedida por uma clorose generalizada, e o sistema radicular pode ficar curto e altamente ramificado.

Este nutriente é responsável pelo desenvolvimento e expansão dos tecidos vegetais, e é associado ao mecanismo de regulação que origina a parede celular, sendo transportado no xilema pelo processo de fluxo de massa.

Por ser dependente das vias físicas e moleculares de circulação de água, a concentração do cálcio depende do fluxo de água no xilema pela transpiração, da formação de complexos pouco solúveis ou insolúveis e de mecanismos celulares de transporte de água.

Sendo assim, frutos que apresentam baixas taxas de transpiração têm a distribuição do cálcio limitada. Na composição da solução nutritiva com relação ao potássio e cálcio, temos o potássio absorvido em abundância pelas raízes na forma iônica (K+). Depois disso o íon é transportado e redistribuído por toda planta, ou seja, tem alta mobilidade.

Já o cálcio (Ca2+) é absorvido de forma passiva, sendo transportado pelo fluxo de massa. Podemos perceber que a absorção do cálcio só ocorre se a concentração na solução nutritiva for menor que a concentração no interior da planta. Assim, o íon caminha para a parte aérea com o processo de transpiração da planta.

Formas de aplicação de cálcio

Podemos aplicar o cálcio no solo para corrigir a acidez (calagem), fundamental para o crescimento das raízes, e com a adubação. Temos também as fontes de cálcio solúvel, que podem ser aplicadas no solo via fertirrigação.

Além dessas opções, encontramos o elemento em soluções de hidroponia e soluções nutritivas para fertirrigação em substrato. Como um complemento nutricional, podemos aplicar o cálcio via foliar, sendo uma opção interessante para proporcionar frutos com mais resistência pós-colheita.

A adubação foliar por meio da pulverização com cálcio diretamente nos frutos é uma técnica tradicional em algumas culturas, como a do tomate e da maçã, visando evitar deficiências nos frutos.

Alguns fatores que afetam a disponibilidade de cálcio para a nutrição do morangueiro são: equilíbrio entre o potássio e o cálcio; equilíbrio da irrigação, mantendo a uniformidade e a relação iônica entre o potássio e o cálcio.

ARTIGOS RELACIONADOS

5 dicas de manejo que auxiliam na produtividade do hortifrúti

Veja os principais cuidados durante a florada, fase em que se determina a quantidade de frutos que serão gerados pela planta   A florada é a...

Adubação acertada do pepineiro

  André Rocha Duarte Engenheiro agrônomo, mestre em Fitopatologia agronomia@finom.edu.br O pepino (Cucumis sativus L.) é uma hortaliça amplamente consumida no Brasil e no mundo. Seu plantio, em...

Micromix Plant Health Fertilizantes – Novas tecnologias para cultivos intensivos

A cada ano o desafio enfrentado pelos produtores brasileiros de hortaliças é maior. Em 2006, um levantamento realizado pela Embrapa estimou que a área...

Mais resistência com o silício

Celso Auer Álvaro Figueredo dos Santos Pesquisadores da Embrapa Florestas O silício é reconhecido devido à sua influência na resistência das plantas em resposta a ataques de...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!