12.6 C
Uberlândia
quarta-feira, maio 29, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasInseticida que age em todas as fases da principal praga do milho...

Inseticida que age em todas as fases da principal praga do milho é lançado

Nova solução da Sipcam Nichino começou a ser estudada em 2015, foi alvo de quase 80 trabalhos e recebeu suporte de 24 instituições de pesquisas

Divulgação

Um evento online realizado nos últimos dias oficializou o início da comercialização do inseticida de marca Fiera® no Brasil. Desenvolvido pela Sipcam Nichino, a nova solução tem por proposta ‘um novo olhar’ para o controle da cigarrinha-do-milho (Daubulus maidis), principal praga do cereal e mais desafiadora à produção safra após safra. Participaram da transmissão em torno de 1,3 mil convidados do setor de agroquímicos, além da liderança da companhia no país e sete especialistas palestrantes.

De acordo com a Sipcam Nichino, Fiera® começou a ser estudado em 2015, após os primeiros registros da praga na fronteira agrícola do milho. Desde então, foram realizados quase 80 trabalhos em nível de campo, com a participação de 24 consultorias e institutos de pesquisas, até a concessão do registro ao inseticida em milho, no início deste ano.

Em uma das palestras do encontro técnico, a pesquisadora Regiane Oliveira, pós-doutora em entomologia da Unesp de Botucatu, destacou o que a Sipcam Nichino difunde como sendo uma característica exclusiva de Fiera®: o controle eficaz da fase ‘ninfa’ da cigarrinha. Segundo Regiane, o novo produto age ainda sobre ovos, na fecundidade e na fertilidade de fêmeas da praga.

Conforme especialistas envolvidos no desenvolvimento da solução, o manejo da ninfa, até pouco tempo atrás, não era prioridade nos tratamentos frente à cigarrinha-do-milho, que visavam à fase adulta do inseto, sem focar, portanto, na quebra do ciclo da praga. “O que trazemos ao mercado hoje é um novo olhar técnico, pensamos no controle de todas as fases jovens da praga, na importância das ninfas no processo de disseminação da doença”, resumiu Sergio Camargo, engenheiro agrônomo e consultor da Sipcam Nichino.

Além de Camargo e Regiane, falaram também o gerente de pesquisas da companhia, Eric Ono, o consultor Paulo Garollo, membro da Crop Life Brasil e os agrônomos José de Freitas e Carulina Oliveira, das áreas de desenvolvimento de mercado e marketing da Sipcam Nichino, respectivamente.

Índices elevados de controle

Segundo informou a Sipcam Nichino na ocasião, o novo Fiera® é descrito como fisiológico, seletivo e regulador de insetos. A empresa acrescentou que ensaios realizados trouxeram indicadores robustos de controle de ninfas da Daubulus maidis, na faixa de 95% a 100%. O novo inseticida acarretou também em reduções de 66% na ‘postura’ de ovos da praga, de 92% na eclosão destes e de 79% na viabilidade reprodutiva. Para a Sipcam Nichino, “a solução reduz populações de novas gerações pela quebra do ciclo da praga”.

Ainda de acordo com a companhia, o novo inseticida apresenta ação de contato, vapor e “afeta velozmente todos os estágios do ciclo de vida da Daubulus maidis”. Fiera®, segundo informou a Sipcam Nichino, tem por ingrediente ativo o Buprofezina 250 (SC), desenvolvido pela Nichino Japão.

Criada em 1979, a Sipcam Nichino resulta da união entre a italiana Sipcam, fundada em 1946, especialista em agroquímicos pós-patentes e a japonesa Nihon Nohyaku (Nichino). A Nichino tornou-se a primeira companhia de agroquímicos do Japão, em 1928, e desde sua chegada ao mercado atua centrada na inovação e no desenvolvimento de novas moléculas para proteção de cultivos.

LEIA TAMBÉM:

VÍDEO: confira os conteúdos da Revista Campo & Negócios

ARTIGOS RELACIONADOS

Extensão de registro de molécula inseticida de ponta

Inovação tecnológica para manejo da traça-do-tomateiro e traça-das-crucíferas pode agora ser aplicada em mais 11 cultivos, inclusive nas minor crops.

Rede de monitoramento da cigarrinha-do-milho

Projeto realizado pela Bayer em parceria com agricultores, pesquisadores e canais, iniciado e testado em lavouras do Paraná, Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, agora será ampliado para fazendas graças à tecnologia da agtech Sima

Produtores gaúchos de leite ainda sofrem dificuldades por causa da estiagem

Segundo a Gadolando, falta de silagem aumenta os custos aos criadores mesmo em momento de preços mais elevados

Sequenciado genoma de fungo que ataca lagartas da soja

Cientistas brasileiros concluíram o sequenciamento genético de um fungo que atua como inimigo natural de lagartas que atacam a soja, o milho e o algodão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!