Manejo nutricional da berinjela

0
138

Autores

Amanda Santana ChalesEngenheira agrônoma e mestranda em Ciência do Solo – Universidade Federal de Lavras (UFLA)amandaachales@gmail.com

Júlio César RibeiroEngenheiro agrônomo e doutor em Agronomia/Ciência do Solo – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)jcragronomo@gmail.com

Berinjela – Crédito: Shutterstock

A berinjela (Solanum melongena) é considerada uma hortaliça rica em vitaminas, pertencente à família das solanáceas, da qual fazem parte também o tomate, a batata, o pimentão, entre outros. É uma planta que apresenta crescimento arbustivo, caule semilenhoso e folhas grandes. Suas flores apresentam coloração roxa e seus frutos são ovais e alongados, apresentando uma maciez e coloração escura, dependendo da variedade.

São plantas adaptadas ao clima tropical e subtropical, desenvolvendo-se bem em locais quentes, com uma temperatura diurna média entre 25 e 35ºC, e noturna entre 20 e 27º C, o que favorece sua produção ao longo do ano em diversas regiões.

O cultivo da berinjela preferencialmente deve ser realizado em solos que apresentem uma textura média, com um bom teor de matéria orgânica e uma boa drenagem, sendo a cultura sensível a encharcamentos. É necessário que o pH esteja na faixa de 5,5 a 6,5 para um bom desenvolvimento da cultura, a fim de favorecer uma maior disponibilidade de nutrientes ao desenvolvimento das plantas.

Novidades

A cultura da berinjela não apresenta muitas restrições em seu cultivo, entretanto, uma de suas limitações são as condições climáticas, tendo em vista que, por se adaptar melhor em regiões mais quentes, há uma limitação de seu desenvolvimento sob temperaturas mais baixas e com uma maior precipitação.

Uma das alternativas para a produção dessa cultura é o cultivo em estufas, o que proporciona maior proteção com relação às condições climáticas, além de maior controle fitossanitário, permitindo ao produtor um melhor acompanhamento da produção, assim como uma melhor produtividade e qualidade do produto final.

Como implantar a técnica

Uma adequada produção da cultura da berinjela exige um bom manejo técnico, o qual vai desde a escolha das sementes para a produção de mudas à colheita dos frutos e armazenamento.

Ao iniciar a produção de berinjela, deve-se certificar que as sementes que serão utilizadas para a produção das mudas apresentem um bom índice de germinação e pureza; se estão dentro do prazo de validade, assim como sua procedência, e a utilização de um substrato de qualidade para o ideal desenvolvimento das mudas nessa primeira etapa.

As mudas podem ser feitas em sementeiras, bandejas de isopor, tubetes de plástico, ou até mesmo em copinhos de fibras vegetais, sendo imprescindível o controle da umidade nessa etapa, para que não ocorra o encharcamento e, consequentemente, um mal desenvolvimento das mudas.

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.