20.6 C
Uberlândia
quinta-feira, maio 23, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesMercado de nutrição animal deve se manter em alta, prevê especialista

Mercado de nutrição animal deve se manter em alta, prevê especialista

Bernardo Potter – Divulgação

O mercado brasileiro de nutrição animal continua a mostrar resiliência e crescimento. Após um primeiro trimestre positivo, com um aumento sólido de 1,5%, em comparação com o mesmo período do ano anterior, a tendência é que o setor possa encerrar o primeiro semestre também de maneira favorável.

De acordo com o country manager da Quimtia Brasil, uma das principais indústrias especializadas no desenvolvimento e produção de insumos para nutrição animal, Anderson da Veiga, o aumento constante no consumo de carne tem beneficiado de maneira significativa o segmento.

Segundo ele, as taxas de juros favoráveis também têm proporcionado um ambiente propício para que os produtores invistam cada vez mais em seus negócios, promovendo o crescimento e a modernização da produção animal em todo o país. Ainda para ele, essa combinação de fatores tem contribuído significativamente para o avanço constante do segmento de nutrição animal.

“Com isso, olhando para um futuro próximo, acredita-se que as perspectivas permanecem bastante otimistas, com expectativas de que o mercado continue se sobressaindo em um ritmo semelhante, mantendo o crescimento estável de 1,5%”, analisa Anderson.

Com a demanda por produtos de origem animal permanecendo robusta e os incentivos financeiros para investimento, o setor de nutrição animal está bem posicionado para continuar sua trajetória ascendente. Atualmente, o Brasil é reconhecido internacionalmente como um mercado líder no setor agropecuário, mantendo ano após ano sua posição de destaque, o que ajuda a impulsionar de forma eficaz a demanda por produtos de nutrição animal.

Entretanto, segundo o especialista, ainda é fundamental manter um acompanhamento tanto dos indicadores econômicos, quanto das políticas adotadas para o setor, para poder desenhar de maneira mais eficaz o desenvolvimento do mercado de nutrição animal para os próximos meses.

“Sem dúvidas, a economia brasileira vem enfrentando desafios, mas sobretudo possibilitado inúmeras oportunidades. E, além disso, o cenário global também deve contribuir com um papel relevante para que o segmento continue avançando de forma expressiva”, avalia o country manager da Quimtia Brasil.

Acima da média nacional

Acima da média nacional, a Quimtia Brasil tem mostrado solidez quando o assunto é desenvolvimento de soluções para a produção animal no Brasil. Um reflexo disso é que a companhia fechou o primeiro trimestre deste ano com um resultado positivo de 1,7%, ou seja, 0,2% acima da média nacional.

“Esse crescimento significativo reflete não apenas a potência do setor e a resiliência da economia do país como um todo, mas também na preocupação em se adaptar e atender às reais necessidades dos produtores brasileiros”, finaliza Anderson da Veiga.

ARTIGOS RELACIONADOS

IV Simpósio em Microbiologia Agrícola

Evento busca aprofundar diálogo sobre temas na área de microbiologia De 10 a 13 de setembro, acontecerá o “IV Simpósio em Microbiologia Agrícola: Desafios, fundamentos e...

Qual a ação e reação dos organominerais no pomar de citros?

Autores Rhaiana Oliveira de Aviz rhaianaoliveiradeaviz@gmail.com Luana Keslley Nascimento Casais luana.casais@gmail.com Graduandas em Agronomia - Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) Luciana da Silva...

Nutricional para a melancieira

O cultivo da melancia [Citrullus lanatus (Thumb.) Matsum & Nakai] no Brasil é realizado sobretudo ...

Importância do magnésio e boro na produtividade e no ATR da cana

No Centro-Sul do Brasil, a colheita da cana terá início a partir de março de 2019. A produtividade da cana será reflexo das práticas culturais e influenciada fortemente pelas condições climáticas – regime pluviométrico e temperatura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!