23.6 C
Uberlândia
quarta-feira, abril 17, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasMercado do Milho: Panorama da semana (10/03)

Mercado do Milho: Panorama da semana (10/03)

O mercado apresenta estabilidade na semana que se encerra.

*Por Mahany Martins, Analista Tarken

No Rio Grande do Sul, 61% dos campos haviam sido colhidos até a última quinta (09). A EMATER RS reavaliou a situação em 458 municípios e revisou a produtividade das lavouras, levando a um decréscimo de 41% na produção total inicialmente estimada, reflexo do impacto da falta de chuvas entre dezembro e fevereiro.

Mahany Martins – Analista Tarken
Divulgação

No Mato Grosso, até a última sexta-feira (3) 89,36% dos 7,4 milhões de hectares estimados haviam sido plantados. No ano passado, o número estava na casa dos 94,08% (IMEA). A região norte do estado encontra-se avançada perante as demais, com 98,24% das áreas totais semeadas, já as regiões oeste e noroeste são as mais atrasadas com 79,10% e 79,62%, respectivamente. Produtores dessas regiões revisam a estratégia, diminuindo a área destinada ao plantio do grão, a fim de equilibrar os riscos da cultura plantada fora das condições climáticas ideais.

No mercado interno, os preços dos grãos apresentaram estabilidade do início ano até aqui, mas fato é que o cenário interno pode alterar os preços do cereal com movimentações de alta. Neste momento, produtores do sul seguem focados na soja, e acreditam em salto dos preços do milho nos próximos meses devido à situação do centro-oeste.

Apesar do cenário, nesta quinta (09) a Conab divulgou relatório com recorde de 124,67 milhões de toneladas, acima de fevereiro, elevando a produção em 10,2% na comparação com a temporada passada. As exportações de milho seguem com excelentes projeções diante a quebra de safra Argentina e pequenas safras previstas na Ucrânia, aumentando o otimismo do Brasil ultrapassar os Estados Unidos que segue com estimativas lentas.

MERCADO

A Bolsa Brasileira apresentou uma semana de preços próximos à estabilidade, tendo nesta sexta um leve movimento negativo, com cotações na casa dos R$ 85,32 e R$ 87,02 no início da manhã. A falta de pressão nos portos contribui para o mercado praticamente inalterado. Já no mercado físico, a baixa liquidez dita os preços.

Na cotação Tarken para essa sexta (10), em Lucas do Rio Verde (MT) a saca de 60 kg é cotada a R$ 69,43.

ARTIGOS RELACIONADOS

Tecnologia inédita de inoculantes para silagem chega ao Brasil

Novidade foi desenvolvida a partir da seleção de cepa brasileira identificada pela UFLA em conjunto

Fosfito é arma poderosa para o milho

Resultados de pesquisas comprovam que a aplicação foliar de fosfito em milho reduz a severidade das doenças mancha de cercóspora, mancha branca, helmintosporiose comum e ferrugens.

Panorama do mercado de hortaliças

As hortaliças folhosas fazem parte da alimentação diária do povo brasileiro, uma vez que fazem ...

Sementes de milho de alto valor

O milho é uma das culturas mais antigas do mundo, sendo, ao longo da história, importante ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!