21.6 C
Uberlândia
terça-feira, abril 16, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesMotores elétricos protegem animais no inverno

Motores elétricos protegem animais no inverno

O uso de aquecedores é fundamental para a pecuária, nos períodos de baixa temperatura

Durante o inverno as temperaturas sofrem muita variação, podendo cair bastante em algumas regiões brasileiras, como no Sul e Sudeste do país, e trazer prejuízos para a criação animal. Em maio, mesmo ainda sendo outono, ocorreram fortes ondas de frio em alguns estados e, de acordo com levantamento da Agência Estadual de Defesa Sanitária Vegetal, mais de 2,7 mil cabeças de gado morreram em Mato Grosso do Sul. Os meteorologistas não descartam novas entradas de massas de ar frio e formação de geadas nesta estação, em algumas áreas de maior altitude. Com isso, alguns setores da pecuária precisam ficar atentos às alterações nas temperaturas, buscando alternativas que evitem o sofrimento da criação em confinamento, como a tecnologia de aquecedores equipados com motores elétricos.

IEC – IP 55 TRIFÁSICO
Créditos: Divulgação

Assim, é importante manter um ambiente controlado, com temperatura e umidade relativa, sem grandes variações, para o melhor conforto dos animais nesses períodos de baixas temperaturas. “Em dias frios, o aquecimento dos criadouros merece atenção redobrada, pois é maior a necessidade energética para suprir a diferença entre a temperatura ideal para os animais e a temperatura ambiente externa. Com isso, o uso de aquecedores de ambientes equipados com motores elétricos torna-se essencial no trabalho dos produtores rurais”, explica Drauzio Menezes, diretor da Hercules Motores Elétricos.

Segundo ele, os aparelhos de aquecimento são equipados com motores de grau de proteção IP 44, IP  55 (IR3) e IP 21 monofásicos e trifásicos, normalmente especificados conforme os fabricantes dos equipamentos. “Um fator relevante na escolha do motor para o equipamento de aquecimento é a economia. Hoje, há opções customizadas capazes de atender à demanda exatamente de acordo com a necessidade do cliente. Esses motores possuem uma boa dissipação de calor, por utilizarem carcaça de alumínio e classe de isolamento F, que suporta até 155 ºC. Também são resistentes a ambientes salinos, amônia e contam com rolamentos blindados de primeira linha, além de estarem dentro da classe de rendimento mínimo de energia elétrica (IR3) exigido no Brasil”, garante.

Devido às intempéries e às variações energéticas de áreas rurais, Menezes salienta a importância das companhias do segmento investirem em motores modernos e tecnologicamente avançados, desenvolvidos especificamente para trabalharem mesmo nessas situações. “Para áreas com oscilação de tensão, a Hercules possui a linha de motores padrões, que atendem à tensão entre 110 e 127 V; de 220 até 254 V e de 440 até 508 V. Já para os equipamentos expostos a ambientes com pó e umidade, são direcionados os motores resistentes a essas ocorrências, que são os da linha IP 44 e IP 55”, diz Menezes.

ARTIGOS RELACIONADOS

Desafios para alcançar uniformidade nos cortes no inverno

Cássio Oura, consultor, fala um pouco sobre os Desafios e as soluções para alcançar uniformidade nos cortes no inverno.

Campeões de produtividade no milho inverno 2023

Fórum Getap Inverno apresentou os ganhadores da 5ª edição do concurso que reconheceu os produtores que tiveram alta performance no cultivo do cereal nas categorias irrigado e sequeiro. No total foram 210 inscritos oriundos de nove estados brasileiros.

Aliado da silagem de milho ganha espaço durante a safra de inverno

Para o período do inverno, os materiais de trigo para pré-secado, silagem ou pastejo surgem como ...

Cuidados com nematoides deve ser redobrado no inverno

No inverno, os nematoides podem se tornar um desafio para as culturas agrícolas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!