22.7 C
Uberlândia
terça-feira, junho 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosNegócios na Agrishow 2017 alcançam R$ 2,2 bilhões

Negócios na Agrishow 2017 alcançam R$ 2,2 bilhões

Número de visitantes também obteve crescimento, além da alta qualificação destacada pelos expositores

 

Crédito Divulgação
Crédito Divulgação

A Agrishow 2017 ” 24ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola, que aconteceu de 01º a 05 de maio, obteve um resultado positivo, com a realização de negócios da ordem de R$ 2.204 bilhões, o que significa uma recuperação de 13% em relação à edição anterior.

Por segmento, o crescimento na intenção de compra de máquinas e equipamentos é: armazenagem (11%), grãos (12%), pecuária (11%), irrigação (20%) e outros (19%). No entanto, contando os fechamentos dos bancos, bem como os negócios iniciados em Ribeirão Preto, mas finalizados nos próximos meses, a expectativa é que o valor será maior.

A 18ª Rodada Internacional de Negócios reuniu fabricantes brasileiros de máquinas, implementos agrícolas, pecuária e equipamentos de irrigação, com compradores (importadores, distribuidores e representantes) procedentes da Argélia, Chile, Colômbia, Egito, Etiópia, EUA, Nicarágua, Nigéria e Peru.

Foram 12 compradores estrangeiros, que durante três dias reuniram-se com 38 empresas brasileiras, em uma ação de promoção comercial que resultou em cerca de 300 reuniões e mais de US$ 17 milhões, entre negócios fechados e futuros para os próximos 12 meses.

Denominada Projeto Comprador, a Rodada Internacional de Negócios foi organizada pelo Programa Brazil Machinery Solutions, uma parceria entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ).

Em relação ao número de visitantes da Agrishow 2017, também apresenta um crescimento, chegando a 159 mil pessoas, ante 152 mil do ano anterior. Além da elevação de 4,6% na quantidade de público, as mais de 800 marcas expositoras nacionais e internacionais ressaltaram a qualificação desses visitantes, formados, sobretudo, por compradores e produtores rurais de pequeno, médio e grande portes do Brasil e do exterior.

Essa matéria você encontra na edição de junho 2017 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Agrocultivo investe em tecnologias hidropônicas

  A Agrocultivo é uma empresa que trabalha na área de comércio e exportação, voltada para o segmento de cultivo protegido. Pelo quarto ano a Agrocultivo...

Organominerais fornecem matéria orgânica para o solo

Diego Henriques Santos Engenheiro agrônomo da Codasp - Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo (Regional Noroeste) dihens@bol.com.br Existem diferentes fontes orgânicas de nutrientes em nosso País,...

Algas calcárias e sua atuação como corretivo de solo

Nilva Teresinha Teixeira Engenheira agrônoma, doutora em Solos e Nutrição de Plantas e professora do Curso de Engenharia Agronômica do Centro Regional Universitário de Espírito...

Agronegócio amarga prejuízos com as oscilações climáticas

  A temperatura global subiu cerca de 0,8 ºC nos últimos 150 anos e prevê-se que continue a aumentar. Está previsto que o aquecimento global...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!