23.3 C
São Paulo
segunda-feira, julho 4, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Tecnologia O que é essencial saber sobre um grupo gerador de energia?

O que é essencial saber sobre um grupo gerador de energia?

Crédito: Divulgação

Movido a diesel ou a gás, um grupo gerador é configurado para produzir corrente elétrica, para assumir total ou parcialmente a carga gerada pelo estabelecimento consumidor. Suas variadas características técnicas, no entanto, determinam uma grande variação de preços, por isso avaliar somente a potência do equipamento é um erro comum. A avaliação é de Valdo Marques, Vice-Presidente Executivo da Stemac, maior especialista nacional na fabricação e comercialização de grupos geradores.

“É essencial que o comprador se certifique de que as características do produto, o local e os detalhes da instalação estão claros e corretos tecnicamente. Também é importante escolher uma empresa confiável e avaliar se o preço final inclui itens como impostos, local de entrega, carga a ser atendida, equivalência técnica, garantia etc.”, explica.

Segundo Valdo, avaliar cuidadosamente a estrutura de assistência técnica da companhia é um item igualmente considerável. “Confie em equipes próprias que possam atendê-lo em qualquer dia e hora e que disponha de um call center 24h, sete dias por semana, para apoio técnico e possível solução por telefone.”

Entre as principais informações e dados para a avaliação da potência estão a tensão de trabalho, relação de transformadores existentes, relação de cargas a serem atendidas pelo equipamento, medições na entrada/saída de energia e contas de energia da concessionária.

O executivo destaca que é prudente observar, ainda, itens como a existência de cargas súbitas ou deformantes. “As medições deverão ser realizadas no horário de previsão de funcionamento do grupo gerador, se possível com a carga real em atividade, e considerar a intenção de ampliações futuras e possível incremento de demanda.”

Os grupos geradores, na maioria das vezes, são usados em aplicações stand-by, para fornecer energia em caso de queda/blecaute, uma vez que são eficazes, seguros e imediatos, capazes de garantir energia 24h, sem interrupção.

“Eles também podem ser usados em lugares isolados, ou instalações provisórias, atuando como principal fonte de energia quando não existe nenhuma rede elétrica, ou ainda para reduzir os custos, operando nos horários em que a energia fornecida pela concessionária é mais cara”, reitera.

Comércio, indústria e condomínios

Hoje em dia, a possibilidade de garantir autonomia energética para seu estabelecimento, seja ele comercial ou industrial, ou ainda para a sua residência, é muito acessível.

Além da evolução tecnológica, que permite baixas emissões atmosféricas, o nível de ruído é insignificante. Mas por que eu precisaria de um grupo gerador industrial/comercial ou ainda para a minha residência?

Existem muitas razões, de acordo com o VP da Stemac, entre elas:

– Não há outra fonte de energia disponível;

– O fornecimento da concessionária não é suficiente para atender aos seus requisitos;

– É necessária uma fonte adicional de energia elétrica no caso de quedas frequentes ou prolongadas, como na construção civil, indústria alimentícia, saúde, tecnologia, condomínios residenciais, empresas, shoppings e agronegócio; – Segurança patrimonial e pessoal, garantindo funcionamento ininterrupto dos dispositivos de segurança, como câmeras, alarmes, portões elétricos etc.

Qual a diferença entre kW e kVA?

Os grupos geradores, geralmente, são mostrados com ambas as classificações. A principal diferença entre elas é o fator de potência. Conforme Valdo, o kW (kilowatt) é a unidade de potência real, enquanto o kVA (quilovolt-ampere) é a unidade de potência aparente (potência real + potência reativa).

“O fator de potência padrão para um gerador trifásico é 0.8, no entanto, ele pode variar de 0 a 1. O valor de kVA será sempre maior do que o kW, pois inclui a potência reativa”, explica.

O kW é mais usado em alguns países como Estados Unidos. No Brasil é mais comum a utilização de kVA, para classificar e dimensionar grupos geradores. “A classificação de kW é a saída de potência resultante que um gerador pode fornecer com base na potência de um motor. O kVA é a capacidade final do gerador”, completa o executivo.

No caso da Stemac, os grupos geradores comercializados estão disponíveis de 25 a 3125kVA. Os equipamentos a gás funcionam com diversos tipos de gases, como o natural ou o gás de aterro sanitário e tratamento de efluentes, por exemplo, sendo de grande confiabilidade e com baixas emissões atmosféricas.

Sobre a Stemac

Maior especialista nacional na fabricação e comercialização de grupos geradores, a Stemac projeta e executa soluções em energia através da maior estrutura de atendimento do segmento.

Com organização própria distribuída estrategicamente em 24 estados do país, a empresa oferece acompanhamento integral em projeto, fabricação, instalação, peças e serviços. E mantém parcerias internacionais que garantem a qualidade e a permanente atualização tecnológica dos seus produtos.

A Stemac foi a primeira empresa brasileira do setor a obter a certificação ISO 9001, em 23 de outubro de 1998. A certificação é assegurada através de sistemáticas auditorias realizadas pelo principal órgão certificador do Brasil, o BVC (Bureau Veritas Certification), atendendo aos mais rigorosos princípios de Gestão da Qualidade.

Inicio Tecnologia O que é essencial saber sobre um grupo gerador de energia?