17.6 C
Uberlândia
quarta-feira, maio 22, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesProdução de defensivos agrícolas enfrenta situação crítica

Produção de defensivos agrícolas enfrenta situação crítica

Tecnologia inovadora revoluciona a produção de defensivos agrícolas

Divulgação

Tubulações, processos, máquinas e funcionários atuando em várias etapas. Imagine uma fábrica de defensivos agrícolas e toda sua complexidade. Esse cenário, que por natureza requer atenção, enfrenta uma situação crítica quando encontramos uma contaminação cruzada.

A contaminação cruzada é a sobra de um produto que passou pela tubulação e que contamina o processo de fabricação de um outro produto, acarretando prejuízos econômicos e ambientais. 

Esse contexto envolve o descarte imediato do produto, um processo muito demorado e caro para as indústrias, uma vez que o produto contaminado não pode ser liberado em qualquer lugar, sendo necessário a sua armazenagem e incineração. Há também o descarte das embalagens, que não serão reaproveitadas. 

Aumento do preço do defensivo agrícola

Tudo isso contribui para aumentar o preço final de toda a linha produzida e para os produtores rurais pagarem mais por um produto do que de fato deveriam pagar.  

No entanto, uma tecnologia inovadora tem sido cada vez mais utilizada pelas empresas de defensivos agrícolas. Trata-se do UC System, desenvolvida pela Ultra Clean Brasil. 

Essa tecnologia realiza, em alguns segundos, a limpeza a seco das tubulações das fábricas de defensivos agrícolas, substituindo a demorada limpeza das tubulações com água e químicos, que chega a durar três horas, e conferindo ainda mais segurança e agilidade aos processos produtivos.

Com a solução UC System, as empresas de defensivos agrícolas podem ter diversos benefícios, tais como aproximadamente 250 horas a mais de produtividade por linha, redução na compra de matéria-prima, redução de energia, aumento de estoque e redução do consumo de água.

Bruno Ract, diretor de marketing da Ultra Clean Brasil, explica que, com o UC System, as indústrias otimizam a produção, utilizando 100% da matéria-prima comprada e economizando recursos. Além disso, diminuem o despejo na estação de tratamento de efluentes, reduzindo consideravelmente a emissão de CO2.

“Com menos retrabalho, as empresas de defensivos agrícolas conseguem produzir mais, com a mesma estrutura, sem investir em nova linha de produção, o que ajuda a diminuir o preço final do defensivo agrícola, beneficiando os produtores rurais”, finaliza. Para saber mais sobre a Ultra Clean Brasil, acesse https://ultracleanbrasil.com.br

LEIA TAMBÉM:

VÍDEO: confira os conteúdos da Revista Campo & Negócios

ARTIGOS RELACIONADOS

Tratores e máquinas compactas como a menor colheitadeira de grãos do mercado brasileiro estão entre os destaques da YANMAR durante a Expodireto 2023

Portfólio da marca em exposição é ideal para atender pequenos e médios avicultores, fruticultores e produtores gaúchos de milho e soja; Equipamentos se destacam no mercado pela facilidade de operação e baixo custo de manutenção

CropLife Brasil participa do fórum sobre mercado de defensivos químicos ilegais

Evento acontece no dia 25 de maio de 2023, no Auditório da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (ASMEGO).

Seis razões para rastrear e monitorar suas máquinas agrícolas

Os sistemas que permitem rastrear e monitorar máquinas agrícolas foram criados para atender algumas das principais demandas do agronegócio.

Descascadora de mandioca: trabalho no campo fica mais fácil

Você sabe como funciona a descascadora de mandioca? Detalhamos todo o processo em artigo da Revista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!