35.1 C
Uberlândia
terça-feira, novembro 7, 2023
- Publicidade -
InícioArtigosGrãosRemineralização do solo pode ser alternativa a produtos químicos?

Remineralização do solo pode ser alternativa a produtos químicos?

 

Claudia Adriana Görgen

Engenheira agrônoma e doutoranda em Geociências Aplicadas – UNB

claudiadrianagorgen@gmail.com

Fotos Shutterstock
Fotos Shutterstock

Os solos são constituídos por materiais orgânicos, minerais, água e ar. As reações entre estes constituintes podem ser analisadas e quantificadas em laboratório. A análise de solo permite quantificar parâmetros físico-químicos (pH, Capacidade de Troca de Cátions (CTC), matéria orgânica, cátions, ânions, argila, silte e areia, etc.).

Os parâmetros físicos (Tabela 01) influenciam diretamente nas modificações das cargas elétricas. Destaque para a fração argila ou fração coloidal, principal responsável pela atividade química do solo.

Tabela 01: Classificação quanto ao tamanho dos componentes da fase sólida do solo

Frações Dimensões (mm)
Calhaus 20 a 2
Areia grossa 2 a 0,2
Areia fina 0,2 a 0,02
Limo 0,02 a 0,002
Argila <0,002 ou 2 micra (µ)

Fonte: Lopes e Guilherme, ANDA 2004

Quem são eles

Os coloides são formados especialmente por minerais de argila e húmus. Os minerais de argila presentes em solos altamente intemperizados, como no caso da maioria dos solos da região tropical, são argilas silicatadas (p. ex. caulinita), óxi e hidróxi de ferro a alumínio (p. ex. goetita e hematita) com baixa CTC diminuindo a eficiência do fluxo de nutrientes.

Uma das formas de melhorar a CTC destes solos intemperizados então é a adição da matéria orgânica pelo Sistema de Plantio Direto (SPD). Outra forma é a adição de minerais ricos em nutrientes para as plantas por meio da aplicação de rochas moídas ou remineralizadores.

Curiosidade

Os solos de alta fertilidade do cinturão do milho, trigo e algodão dos Estados Unidos, ou ainda do Pampa Argentino, são naturalmente ricos em minerais primários. A acumulação destes minerais ocorre por ocasião do fenômeno do degelo.

O processo ocorre assim: no topo da montanha o gelo começa a derreter e vai descendo montanha abaixo, triturando todo o material superficial. As partículas trituradas ficam suspensas na água e quando chegam aos vales e planícies, se concentram e a água evapora.

Nestes solos, o principal modificador de CTC e melhoria da qualidade físico-química do solo é a matéria orgânica. Neste caso, os macro e microelementos essenciais às plantas já estão presentes no sistema solo e prontos para serem disponibilizados pelo biointemperismo.

A remineralização melhora as reações e interações físico-químicas do solo - Fotos Shutterstock
A remineralização melhora as reações e interações físico-químicas do solo – Fotos Shutterstock

Composição química

Solos jovens, originados de rochas ígneas, metamórficas ou sedimentares com grande quantidade de minerais 2:1 apresentam grande CTC associada à sua condição de fonte de nutrientes como potássio, fósforo, cálcio, magnésio, enxofre, e mais a maioria dos elementos da tabela periódica, se não todos.

Cada mineral apresenta diferente composição química e estrutura. Desta forma, cada um vai apresentar distintas reações químicas no solo durante sua dissolução. Além disso, os minerais neoformados, ou mesmo os coloides formados, apresentarão diferentes características e atividades químicas.

A Tabela 02 demonstra que, além da quantidade de argila no solo, é importante conhecer a constituição mineral e sua influência direta nas reações químicas e de fertilidade do solo.

Tabela 02: Constituintes minerais e orgânicos do solo e suas características de CTCe SE (Superfície Específica)

Constituinte do solo CTC (cmol kg-1) SE (m2 g-1)
Matéria orgânica 200-400 500-800
Vermiculita 100-150 600-800
Esmectita (montmorilonita) 80-150 600-800
Ilita 10-40 65-100
Clorita 10-40 65-100
Caulinita 3-15 7-30
Óxidos de Fe e Al 2-6 1-8

Fonte: Lopes e Guilherme, ANDA 2004

O processo de remineralização

A remineralização do solo pode beneficiar a agricultura por meio da melhoria das reações e interações físico-químicas. A simples adição de minerais como a vermiculita e a esmectita em solos cauliníticos aumenta a CTC do solo, a capacidade de retenção de água, o pH do solo, e diminui o Al trocável, a perda de nutrientes e o mais importante, estimula a atividade biológica da rizosfera.

 

Alternativa aos produtos químicos

Podemos, por exemplo, substituir o cloreto de potássio por rochas cuja constituição apresente minerais como a biotita, ou mesmo o feldspato potássico. Os fertilizantes fosfatados prontamente solúveis podem ser substituídos por apatitas presentes em rochas sedimentares ou ígneas, com teores de fósforo solúvel de 5 a 15%.

Entretanto, cada região precisa realizar um zoneamento agrogeológico. Como a dose normalmente é alta (em torno de cinco toneladas por hectare), o frete fica caro e inviabiliza o procedimento. Trabalha-se com um raio de 300 km para viabilizar o remineralizador. A Embrapa e a CPRM estão realizando estes zoneamentos agrogeológicos no Brasil.

O importante é descrever:

Ü Os tipos de solo cultivados;

Ü As culturas;

Ãœ As ocorrências de rocha na região.

Com base nestas informações, a Embrapa ou as Universidades realizam os protocolos agronômicos.

Essa matéria completa você encontra na edição de abril 2017 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua para leitura integral.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Cultivo de rabanete pelo Brasil afora

  Gabriel Ferraresi Hidalgo Louyne Varini Santos dos Anjos Graduandos em Engenharia Agronômica na Unesp- FCAT Pâmela Gomes Nakada Freitas Engenheira agrônoma e professora assistente - FCAT/ UNESP pamelanakada@dracena.unesp.br Antonio Ismael...

Nematicida orgânico para hortaliças

AutoresAna Elisa Lyra Brumat anaelisalbrumat@gmail.com Ana Carolina Lyra Brumat  anaelisalbrumat@gmail.com Engenheiras agrônomas, mestras em Produção Vegetal e bolsistas pesquisadoras do Incaper Jade...

Técnica exclusiva de manejo Biopotente aumenta a produtividade nas plantações

Que a produção de grãos é uma das principais fontes de renda do Brasil não resta dúvidas. Só no biênio passado (2016/2017), a produção...

Adjuvantes atuam na proteção dos defensivos

  Carlos Gilberto Raetano Doutor e professor - FCA/UNESP " Campus de Botucatu raetano@fca.unesp.br Diego Miranda de Souza Doutorando em Proteção de Plantas " FCA/UNESP -Botucatu Matheus MerebNegrisoli Mestrando em...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!