27.2 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 15, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMercadoRevendedores de produtos agropecuários se articulam para ampliar discussões da cadeia produtiva

Revendedores de produtos agropecuários se articulam para ampliar discussões da cadeia produtiva

Com foco nas políticas publicas, o Conselho Estadual celebra 10 anos fundação e empossa nova diretoria

IMG_1467Com mais de 200 distribuidores associados, o Conselho Estadual das Associações das Revendas de Produtos Agropecuários do Estado de Mato Grosso (Cearpa-MT) celebrou na noite desta terça-feira (21/02) os dez anos da entidade. Além de uma década de existência, o Cearpa-MT empossou a nova diretoria para o biênio 2017/2018, com a presença de associados, representantes de entidades de classe do setor agropecuário e também do governo estadual.

De acordo com o ex-presidente do Cearpa-MT, o engenheiro agrônomo de Lucas do Rio Verde, Gianpablo Andrade de Melo, a sensação é de dever cumprido. Ele segue na diretoria que passa a ter o empresário de Campo Verde, Gilson Provenssi, como presidente.

“Em 2015, os associados do Cearpa-MT movimentaram 11,1 bilhões de reais entre fertilizantes, defensivos e sementes. É um setor que vem se fortalecendo cada vez mais. Somos parte de cadeia produtiva que movimenta o PIB brasileiro e entendemos que a nossa missão foi cumprida até aqui, na busca por fortalecimento. Ainda temos muito pela frente e acredito que o Gilson será muito bem-sucedido neste mandato“, afirmou Gianpablo, que ocupa o cargo de tesoureiro na nova gestão.

IMG_1457

De acordo com o presidente recém-empossado, Gilson Provenssi, o Cearpa-MT tem muito o que comemorar em dez anos de criação, no entanto, a gestão tem dois importantes desafios pela frente. “Precisamos continuar o trabalho de aproximação com Governo do Estado e entidades de classe para estreitarmos o diálogo e discutir a cadeia produtiva, inclusive para avançarmos no que considero o segundo desafio: a segurança para o setor. Vamos discutir as políticas públicas para combater roubos de produtos, contrabando, falsificação, que são problemas sérios e que afetam diretamente a sociedade“, afirmou o presidente do Cearpa-MT.

O Conselho reúne 14 associações com sedes nos municípios de Rondonópolis, Campo Verde, Primavera do Leste, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Sinop, Ipiranga do Norte, Tapurah, Sapezal, Campos de Júlio, Campo Novo do Parecis, Tangará da Serra e Diamantino. Ao todo, são dez centrais de recebimento de embalagens vazias de agrotóxicos que colocam Mato Grosso em destaque no cumprimento da lei nº 9974/00, que tornou responsabilidade do setor o recolhimento das mesmas. Atualmente, o Cearpa é responsável por 80% das 10 mil embalagens recolhidas.

Para o presidente executivo da Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (Andav), Henrique Mazotini, a parceria com o Cearpa-MT tem sido fundamental para o sucesso no recolhimento das embalagens. “Os canais de distribuição entendem a ideia de que o produtor deve sempre ser colocado em primeiro lugar e que o maior beneficiado por esse trabalho conjunto as revendas de Mato Grosso é de fato o produtor. Mato Grosso é um grande exportador de grãos para o mundo, o que reforça a importância da união dos distribuidores em beneficio do agronegócio em um todo“, afirmou durante a cerimônia, realizada em Cuiabá.

IMG_1468

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, Ricardo Tomczyk, o Cearpa-MT é uma das entidades mais importantes do setor agropecuário devido à dimensão agrícola do estado e atuação do Conselho. “A parceria é feita, principalmente, por meio do Indea, com o recolhimento de embalagem de agrotóxicos. Com certeza teremos novas parcerias, programas e ações com o Cearpa a partir de agora“, disse o secretário.

Pauta Pronta Comunicação Corporativa

Núcleo Assessoria de Imprensa e Agência de Conteúdo

MT: (66) 9915 5731

         (65) 9602-0512

         (66) 3422 5731

ARTIGOS RELACIONADOS

Australiana Nufarm debate expectativas da safra 2016-17 com cooperativas de Mato Grosso do Sul e do Paraná

  Evento com 80 participantes aconteceu em Foz do Iguaçu e marcou a introdução de uma nova tecnologia para as culturas de soja e feijão...

Como alcançar mais sanidade e produtividade nas cenouras

Autor Givago Coutinho Doutor em Fruticultura e professor efetivo do Centro Universitário de Goiatuba (UniCerrado) givago_agro@hotmail.com A cenoura (Daucus carota L.) é uma planta originária...

Escolha de cultivares de soja resistentes às doenças

  Daniel Cassetari Neto Engenheiro agrônomo, doutor em Fitopatologia e professor da UFMT/FAMEV casetari@terra.com.br Luciana de Sousa Cassetari Doutora em Fitotecnia - UFLA/DAG luciana_agro@yahoo.com.br Doenças já conhecidas há bastante tempo e...

Perspectivas para os biológicos

De acordo com dados da CropLife Brasil, entidade que reúne as empresas fabricantes ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!