13 C
São Paulo
sábado, junho 25, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Sistema Fusion - controle total no packing house

Sistema Fusion – controle total no packing house

Crédito: Embrapa Semiárido

Alexandre V. Irgang
Sócio e diretor técnico – Pomartec
alexandre.irgang@pomartec.agr.br

Rafael Irgang
CEO, diretor comercial e de marketing – Pomartec
rafael@pomartec.agr.br

A certificação do produto, há pouco tempo, simbolizava apenas uma tendência ou um estado de alerta para atender às expectativas do mercado internacional. Hoje, é o passaporte para a inserção das frutas brasileiras no mercado global. As certificações que utilizam os conceitos das Boas Práticas Agrícolas (BPA) se tornaram um requisito básico para exportar e   comercializar nas principais redes varejistas do País.

O aumento da preocupação com resíduos e contaminações nos alimentos, com impacto ambiental e social na produção agrícola, resulta na necessidade dos produtores se adaptarem a sistemas de produção que sejam capazes de corresponder e atender a essas novas exigências do mercado consumidor global. 

Após alguns anos, essa tendência se confirmou – é uma realidade nas principais empresas exportadoras de frutas brasileiras e já começa a ser difundida também para os produtores que comercializam sua produção no Brasil.

O grande mote foi o aumento das exigências dos principais importadores de frutas do mundo quanto à segurança do alimento desde a lavoura até o consumidor final, como a Europa, os Estados Unidos Canadá e agora a China.

E é neste cenário onde a Pomartec vem se tornando cada vez mais parceira dos produtores de frutas, e ajudando tanto as empresas que já são certificadas e exportam, quanto empresas que buscam as adequações aos protocolos das principais certificadoras para iniciarem as suas exportações. Assim, se torna indispensável para as empresas que precisam atender aos protocolos de BPA, tanto para os mercados interno quanto externo.

Planejamento

É no campo onde tudo começa. O planejamento agrícola, por exemplo, é a chave para que se tenha o resultado esperado. Definição das variedades, sistema de condução, manejo, equipe, controles dos processos, definição do mercado alvo, entre outras questões não menos importantes, como nutrição, uso de produtos, fitossanidade e assessoria técnica, requisitos básicos para o sucesso em qualquer empreendimento na fruticultura.

E foi exatamente onde tudo começou para a Pomartec também. Quando em 2018 nos deparamos com a complexidade e experiência dos produtores exportadores de frutas do Vale do São Francisco, entendemos que era “um terreno fértil” e que deveríamos plantar algumas sementes.

Passamos dois anos estudando e identificando as principais demandas e necessidades das fazendas da região e desenvolvendo soluções tecnológicas que, além de ajudar no planejamento de campo e nos controles operacionais, também gerassem informações estruturadas de BPA, prontas para atender as auditorias certificadoras.

Importante frisar que essa jornada não seria possível sem as parcerias importantes que conquistamos na nossa chegada lá no Vale. São parceiros como a Fazenda JMM, produtora de uva de mesa há mais de 20 anos e com larga experiência em sistemas de controles que enxergaram, à época, muito potencial na nossa proposta e resolveram apostar no novo.

Fizemos um trabalho em equipe, e assim conseguimos entender onde estavam as dores e de que forma iríamos resolvê-las com o nosso ferramental tecnológico. Com certeza, foi o nosso maior desafio, pois tudo era novo e tivemos que reconstruir muitas ideias, conceitos e metodologias. Mas o resultado é gratificante.

Parcerias

Tivemos também, nesta caminhada, outros parceiros importantes que nos abriram portas e acreditaram no nosso potencial, como é o caso da Argofruta S.A., Daiane (consultora em certificação), Marcelo Paranhos (agrônomo) e Marcio Ávilla (produtor e sócio de revenda de insumos). Todos foram muito importantes para nós da Pomartec nessa jornada de construção e desenvolvimento.

Em 2020, já com a nosso sistema de gestão de campo validado e rodando em diversas fazendas na região, identificamos a necessidade de atender a todas as etapas da produção de frutas de mesa, do campo ao mercado alvo, passando pela produção, transformação do produto bruto em produto acabado (embalado e classificado), comercialização e logística.

Assim se iniciou um novo desafio para a equipe da Pomartec. Passamos 2021 desenvolvendo soluções integradas que atendessem todas as áreas da fazenda. Assim, nasceu o Sistema Fusion, trazendo o conceito ‘Fruticultura de ponta a ponta’.

Evolução

Recentemente, desenvolvemos o módulo do packing house. Entendemos que este é o elo entre o campo e o comercial de uma empresa produtora de frutas de mesa. Assim, ter, a partir da demanda comercial, previsibilidade, disponibilidade e necessidade de produção de fruta é algo básico para uma boa gestão de qualquer negócio.

Este elo entre o campo e o comercial e demais áreas da empresa garante a total rastreabilidade do processo produtivo. Assim, levamos aos produtores de frutas uma tecnologia que visa simplificar, aumentar a eficiência e prover total controle em todo o processo de produção – a “fruticultura de ponta a ponta.

O sistema Fusion, agora com o módulo de packing, possibilita esse controle total, desde o planejamento do ciclo, previsão de colheita, demanda do comercial, classificação, apontamento via código de barras, tanto da colheita como do packing.

No final de cada embalamento, o produtor já sabe o quanto colheu, o custo da colheita e os tipos de produtos acabados que deram entrada no estoque da câmara fria, além de ter a produtividade exata de cada embaladeira. Assim, além de controlar os processos produtivos, o sistema ainda atende toda a parte administrativa, como compras, comercial, fiscal, logística e financeiro.

Hoje, já estamos levando este conceito e aparato tecnológico para outras cadeias produtoras de frutas e regiões do País.

Inicio Revistas Hortifrúti Sistema Fusion - controle total no packing house