24.6 C
Uberlândia
quinta-feira, abril 18, 2024
- Publicidade -
InícioEventosStartup ignitia e Fundação MT rumo à otimização do agronegócio

Startup ignitia e Fundação MT rumo à otimização do agronegócio

Dados fornecidos pela climatech possibilitaram a identificação de variáveis climáticas que contribuem para o aumento da produtividade nos sistemas de produção adotados em Mato Grosso.

Os dados foram apresentados durante o XXIII Encontro Técnico de Soja, realizado em Cuiabá
Crédito Divulgação

A ignitia, primeira climatech a oferecer previsão do tempo hiper localizada com modelo específico para climas tropicais, fechou recentemente uma parceria com a Fundação MT na análise de dados experimentais, com o objetivo de avaliar a influência climática na viabilidade econômica e nos benefícios agronômicos oriundos da rotação de culturas com soja em diferentes sistemas de produção. Para isso, foram utilizados dados climáticos captados pela startup, que auxiliam no planejamento de plantios, escolha de cultivares adaptadas e como usar os recursos naturais de forma mais eficiente.

O projeto foi idealizado pelos pesquisadores da Fundação MT, Paulo Henrique Souza, Felipe Bertol e Danilo Passos. Segundo os especialistas, com o auxílio dos dados climáticos fornecidos pela ignitia, foi possível identificar assertivamente a precipitação em períodos específicos da safra de soja na região do MT, que são essenciais para garantir o aumento na produtividade no sistema de rotação de culturas.

Assim, foi feito um modelo de machine learning que obteve conclusões relacionadas à precipitação acumulada no período de florescimento da cultura da soja impactando na produtividade. As análises indicam que, se a precipitação acumulada no mês de novembro, período que historicamente começa o florescimento, for menor que 351 mm, a produtividade será em torno de 45 e 55 sc/ha. Mas, se a precipitação acumulada for maior que 351mm, a produtividade será maior do que 55 sc/ha.

“Há 30 anos, a Fundação MT, que é uma das principais instituições em prol do desenvolvimento tecnológico para a agricultura, trabalha auxiliando produtores a obterem melhores resultados no campo. Nosso propósito vai bem de encontro a esse trabalho, pois também temos como meta contribuir, através de previsões climáticas, para que os produtores tenham maior produtividade nas lavouras e os resultados sejam cada vez mais sustentáveis”, ressalta o gerente de desenvolvimento de mercado da América Latina da ignitia, Fernando Bastos.

Sobre a ignitia

Fundada em 2010 por cientistas suecos, a ignitia é a primeira empresa do mundo a entregar previsão com modelo específico para climas tropicais e personalizada para cada fazenda. O sistema desenvolvido entrega informações de alta precisão por meio de aplicativos, plataformas, alertas e dados digitais.

O sistema de previsão da ignitia é baseado no equivalente a mais de 30 anos de horas-homem de pesquisa e desenvolvimento, abordando as principais adversidades das regiões tropicais, como a variabilidade climática. Com isso, todos os segmentos do mercado agro, seja agroindústria, rede de distribuição, fornecedores de insumos, bancos, seguradoras e todos tipos de agricultores grandes, médios ou pequenos, conseguem obter informações específicas e relevantes para as suas fazendas e tomar decisões importantes e personalizadas, como o preparo do solo, aplicação de fertilizantes e aplicação de defensivos.

ARTIGOS RELACIONADOS

Sustentabilidade e inovação

A América do Sul é grande fornecedora mundial de alimentos e tem papel fundamental para garantir a segurança alimentar da população global. Diante desta responsabilidade, a...

Bejo Sementes – Qualidade e confiança no que faz

A Bejo é uma expositora assídua da Hortitec, pela importância institucional e de divulgação para o mercado oportunizados pelo evento. É, também, uma oportunidade...

Manejo de pragas de precisão gera economia média de 33% na aplicação de pesticidas

O programa de manejo de pragas de precisão deve ter quatro bases: identificação de pontos de infestação; entrega de solução localizada (com o uso das ferramentas digitais); interface homem-máquina e manejo integrado de pragas.

Corteva Agriscience participa da Expodireto Cotrijal

Durante o evento, a companhia também promove o Programa de Aplicação Responsável (PAR) em seu estande, com orientações para o público sobre aplicação correta de defensivos e boas práticas agrícolas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!