22.6 C
Uberlândia
segunda-feira, maio 20, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasZootecnistas impulsionam agronegócio sustentável e economia brasileira com superávit recorde

Zootecnistas impulsionam agronegócio sustentável e economia brasileira com superávit recorde

Campanha “Aqui tem Z...” lançada pelo Sistema CFMV/CRMVs valoriza profissionais que trabalham em diversas áreas de produção

Créditos O Presente Rural

Um dos setores econômicos mais dinâmicos do Brasil, o agronegócio tem na esteira de sua expansão o trabalho do zootecnista. Atualmente, o país conta com 21,5 mil zootecnistas inscritos no Sistema Conselhos Federal e Regionais de Medicina Veterinária (Sistema CFMV/CRMVs), dos quais 10,6 mil estão em atuação. Deste total, 63,5% são homens e 36,5% mulheres. O trabalho essencial destes profissionais contribui para o desenvolvimento sustentável e para a economia brasileira.

Os resultados dessa contribuição são observados em números divulgados pelo Ipea em relação ao primeiro trimestre de 2024, quando o agronegócio brasileiro encerrou o período com superávit acumulado de US$ 32,23 bilhões – crescimento de 2,8% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Em reconhecimento ao Dia do Zootecnista – comemorado em 13 de maio –, o Sistema CFMV/CRMVs lançou a campanha “Aqui tem Z… de Zootecnista”, destacando a diversidade e expertise desses profissionais em todo o território nacional. O trabalho destes profissionais está, por exemplo, na mesa do café da manhã dos brasileiros.

A campanha, que conta com a participação de cinco zootecnistas representando cada região do Brasil, ressalta não apenas a importância da profissão, mas também as múltiplas áreas de atuação dentro da Zootecnia. Entre elas, estão produção animal, nutrição, melhoramento genético, manejo e bem-estar animal, gestão ambiental e biotecnologia.

A Zootecnia, aliada ao trabalho realizado por profissionais de áreas como a Medicina Veterinária, a Engenharia, a Biologia e a Agronomia, desempenha um importante papel na promoção da Saúde Única, e na garantia da produção sustentável de alimentos de origem animal, no manejo adequado dos recursos naturais e no bem-estar dos animais. Além disso, os zootecnistas são peças fundamentais no fortalecimento do agronegócio brasileiro, contribuindo para a eficiência produtiva e a qualidade dos produtos de origem animal.

A presidente do CFMV Ana Elisa Almeida destaca que a atuação dos zootecnistas complementa e enriquece as ações em prol da saúde animal e da sociedade como um todo. “O conhecimento desses profissionais é essencial para o desenvolvimento de políticas públicas e iniciativas de sustentabilidade no campo. É importante destacar e valorizar o trabalho desses agentes que desempenham um papel vital na construção de um setor agropecuário mais sustentável, ético e produtivo para o Brasil. O CFMV parabeniza todos os zootecnistas pelo seu compromisso e contribuição para o progresso do país”, diz.

A profissão foi criada no país em 1968, com a publicação da Lei nº 5.550 e tem muita história para contar. Ao longo do mês, uma série de atividades marcará o Dia do Zootecnista 2024 no contexto da campanha “Aqui tem Z…”, quando o público poderá conferir vídeos, cards, podcasts, depoimentos e demais conteúdos preparados para compartilhar conhecimento acerca da profissão.

ARTIGOS RELACIONADOS

Com maior demanda por produtos sustentáveis, Koppert deve crescer 40% em 2020

A busca por sustentabilidade e rastreabilidade no agronegócio, que já se mostra urgente no Brasil e nos mercados internacionais compradores de produtos agropecuários nacionais, colocaram os produtos biológicos no dia a dia do produtor rural.

Fertilizantes organominerais aumentam porosidade do solo

Fabiano Pacentchuk Engenheiro agrônomo, mestre em Produção Vegetal - Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) fabianopacentchuk@gmail.com Margarete KimieFalbo Médica veterinária, doutora e professora do curso de Medicina Veterinária "...

Uniparts – Confiança é tudo

Júlio César Pereira Júnior é sócio-gestor da fazenda Pombo, em Uberlândia e Estrela do Sul (MG), onde são plantados soja, milho, café, feijão e...

Os caminhos que levam à alta produtividade da soja

É justificável a preocupação que a sociedade compartilha sobre a necessidade de aumentar a produtividade dos campos de produção, de vez que os espaços agricultáveis do planeta estão diminuindo e são cada vez menores precisamos produzir mais. E não apenas isto, precisamos fazê-lo de maneira sustentável para não comprometer a capacidade dos recursos naturais que a população atual desfruta, de prover o sustento das gerações que vierem depois de nós.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!