28.6 C
Uberlândia
terça-feira, junho 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotícias3ª edição do Congresso Brasileiro de Direito do Agronegócio será em março

3ª edição do Congresso Brasileiro de Direito do Agronegócio será em março

Divulgação

No dia 29 de março, acontecerá a 3ª edição do Congresso Brasileiro de Direito do Agronegócio (CBDA), que tratará de quatro temas fundamentais para sustentar a missão do setor de produzir alimentos nutritivos, fibras e energia com produtividade e sustentabilidade, a fim de contribuir para diminuir a insegurança alimentar e a crise energética no mundo. São eles: Mercado de Carbono – Regulamentação Setorial, Reforma Tributária e Regimes Fiscais Especiais, Investimento Estrangeiro e Direito de Propriedade – Proteções e Restrições e Bioeconomia e o Futuro das Cadeias Agroindustriais.

A proposta do Instituto Brasileiro de Direito do Agronegócio – IBDA, organizador do evento, é oferecer um panorama mais amplo sobre esses assuntos, com reflexões e avaliações de renomados especialistas, que auxiliarão presidentes, diretores e gerentes de empresas do agronegócio em seu planejamento estratégico e tomada de decisões. Para gestores de escritórios de advocacia, será uma oportunidade de adquirir novos conhecimentos técnicos que agregarão valor em sua rotina diária. É esperada ainda a participação de autoridades, acadêmicos e pesquisadores.

Promovido, em formato híbrido  – presencialmente, em Brasília (DF), para convidados, e transmitido virtualmente, de forma gratuita, pelo site oficial, o CBDA, desde sua primeira edição, tem colocado em evidência as principais pautas que permeiam o direito e a economia dos sistemas industriais e os desafios jurídicos e regulatórios do setor, ampliando a visão sistêmica e multidisciplinar dos stakeholders.

O evento conta ainda com um Conselho Curador, formado por profissionais com amplo reconhecimento e experiência no mercado. São eles: Ana Frazão; Erica Barbagalo; Francisco Satiro; Gianfranco Cinelli; Luciano Benetti Timm; Luiz Carlos Corrêa Carvalho; Marcos Jank; Renato Buranello; e Roberto Rodrigues.

Mais informações: https://congressodireitoagro.com.br/

ARTIGOS RELACIONADOS

Produção agrícola avança 500% em quatro décadas

O agronegócio brasileiro está entre os principais do mundo, atingindo altos níveis produtivos e sendo responsável por grande parte das exportações mundiais. Levantamento dos dados fornecidos pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) de quatro décadas (1980 a 2020) comprova que a safra de grãos cresceu 506% e a área plantada avançou somente 64,2%. Nesse período, a produtividade deu salto de 303,8%.

Panorama nacional da produção de graviola

O agronegócio é um dos principais pilares da economia brasileira. Em 2019, o setor movimentou R$ 1,55 trilhão, na qual representa 21,4% do total do Produto Interno Bruto (PIB), de acordo com os dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA), da Esalq/USP, realizada em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA, 2020)

Reforma tributária e o agronegócio

Uma transformação necessária para impulsionar a prosperidade no campo e consolidar a base de uma economia agrícola robusta.

Edição gênica e os impactos sobre o agronegócio

Novas técnicas de edição genética exigem que revisitemos conceitos e o nosso arcabouço regulatório, a exemplo da Lei de Proteção de Cultivares (LPC).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!