23.6 C
Uberlândia
sábado, maio 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesA hora do amendoim: plantio é indicado até novembro

A hora do amendoim: plantio é indicado até novembro

Divulgação

Para a safra de grãos 22/23, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) espera um recorde de 312 milhões de toneladas colhidas. A expectativa também atinge o cultivo do amendoim principalmente nas regiões Sudeste, Sul e Nordeste. Alcançar o crescimento estimado, no entanto, exige do produtor atenção à ocorrência de doenças e pragas, principalmente, durante a época de semeadura da leguminosa, iniciada em setembro.

“De todas as pragas que podem atacar a cultura do amendoim, tripes e as lagartas requerem bastante atenção. Ambos os casos fazem com que a área foliar diminua, reduzindo a fotossíntese e afetando o crescimento vegetal. Dessa maneira, a produtividade é afetada”, destaca Gustavo Vigna, gerente de marketing da região Centro-Leste da Ourofino Agrociência.

Para o controle dessas pragas, o inseticida sistêmico Racio é o ideal para a lavoura. O produto apresenta uma tecnologia inovadora com partículas micronizadas, o que possibilita menor degradação do ativo e redução do odor característico do ativo. Essa é uma das diversas tecnologias exclusivas da Ourofino Agrociência que proporciona mais homogeneidade na dissolução da calda e melhor performance no controle de pragas.

Além das pragas, as doenças são muito comuns no cultivo do amendoim, sendo a mancha-castanha (Cercospora arachidicola) e a mancha-preta (Cercosporidium personatum) as que mais afetam a produtividade, pois atacam a cultura logo no início, causando desfolhação precoce. Para combatê-la, são indicadas aplicações preventivas de fungicidas protetores, como o Nillus, da Ourofino Agrociência, que tem formulação inovadora, pois é composto por micropartículas que proporcionam melhor recobrimento das plantas e maior período de controle, contribuindo também para o manejo da resistência de doenças fúngicas.

A solução possui um complexo de tensoativos exclusivos que garantem melhor distribuição do produto sobre a superfície da folha e menor fotodegradação, além de flexibilidade de uso por ser compatível com outros produtos de aplicação foliar.

Gustavo ressalta que o clima quente e úmido, típico da época de plantio da cultura, favorece a disseminação de doenças. Por isso, é importante aplicar os fungicidas protetores e multisítios logo no início de desenvolvimento do amendoim. É importante também utilizar produtos que contenham mais de um mecanismo de ação, a fim de evitar problemas com resistência de fungicidas para essas doenças.

ARTIGOS RELACIONADOS

Pelo segundo ano consecutivo, produção nacional de trigo bate recorde

Mesmo com cenários contrastantes nos dois principais estados produtores do cereal no país, a safra brasileira de trigo atingiu uma produção nunca antes vista

Sementes híbridas dão mais segurança ao plantio de cebola e agregam valor ao produto final

O plantio de sementes híbridas de cebola trouxe ganhos em produtividade, padronização e sanidade da lavoura, já que são mais resistentes a uma série de doenças que afetam a cultura.

Mercado de cebolas crescente e segmentado exige sementes adaptáveis às diversas condições de plantio

Vasto portfólio de cebolas híbridas Topseed Premium atende produtores de Norte a Sul do país O aumento de plantio de cebolas em áreas como o...

Aspargos: compensa produzir?

Aspargos: descubra se a produção é vantajosa e aprenda como cultivar essa cultura em seu estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!