23.3 C
São Paulo
terça-feira, julho 5, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti A variedade mais rentável no cultivo de morangos

A variedade mais rentável no cultivo de morangos

 

Crédito Shutterstock

Mário Calvino Palombini

Consultor da Vermelho Natural

vermelhonatural@hotmail.com

 

Uma das características da cultura do morango é o intenso trabalho de melhoramento genético feito por universidades e empresas particulares com o intuito de gerar novas variedades. Posso citar como as principais a Universidade da Califórnia e da Flórida, que produzem as variedades americanas e a Planasa, que produz as variedades espanholas.

 

Grupos

 

As variedades podem ser divididas em dois grupos, os de dias curtos e neutros. As de dias curtos são variedades que respondem aos estímulos da temperatura e fotoperíodo. São variedades que, com temperaturas elevadas e comprimento do dia longo, cessam a produção. As de dia neutros respondem somente à temperatura.

A maioria das instituições de melhoramento genético tem como prioridade o desenvolvimento de variedades de dias curtos, que possuem maior demanda mundial. As variedades de dias neutros são, na maioria das vezes, provenientes da Universidade da Califórnia.

Com o surgimento de uma nova variedade, estas são distribuídas para a maioria das regiões produtoras no mundo, onde são testadas nos seus respectivos climas, são avaliados diversos fatores, como cor interna e externa do fruto, cavidade interna, forma predominante, firmeza, sabor, ºBrix, resistência a dano mecânico, frescura do cálice, resistência a doenças em pós-colheita, vigor da planta, tempo de maturação do fruto, deformação e peso médio dos frutos, produção total, produção precoce, produção de primeira, segunda categoria e industrial.

Após as respectivas avaliações, é possível saber quais variedades se adaptam melhor à região especifica. Mas, de forma geral, os trabalhos de melhoramento são dirigidos para atender às regiões de maior interesse comercial, como a Califórnia, nos EUA, que possui uma área plantada de 26.000 hectares, e a província de Huelva, na Espanha, com uma área de 7.000 hectares.

Também são analisadas as variedades que se adaptam aos sistemas fora do solo ou de cultivos convencionais, com ou sem cobertura plástica. As variedades que melhor se comportam na produção de mudas em raiz nua são: mini trayplants e trayplants (mudas produzidas em bandejas com substrato).

 

Condições específicas

 

Nas regiões de clima temperado e de fotoperíodo curto, como no norte da Europa, se desenvolveu a técnica denominada colheita programada. Basicamente, consiste em manter armazenadas as mudas, geralmente “trayplants“, em câmaras frias a -1°C, em um determinado momento, sob um forte estímulo de fotoperíodo, após o qual elas são retiradas e colocadas em uma estrutura fora do solo.

Estas técnicas estimulam, em um período muito curto de tempo, a floração intensa, concentrando a produção em uma época do ano. Após esta colheita, são retiradas as folhas e o processo se repete novamente, obtendo outra produção concentrada.

A partir deste momento se encerra o ciclo de produção e as mudas são descartadas. As instituições de melhoramento genético que possuem acesso a estes mercados desenvolveram variedades adaptadas à  técnica.

Todos estes trabalhos são fundamentais para que a cultura de morango se adapte e tenha resultados satisfatórios em uma ampla diversidade climática e de solo, ampliando as regiões produtoras no mundo.

Essa matéria você encontra na edição de novembro da Revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira o seu exemplar.

Inicio Revistas Hortifrúti A variedade mais rentável no cultivo de morangos