18.1 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Abacate margarida é melhor opção

Abacate margarida é melhor opção

Leticia Rodrigues de OliveiraEngenheira agrônoma – Centro Universitário das Faculdades Integradas de Ourinhos – Unifioleticiaoliveira.agro@gmail.com

Aline Mendes de Sousa GouveiaEngenheira agrônoma, doutora em Agronomia e professora – Unifio aline.gouveia@unifio.edu.br

Veridiana Zocoler de MendonçaEngenheira agrônoma e doutora em Agronomia/Energia na Agricultura – UNESP/FCAveridianazm@yahoo.com.br

Abacate – Crédito: Shutterstock

Por ser um fruto climatérico com alto índice respiratório, o abacate é considerado um fruto sensível às condições ambientais, no qual sua maturação e posteriormente deterioração podem ser aceleradas quando o fruto é exposto a condições não favoráveis à conservação, o que pode influenciar a sua qualidade e durabilidade pós-colheita.

Portanto, controlar o amadurecimento é algo fundamental para que possa aumentar a vida útil nas prateleiras após a colheita, visando tanto o mercado interno como externo. Por isso, as técnicas de conservação dos frutos possibilitam aos produtores maior capacidade de produção, trazendo maior competitividade tanto no mercado interno quanto externo.

Justamente por essa demanda por frutos de melhor qualidade pós-colheita, uma das cultivares que mais têm sido plantadas no Brasil é a “Margarida”. Essa representatividade da cultivar ocorre porque ela possui maturação tardia, entre os meses de setembro a novembro, o que supre a demanda por abacates nessa época do ano.

Além disso, apresenta tolerância a temperaturas mais baixas e é conhecido por ter maior durabilidade pós-colheita, fator que tem ganhado a preferência de compradores que necessitam transportar os frutos a longas distâncias.

Qualidade pós-colheita de abacate

Um fruto que possui qualidade pós-colheita é aquele que atende a diversas características exigidas para a comercialização, tanto de carácter físico quanto químico. Quanto à qualidade física, temos tamanho de fruto, formato, massa (peso), coloração da casca e ausência de manchas.

Para a qualidade química podemos citar características nutricionais, sabor, aroma, textura e cor da polpa. Tanto as características de qualidade externa quanto internas estão atreladas ao tempo de prateleira do produto.

O que confere essa maior resistência pós-colheita ao abacate Margarida é sua própria genética. A variedade possui características da raça Guatamalense, como folhas novas com cor arroxeada, frutos redondos, caroço pequeno, casca rugosa de espessura grossa, cor da polpa verde clara e sem fibras. 

Essas características conferem ao fruto alta robustez, acarretando elevada resistência a danos físicos e maior manutenção da qualidade física e química, em comparação a outras variedades.

Muitos fatores interferem na qualidade pós-colheita dos frutos, desde a produção das mudas até o acondicionamento dos frutos para a comercialização.

Manejo

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.

Inicio Revistas Hortifrúti Abacate margarida é melhor opção