21.6 C
Uberlândia
quarta-feira, fevereiro 21, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosHortifrútiBrássicas como condicionadores de solo

Brássicas como condicionadores de solo

Autores

Thiago Picinatti Raposo
Diretor técnico – HF Fênix
thiagopicinatti@yahoo.com.br
Marco Aurélio Aparecido Emerencio
Diretor operacional – HF Fênix
marcoaurelioemerencio@gmail.com
Victor Marcio da Silva
Diretor administrativo – HF Fênix
Elvis Wilson de Matos
Diretor comercial– HF Fênix
Cleuber Barbosa
Consultor técnico de vendas – Bejo Sementes
Fotos: Thiago Picinatti

As brássicas sempre foram utilizadas como culturas subsequentes e não para rotação, até que os cerealistas da região sul do País começaram a introduzi-las como uma alternativa à rotação de cultura para o cultivo de trigo a canola, da família das brássicas, trazendo como vantagens a diminuição dos problemas de doenças que afetavam esse cereal (redução de inóculo de fungos necrotróficos que comprometem o rendimento e qualidade de trigo, a exemplo do Fusarium graminearum e Septoria nodorum) e oportunizando a produção de óleos vegetais no inverno.

Já nos produtores de FLV, como a canola não atende o mercado, então buscamos como alternativas o repolho, couve-flor e brócolis, tendo assim uma rotação de culturas eficiente no controle de patógenos e viável economicamente, trazendo para o produtor mais uma possibilidade de ganho sem a troca de área.

O repolho possui o FR (fator de reprodução) para nematoides mais baixo dentre as culturas com viabilidade econômica em FLV´s, que hoje é um dos maiores ou o maior problema que os produtores de cenoura, beterraba e outras culturas têm tido. Grande parte dos cultivos de repolho vem tomando conta dos pivôs centrais, por sua grande versatilidade tanto de manejo, comercialização como na rotação para estas culturas.

O cultivo de hortaliças em áreas subsequentes impõe a necessidade de diminuição da população de patógenos. Sendo assim, a utilização de culturas comerciais de diferentes famílias é a melhor alternativa.

Manejo

Preparo de solo:

Ü Calagem utilizando o método da saturação de bases elevando o V% para 70 em função da análise de solo;

Ü Plantio de Brachiaria ruziziensis 60 dias antes do repolho, como adubação verde e estruturação do solo;

Ü Plantio manual, adubação de base e cobertura em função da curva de extração da cultura e teores dos nutrientes contidos na análise de solo;

Ü Controle de plantas daninhas com cata manual;

Ü Controle de doenças e pragas baseado no monitoramento e níveis de controle (MIP), utilizando produtos biológicos e químicos registrados para a cultura.

Por onde começar

Antes de tudo, é fundamental o acompanhamento de um engenheiro agrônomo qualificado, levando em conta as exigências climáticas da cultura, bem como a aptidão agrícola da região, com suas características sociais e econômicas.

A cultura do repolho, como toda hortaliça, exige grande investimento em função da alta necessidade de mão de obra, altas adubações, dispendioso controle fitossanitário e alto custo dos produtos de baixa toxicidade. Por se tratar de uma folhosa, o resíduo de agrotóxicos é intolerável.

Ainda, sua alta perecibilidade provoca grandes perdas, tanto durante o cultivo como em pós-colheita. A taxa de retorno da cultura está em 5%, isso se a cultura for plantada durante todo o ano, quando se obtém as médias de preço variando nos meses de baixa e alta de mercado.

ARTIGOS RELACIONADOS

Vantagens da aplicação foliar de nitrogênio em soja e milho

Elizeu Monteiro Pereira Junior  Elaine Maria Silva Guedes Lobato elaineguedes1@gmail.com Professores de Agronomia - Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) De acordo com um estudo de Projeções...

Manejo da adubação foliar no abacateiro

Bruno Henrique Leite Gonçalves Engenheiro agrônomo, mestre e doutorando em Horticultura pela FCA/UNESP " campus de Botucatu/SP bruno_lleite@hotmail.com A deficiência de nutrientes em abacateiro pode ocasionar vários...

No semiárido, uso de fertilizantes sólidos pode reduzir mortalidade de mudas em até 40%

Nova tecnologia, que une minerais e matéria orgânica, facilita absorção de nutrientes pela planta favorecendo o seu desenvolvimento Nas regiões semiáridas brasileiras, os agricultores enfrentam...

Bataticultura mineira com foco na capacitação profissional

Encontro realizado pela Bayer CropScience contará com a presença de consultor internacional da Universidade de Wageningen, Holanda A batata é um alimento que faz parte...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!