Inicio Revistas Grãos Cálcio e boro melhoram a florada do feijão

Cálcio e boro melhoram a florada do feijão

0
803

 

Uma boa florada é a garantia de alta produtividade. Para tanto, o produtor de feijão deve aplicar cálcio (Ca) e boro (B) na fase adequada

 

Crédito Miriam Lins
Crédito Miriam Lins

O cálcio (Ca) é um elemento estrutural das plantas, importante na síntese da parede celular, germinação do grão de pólen e crescimento do tubo polínico. Sendo assim, é um nutriente imprescindível para a fecundação das flores, fixação dos botões florais e formação de vagens.

Luis Fernando Gundim, consultor técnico da empresa Cia da Terra, explica que o cálcio cumpre múltiplas funções nas plantas, sendo o mais proeminente no apoplasto, o espaço da parede celular onde ele tem pelo menos duas funções distintas: interligar cadeias pécticas, assim como o boro, contribuindo para sua estabilidade, e afetar propriedades mecaÌ‚nicas do gel péctico.

O boro

O boro (B) é um elemento essencial ao crescimento das plantas, participando de vários processos como transporte de açúcares, lignificação, estrutura da parede celular, metabolismo de carboidratos, metabolismo de RNA, respiração, metabolismo do AIA, metabolismo fenólico, metabolismo de ascorbato, além de ter função na síntese da parede celular e integridade da membrana plasmática.

O consultor esclarece que o boro é um nutriente importante na fixação biológica do nitrogeÌ‚nio no feijão. Embora não tenha ação direta sobre este processo, é um elemento que ativa a enzima fosforilase do amido, responsável pela síntese de amido, substaÌ‚ncia de reserva das sementes, raízes, tubérculos e colmos.

Ca e B e a florada do feijoeiro

O fornecimento de boro via foliar tem o objetivo de suprir a flor de feijão. Como o elemento não é móvel na planta, sua utilização é melhor quando proveniente do solo. “A aplicação foliar, entretanto, objetiva mais a flor, pois a folha tem necessidade inferior de boro. Por este método, assegura-se uma melhor fecundação e, com isso, previne-se o abortamento de flores e/ou vagens. Assim, o boro tem influência direta na produtividade“, afirma Luis Fernando.

Ainda segundo ele, aplicações de boro junto com cálcio são favoráveis, já que o segundo “ajuda” o primeiro em sua função. Atuando como regulador da germinação do grão de pólen, o cálcio ainda diminui a toxicidade de outros íons, neutraliza alguns ácidos orgaÌ‚nicos e tem importante papel na atividade de algumas enzimas como, por exemplo, a actimiosina.

Vantagens para o feijoeiro

Entre as inúmeras vantagens encontradas na aplicação destes nutrientes, o número de vagens por planta pode ser o diferencial. Avaliando vários trabalhos citados e o próprio dia a dia em convívio com a cultura, Luis Fernando diz que a diferença é significativa neste quesito. “E isso pode trazer resultados como a maior expressão para a produção“, considera.

 

Essa matéria completa você encontra na edição de dezembro da revista Campo & Negócios Grãos. Clique aqui para adquirir já a sua.

SEM COMENTÁRIO