20.6 C
Uberlândia
sábado, maio 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosCom final do plantio se aproximando, produtor deve ficar atento a pragas

Com final do plantio se aproximando, produtor deve ficar atento a pragas

Efeitos do El Niño e nematoides estarão presentes ao longo da safra, mas os bioinsumos oferecem benefícios para a mitigação destes problemas.

Com o plantio de soja no país praticamente finalizado, e a expectativa de uma produção ligeiramente abaixo do ciclo 22/23, segundo a Consultoria Agroconsult, que estima cerca de 158,8 milhões de toneladas na safra 23/24, o produtor precisa estar atento a situações que podem prejudicar o desenvolvimento do plantio, especialmente em um momento de instabilidade climática e de alta incidência de pragas nas lavouras.

Estiagem ou chuvas extremas, acompanhadas de um calor intenso estão diretamente atrelados ao El Niño, um fenômeno temido por muitos agricultores. Mas, além dele, ainda temos as pragas, como os nematoides, por exemplo, muito conhecidos pelos sojicultores, que afetam grandes culturas de verão.

“São ocorrências comuns dentro das lavouras, e que causam perdas calculadas em milhões de reais por ano. E com o passar dos anos, isso vem se tornando cada vez mais recorrente. Felizmente, há inúmeras formas de se proteger, e o uso de bioinsumos é uma delas”, explica Tiago Santo, doutor em Agronomia e representante da área de Desenvolvimento de Mercado da Agrobiológica Sustentabilidade, empresa da holding Crop Care.

O especialista destaca que os bioinsumos podem atuar tanto na prevenção de pragas nas lavouras de soja, quanto para minimizar os impactos causados por condições climáticas extremas. “Em algumas regiões específicas do país, onde o solo agricultável advém de uma formação geológica mais antiga, há, muitas vezes, uma alta incidência de nematoides, por exemplo. Isso é muito comum no centro-oeste brasileiro, onde há casos de áreas de cultivo abandonadas por conta desse problema, que pode ser mitigado com a aplicação de produtos de fabricação biológica, a base de bactérias ou fungos, também chamados de bionematicidas”, explica Santo. Esses produtos atuam como uma espécie de “predador” para os nematoides, capturando esses vermes e chegando a neutralizá-los em diferentes fases do ciclo de desenvolvimento.

Além das pragas e das condições climáticas desafiadoras para o cultivo de soja no país, há outro fator muito comum no Brasil que impacta as plantações: a deficiência de fósforo no solo. “Existem produtos específicos de formulação biológica conhecidos como microrganismos eficientes, que atuam como solubilizadores e condicionadores de solo. O solo brasileiro é historicamente deficiente desse elemento, e esse tipo de produto ajuda a planta desenvolver um sistema radicular mais profundo, que consegue ‘capturar’ o fósforo, garantindo uma maior absorção de nutrientes e promovendo o crescimento saudável das raízes, o que as tornam mais resistentes e resilientes a pragas e a condições climáticas extremas. É um produto muito versátil que ajuda a prevenir problemas em diferentes estádios fenológicos de desenvolvimento da planta”, destaca o especialista da Agrobiológica.

“Os biológicos podem não ser a solução para todos os problemas nas lavouras, mas oferecem prevenção para a maioria deles. Isso vale tanto para a soja quanto para outras culturas. Com o plantio da soja praticamente finalizado, além dos desafios do clima, o produtor deve estar atento a pragas e doenças, e poder contar com um parceiro que ajuda na mitigação de riscos inerentes a estes dois últimos fatores, com certeza é uma ótima alternativa para os agricultores”, finaliza Santo.

Sobre a Crop Care

A Crop Care é uma holding brasileira que atua no mercado de insumos químicos, biológicos e fertilizantes especiais. Entre as investidas da Crop Care, estão a Agrobiológica Sustentabilidade, uma plataforma inovadora de soluções biológicas e on farm; a Perterra e K2, que contam com um extenso portfólio agroquímicos pós-patente; Union Agro, uma das líderes em fertilizantes especiais; e a Cromo Química, especializada na produção de adjuvantes de alta performance e potencializadores para agricultura. Por meio da parceria com distribuidores e cooperativas, e acesso direto a companhias agrícolas, a Crop Care está presente em grandes regiões produtoras da América Latina.

ARTIGOS RELACIONADOS

Bioativadores – Mais produtividade para a batata

Bioativadores são substâncias orgânicas naturais que têm a capacidade de promover crescimento vegetal com mais vigor na cultura da batata, atuando diretamente na produção do hormônio de crescimento auxina. Dessa forma, atua na expressão genética da planta e seus metabolismos, resultando na aptidão nutricional e precursores hormonais. De forma resumida, a utilização de bioativadores faz com que a planta melhore seu aproveitamento nutricional e ganho de resistências a ataques de pragas e doenças.

Calcário pode trazer ganho na soja

Encerrando a safrinha já é hora de planejar a próxima. Um dos elementos que devem ser levados em conta é a correção do solo, custo que, segundo especialistas, deve ser mantido.

Projeto de extensão rural digital para produtores rurais

Canal Falando de Soja reúne pesquisadores renomados e oferece orientações aos agricultores de todas as regiões do Brasil; conteúdo também pode ser acessado pelo Spotify e SoundCloud Com...

Brasil vai depositar sementes de soja, forrageiras e frutíferas nativas no Banco Mundial da Noruega

O terceiro depósito do Brasil no banco genético mundial colocará em segurança cópias de sementes de importantes culturas da agricultura

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!