28.6 C
Uberlândia
terça-feira, junho 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesConcentração: qual a ideal em um produto biológico?

Concentração: qual a ideal em um produto biológico?

Adailson Feitoza
Doutor em Biotecnologia de Microrganismos, consultor e professor – Universidade do Estado da Bahia (UNEB)
adailsonmicrobiologia@gmail.com

Crédito: Jacto

Quando avaliamos um produto biológico, um dos primeiros elementos que procuramos na bula é a concentração do ingrediente ativo. Para o registro de inoculantes há no Artº1 da IN 13/2011 a seguinte normativa:

I – Os produtos que contenham bactérias fixadoras de nitrogênio para simbiose com leguminosas deverão apresentar concentração mínima de 1,0 x 109 Unidades Formadoras de Colônias (UFC) por grama ou mililitro de produto, mantendo a garantia registrada até a data de seu vencimento;

II – Para os demais inoculantes, formulados com bactérias associativas e microrganismos promotores de crescimento de plantas, a concentração de microrganismos será a informada no processo de registro do produto, de acordo com a recomendação específica emitida por órgão brasileiro de pesquisa científica oficial ou credenciado pelo MAPA;

Já para o registro de Biodefensivos, no Anexo II do Decreto 4.074/2002, há a redação:

Declaração do registrante da composição qualitativa e quantitativa do produto, indicando a concentração mínima do ingrediente ativo biológico e os limites máximos e mínimos dos demais componentes e suas funções específicas, acompanhada de laudo laboratorial de cada formulador;

Ou seja, em uma primeira análise parece não haver uma determinação da concentração mínima dos microrganismos embarcados nos produtos biológicos que não estejam relacionados com a simbiose com leguminosas.

Ok, mais e qual a relevância dessa discussão aqui?

Uma olhada rápida nas bulas de alguns produtos biológicos, encontramos uma falta de padronização na informação apresentada ao consumidor: UFC/g de ativo; UFC/g; UFC/g de produto; UFC/mL; UFC/L.

Esta falta de padronização nas unidades talvez não gere muitos problemas. No entanto, a falta de padronização na concentração apresentada poderá gerar uma percepção incorreta.

Vamos usar como exemplo dois fungicidas biológicos, formulados com Trichoderma harzianum, cepas diferentes. No produto A, aparece na bula: 1×109/L, no produto B, aparece: 1×108/mL.

Um consumidor que esteja sem tempo para fazer uma análise correta pode supor que o produto A possui uma maior concentração. Mas, será que isso é verdade?

Mitos e verdades

Sabendo que a concentração de uma substância se refere à quantidade de soluto contida em um dado volume ou massa de solução ou de solvente, o produto A é menos concentrado que o produto B.

Se formos ajustar ambos para a mesma unidade, o produto A teria uma concentração de 106/mL. Esta informação pode gerar confusão para o consumidor, que acredita estar adquirindo um produto de maior concentração em relação a um concorrente, por exemplo.

É importante considerar que a concentração (em qualquer unidade) é válida para qualquer quantidade da solução, independente da massa e do volume. É muito importante que não restem dúvidas sobre esses pontos quando um produtor fizer aquisição de uma determinada tecnologia para adoção do seu manejo.

ARTIGOS RELACIONADOS

Agricultores ganham um novo aliado biológico

Com o objetivo de oferecer uma solução sustentável de alta qualidade para o agricultor, ...

Agricultura regenerativa cresce

Uso de tecnologias voltadas para melhoria do solo e da sustentabilidade dos ....

Suporte técnico no campo contribui para o crescimento do mercado de biológicos

Presença dos profissionais junto aos produtores e suas equipes é fundamental para difundir as tecnologias, compreender as demandas e aferir os resultados dos tratamentos

OnBio: uma nova marca para biológicos

Duas empresas, sendo uma da Austrália e outra do México, com o objetivo de atingir o mercado brasileiro: assim nasceu a OnBio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!