21.6 C
Uberlândia
quarta-feira, fevereiro 21, 2024
- Publicidade -
InícioLançamentosCorteva Agriscience lança Utrisha™ N

Corteva Agriscience lança Utrisha™ N

Produto pode ser utilizado na cultura de milho e é aplicado de forma foliar, estando presente em todo o ciclo da cultura.

A Corteva Agriscience, em linha com sua premissa de fornecer aos produtores rurais ferramentas e soluções que contribuam para a maior produtividade e rentabilidade no campo, lança no Brasil Utrisha™ N, fixador biológico de nitrogênio. Aprovado para a cultura de milho, o produto é aplicado de forma foliar e permite à planta a obtenção de nitrogênio durante todo o seu ciclo de vida por meio de um modo de ação inédito e inovador.

“As soluções biológicas respondem aos desafios observados na agricultura de maneira inovadora e ao mesmo tempo simples, como alternativas que podem ser utilizadas dentro do sistema de cultivo já existente”, destaca Cristiane Delic, Líder do Portfólio de Biológicos da Corteva Agriscience para o Brasil e Paraguai. A executiva ressalta que o principal diferencial de Utrisha™ N é a presença ativa da bactéria durante todo o ciclo da cultura. “No interior das folhas, a bactéria de Utrisha™ N permite fixar o nitrogênio atmosférico de forma natural, eficiente e controlada, funcionando como uma ferramenta complementar à adubação com nitrogênio”.

Utrisha™ N possui uma cepa única da bactéria Methylobacterium symbioticum que entra pelos estômatos das folhas e coloniza completamente a planta em sete dias após a aplicação. Essa bactéria converte o nitrogênio que está disponível no ar em nitrogênio amônio para a planta, melhorando de forma natural sua vitalidade e contribuindo para que a lavoura atinja o seu máximo potencial de crescimento e produtividade.

Outro diferencial importante é que o nitrogênio decorrente da ação de Utrisha™ N não é suscetível às ocorrências que são comuns no processo de adubação tradicional, como a lixiviação (carreamento do nitrogênio para o subsolo), a volatilização (perda por evaporação de nutriente pela ação da temperatura) e a desnitrificação (transformando-o em estado gasoso, provocados pela ação de bactérias).

O produto já é comercializado em países da Europa e também nos Estados Unidos, México, Chile e Argentina, e passou por três anos de testes de campo no Brasil antes de seu lançamento.

Portfólio de biológicos diversificado

Desde a sua formação, em 2019, a Corteva investe no mercado de Biológicos por meio de soluções próprias ou desenvolvidas de forma colaborativa com outras empresas.

Entre as iniciativas na área, destaque para as aquisições – concluídas em março de 2023 – da Symborg, empresa especialista em tecnologias microbiológicas com sede em Murcia (Espanha), e da Stoller, uma das maiores empresas independentes do mundo no setor de Biológicos, com sede em Houston (Texas, Estados Unidos). O investimento realizado nessas aquisições reforça o compromisso da Corteva em fornecer aos agricultores ferramentas sustentáveis que complementam as práticas agrícolas em evolução com eficácia comprovada.

Hoje, a Corteva possui diversos produtos em seu portfólio para nutrição e controle biológico para culturas como cana-de-açúcar, soja, milho e outras especialidades. Entre elas estão:

OmsugoTM Eco e OmsugoTM P: voltados à solubilização de fósforo, com duas cepas distintas, exclusivamente selecionadas e desenvolvidas pelos pesquisadores da Embrapa nos últimos 18 anos. Eles aumentam a disponibilidade do fósforo que fica retido no solo e matéria orgânica e maximizam a eficiência nutricional das plantas através de um melhor aproveitamento da adubação fosfatada, contribuindo com ganhos na produtividade e longevidade da lavoura e na otimização dos investimentos passados e futuros do campo.

InlayonTM Eco e InlayonTM: nematicidas microbiológicos que ajudam a maximizar o potencial das plantas e proteger as raízes, contribuindo para uma lavoura mais saudável e produtiva. Com uma cepa exclusiva, descoberta em solo brasileiro, é originalmente eficaz no controle dos principais nematóides, proporcionando o melhor estabelecimento da planta.

TezpetixTM Beauve: inseticida microbiológico utilizado no controle químico, para o manejo de Dalbulus maidis, conhecida como cigarrinha do milho. A solução, alinhada com os programas de manejo integrado de pragas (MIP), contribui para evitar os danos por enfezamento e proteger o potencial produtivo da lavoura.

ARTIGOS RELACIONADOS

Opções de milho resistente às pragas

Opções de milho resistente às pragas fortalecem a segurança alimentar e a produtividade.

Corteva Agriscience apresenta websérie “Da lavoura para Vida”

Os episódios abordam o manejo correto, as novas tecnologias e a versatilidade das culturas e sua transformação em diferentes produtos.

Área coberta com seguro rural em 2020 já supera 10 milhões de hectares

Até outubro deste ano, 10 milhões de hectares foram segurados com o apoio do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), superando o ano de 2014, quando foi registrada área segurada de 9,9 milhões de hectares, até então ano com a maior marca, conforme levantamento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Chuvas durante a colheita da soja interferem na qualidade e atrasam milho safrinha

Umidade acima de 14% pode provocar danos mecânicos durante o processo da colheita, depreciando ainda mais os grãos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!