21.6 C
Uberlândia
terça-feira, abril 16, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesCropLife Brasil lança Campanha Agricultor de Valor 2023

CropLife Brasil lança Campanha Agricultor de Valor 2023

Iniciativa desenvolvida pela entidade tem o objetivo de conscientizar agricultores sobre uso de produtos ilegais no campo

A CropLife Brasil, associação que reúne empresas, especialistas e instituições que atuam na pesquisa e desenvolvimento de tecnologias para a produção agrícola sustentável, acaba de lançar a Campanha Agricultor de Valor 2023, cujo objetivo é conscientizar agricultores e a agricultoras sobre os riscos da utilização de insumos ilegais nas lavouras. 

Foto: Divulgação

Além de orientar sobre os perigos desse mercado ilícito, a iniciativa oferece um canal 100% seguro e anônimo de denúncias, onde o usuário pode denunciar o comércio, transporte e o uso de produtos ilegais em qualquer propriedade rural. A campanha é composta por peças produzidas para as redes sociais da CropLife Brasil, como InstagramLinkedInFacebookYouTubesite oficial. A campanha ainda terá espaço em importantes veículos do trade do agronegócio, entre junho e novembro de 2023. 

A ação foi desenvolvida in house pela CropLife Brasil e conta com o apoio da ADICER (Associação dos Distribuidores de Insumos Agrícolas do Cerrado), ANDAV (Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários), InpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias), Receita Federal, Sindicato Rural de Uberlândia e Sindiveg (Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal). 

Cenário do mercado de insumos ilegais no Brasil

A incidência do contrabando de insumos agrícolas ilegais vem aumentando consideravelmente nos últimos anos. É possível observar a dimensão do problema analisando o número de apreensões, que é crescente. Entre 2019 e 2022, o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) registrou a apreensão de mais 925 toneladas de agrotóxicos ilegais em vários estados do País.

Somente a Operação Controle Brasil, coordenada pelo Ministério da Justiça, registrou a apreensão de 189 toneladas de defensivos químicos agrícolas irregulares em um período de três meses em 2022. Segundo informações do Observatório de dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Rio Grande do Sul se tornou uma das principais portas de entrada de agrotóxicos ilegais no Brasil. Foram cerca de 65 toneladas apreendidas no Estado durante o período. 

Para Nilto Mendes, Gerente do Comitê de Combate a Produtos Ilegais da CropLife Brasil, uma série de fatores justificam o avanço das apreensões em todo o Brasil. Um deles é a conscientização e a troca de informações entre órgãos de segurança pública, de defesa vegetal e da agricultura, do meio ambiente e aduaneiros. 

“Os insumos de origem ilegal são uma grande ameaça para a agricultura brasileira e a saúde de quem maneja e de quem consome alimentos cultivados com esses insumos. Por isso, é preciso conscientizar os produtores rurais da gravidade da situação e disponibilizar canais para denúncias dessas práticas ilegais”, alerta Mendes.

O especialista reforça que muitos produtores optam por utilizar esse tipo de produto pelo baixo custo e a falsa promessa de eficiência, muitas vezes alheios aos perigos e aos impactos que estes insumos ilegais podem oferecer.

“Somente por meio da educação e conscientização é que vamos reverter a adoção de insumos ilegais, que infelizmente está em alta. Os agricultores e agricultoras de valor precisam entender como agir em situações como essa. O comércio, transporte, armazenamento e o uso de insumos ilegais é crime” finaliza Mendes. 

Para mais informações sobre a Campanha Agricultor de Valor 2023, acesse: Link 

ARTIGOS RELACIONADOS

Lavoro pretende avançar em vendas de insumos agrícolas

Gigante do agronegócio investe na democratização de serviços financeiros para produtores rurais e possui área dedicada a operações de Barter.

John Deere lança campanha para aquisição de máquinas

A campanha é para aquisição de máquinas de Construção com condições especiais de pagamento

Copersucar lança campanha para evitar incêndios no campo

Com envolvimento das 37 usinas associadas, ação busca resguardar cerca de 11 mil quilômetros quadrados de área de cultivo e proteção ambiental em quatro estados

SPIC Brasil inicia campanha contra queimadas no Cerrado

Comunidades do Cerrado entram em alerta com período de alta ocorrência de queimadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!