23.1 C
São Paulo
quarta-feira, janeiro 19, 2022
- Publicidade -
- Publicidade -
Inicio Eventos Defensive & Agrovant, um Grupo de Especialidades Agrícolas

Defensive & Agrovant, um Grupo de Especialidades Agrícolas

Fotos: Ana Maria Diniz

A seguir você confere a entrevista de Thomas Britze, CEO da Defensive & Agrovant – Amvac do Brasil, feita pela equipe da Revista Campo & Negócios.

l C&N: Thomas, você pode nos contar um pouco sobre como foi a aquisição da Defensive & Agrovant pela American Vanguard?

 n TB: Fui contratado pela AMVAC no início de 2018 com a missão de iniciar a operação da American Vanguard no mercado brasileiro. Como a AMVAC fez várias aquisições nos últimos anos, um total de 50 em 15 anos, ela comprou também alguns produtos, os direitos globais de empresas multinacionais e, por esse motivo, ela também possui alguns registros no Brasil e o mais concreto e que está em fase de relançamento é o produto Counter. Como fui contratado com o objetivo de construir o negócio da Amvac no Brasil, e como era um produto mais cauteloso para acessar mercado e atrair alguns profissionais e clientes, sugeri visualizar o mercado brasileiro para uma possível aquisição. Em junho do ano passado, por coincidência, um colega da Costa Rica me contatou para visitar a feira de citricultura de Cordeirópolis, onde ele me apresentou a Defensive & Agrovant e o John, que foi fundador e antigo proprietário. Nos conhecemos lá, conversamos, gostei da empresa e depois tivemos encontros em outras ocasiões e feiras, até a Hortitec de 2018, onde foi nosso terceiro encontro. Visitei o estande, conversei com John e ele me convidou para conhecer a empresa em Jaboticabal (SP). No início de julho fiz uma visita e depois informei ao Bob, COO Global da AMVAC, nos Estados Unidos, e disse que a empresa era interessante e ele aceitou conhece-la. Quando eu conheci o John, perguntei se ele tinha interesse em vender, e ele disse que não, pois a empresa estava crescendo e que não tinha interesse de jeito nenhum. Mas, como um bom alemão, não desisti e consegui convencer o John a avaliar uma possível venda, e ela aconteceu. Em 10 de janeiro de 2019 comunicamos interna e externamente a aquisição. Eu, particularmente, estou muito feliz, porque é uma empresa que já tem uma boa imagem e marca, e está no mercado desde 2000. Agora, com a AMVAC, ofereceremos uma excelente plataforma para integrar ao nosso portfólio. Há, também, uma solução que traremos: a aplicação da tecnologia distributiva chamada SIMPAS, que tenho certeza que o produtor brasileiro vai amar.

l C&N: Você pode nos falar mais sobre a tecnologia SIMPAS?

n TB: SIMPAS é um tratamento de sementes no momento da plantação. Então, o produtor pode aplicar até oito produtos diferentes e só uma prescrição: nematicida, fertilizante e fungicida, mas o produto só será aplicado onde há problema no campo. Há alguns ensaios nos Estados Unidos que preveem que o produtor pode reduzir até 70% do volume do produto aplicado: uma tecnologia moderna, segura e que tem vantagens econômicas e ecológicas.

l C&N: Por que a Defensive & Agrovant atende à necessidade da American Vanguard?

n TB: Nós buscávamos uma empresa pequena, com potencial de crescimento, e a Defensive & Agrovant tem tudo isso que precisamos. A empresa tem bastante potencial de expansão, principalmente em grandes culturas, como soja, milho e algodão. Estamos implementando um plano de expansão geográfica, contratando mais pessoas no campo, buscando novos clientes em regiões em que não atuamos ainda e buscando aumentar nossos negócios com clientes já existentes, sobretudo nos Estados de SP e MG. Além disso, estamos complementando o nosso portfólio com algumas novas soluções.

l C&N: Thomas, o que você julga ser o maior diferencial da Defensive & Agrovant?

n TB: O nosso portfólio, com certeza, é um diferencial, com soluções modernas que podem melhorar a produtividade e a qualidade das culturas. Além disso, temos um time excelente de profissionais que atendem o cliente da melhor maneira, buscando o aprimoramento contínuo”.

l C&N: Qual o portfólio que a Defensive & Agrovant oferece?

n TB: Já temos dois portfólios atraentes: a linha Defensive, que são nossas especialidades (bioestimulantes e biofertilizantes) e a linha da Agrovant, que são os defensivos agrícolas. Estamos incluindo agora o Counter, um nematicida que combate um problema crescente no Brasil e com poucas soluções para o produtor, e ainda outras novas soluções para os próximos anos. Esta feira foi muito boa, pois conseguimos muitos novos contatos e tivemos a presença dos nossos três fornecedores-chave. Com certeza a Defensive & Agrovant – AMVAC do Brasil vai trazer muitas soluções inovadoras e de qualidade para os produtores brasileiros.

l C&N: Quais são os produtos que têm chance de crescimento?

 n TB: Vejo bastante potencial de crescimento para todo o nosso portfólio, sobretudo para os produtos da Nordox – Redshild e Verno, para os produtos da Brandon – Seacrop e Terramar e para os produtos da linha Massó – Invicto HS e Calplant. Além deles, acreditamos muito no Counter, um nematicida que está sendo relançado no Brasil, que estará disponível no mercado em julho. Temos investindo bastante em campo, junto aos nossos fornecedores, para mostrar o valor agregado dos produtos ao produtor.

l C&N: Todo o portfólio de vocês agora será o da American Vanguard?

n TB: Manteremos nosso portfólio, que é tão rico, e faremos sempre complementos a ele. Até o momento temos quatro produtos que serão acrescentados, que são da American Vanguard – um deles é o Counter e os outros três ainda estão em fase de registro. Além disso, começamos a desenvolver novas soluções e firmar algumas parcerias, sempre com a visão de um portfólio diferenciado e não um que todos já tenham. Prezamos muito por qualidade em nosso portfólio e qualidade em nosso atendimento.

l C&N: Qual é a meta de crescimento para os próximos anos?

n TB: Este ano nossa meta de crescimento é de 30% e nos próximos anos mais ou menos a mesma taxa. O Brasil é um mercado grande e fantástico, mas não é para iniciantes e a Defensive & Agrovant mostrou, nos últimos 19 anos, que é uma empresa diferenciada e eu quero continuar essa história de sucesso, mas com uma taxa de crescimento um pouco acima do que a empresa teve nos últimos anos, sempre pensando na qualidade e sustentabilidade dos nossos negócios.

Inicio Eventos Defensive & Agrovant, um Grupo de Especialidades Agrícolas