22.6 C
Uberlândia
quinta-feira, abril 18, 2024
- Publicidade -
InícioEventosEmbrapa participa ativamente de eventos florestais

Embrapa participa ativamente de eventos florestais

A Embrapa, com a coordenação de sua Unidade Embrapa Florestas, está envolvida em diversas atividades.

Divulgação

Uma imersão no setor de base florestal: assim será a 5ª Semana Florestal Brasileira, que acontece de 07 a 11 de agosto na região de Ribeirão Preto/SP. Nos dois primeiros dias de evento, acontecem seminários técnicos. Nos outros três dias, acontece a Expoforest, a maior feira florestal dinâmica do mundo.

A feira é dinâmica porque acontece em uma área de 200 hectares da empresa Sylvamo, com plantio florestal de eucalipto, onde os expositores fazem demonstrações in loco de operações como colheita, controle de plantas daninhas, uso de drones, entre outras tecnologias, equipamentos e procedimentos em plantios florestais.

Os visitantes passam por uma trilha de quase 5 km entre cerca de 220 estandes e áreas demonstrativas. A expectativa da Malinovski, empresa organizadora do evento, é que a Expoforest receba cerca de 40 mil visitantes em 2023.

A Embrapa, com a coordenação de sua Unidade Embrapa Florestas, está envolvida em diversas atividades:

Evento técnico em Ribeirão Preto (07 e 08 de agosto)

  • Organização do 5º Encontro Brasileiro de Silvicultura: discussões sobre silvicultura de florestas cultivadas no Brasil, com palestras e mesas redondas com especialistas e formadores de opinião do mercado florestal brasileiro;
  • 1º Prêmio Expoforest de Startups no Setor de Florestas Plantadas: na terça à tarde, acontece a entrega do prêmio às startups vencedoras do 1º Prêmio Expoforest de Startups no Setor de Florestas Plantadas, realizado pelo Forest Startup Conecta, uma iniciativa Embrapa Florestas, Ministério da Agricultura e Pecuária e Malinovski. Das 27 finalistas, serão premiadas cinco startups, com cases inovadores na área de florestas plantadas, e uma premiação “Destaque Startup Mulher Florestal”, a ser entregue pela Rede Mulher Florestal;
  • Também na terça à tarde, o pesquisador aposentado da Embrapa Florestas, Paulo Ernani Carvalho, e o pesquisador e diretor do Instituto Plantarum, Harri Lorenzi, serão homenageados pelo trabalho de mais de meio século dedicado ao estudo e divulgação de conhecimentos sobre espécies florestais de ocorrência no Brasil. Os dois pesquisadores são responsáveis por séries de livros resultantes de extensa pesquisa bibliográfica, estudos e observações de campo nas ocorrências naturais das espécies.

Expoforest: a maior feira florestal dinâmica do mundo (09 a 11 de agosto)

  • Área demonstrativa de um hectare de integração lavoura-pecuária-floresta – ILPF: sistema silvipastoril com gado, pastagem e eucalipto, simulando manejo florestal para produção de biomassa. A área apresenta informações de tecnologias da Embrapa Florestas, Embrapa Gado de Corte, Embrapa Pecuária Sudeste e foi montada com apoio da Rede ILPF; e parceria da Soesp, Nelore Mocho CV, Datamars Speedrite Trutest e Tryber;
  • Estande, onde serão mostradas diversas tecnologias e pesquisas voltadas ao setor de base florestal: sistemas de produção de eucalipto e pinus, controle de pragas, mudança climática, ILPF, biotecnologia, manejo florestal sustentável, entre outros.
  • O estande também será uma vitrine: parte dele é construído em madeira engenheirada, com tecnologia de alto desempenho termoacústico, em parceria com a startup Lagom e Rede ILPF; e outra parte é construída em madeira de nativas, fruto de manejo florestal sustentável, em parceria com o Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso/Cipem, Fórum Nacional de Atividades de Base Florestal/FNBF e Casacerta.

DADOS DO SETOR FLORESTAL NO BRASIL
Receita em 2021: R$ 244,6 bilhões
Exportações: US$ 11,8 bilhões
Área cultivada: 9,93 milhões de hectares;
Área conservada: 6,05 milhões de hectares;
Empregos: diretos: 553 mil
Empregos diretos + indiretos + efeito renda: 2,97 milhões
Investimentos previstos até 2028 (próximos 05 anos): R$ 54 bilhões
*Números do Relatório Anual Indústria Brasileira de Árvores 2022 (ano base 2021)

ARTIGOS RELACIONADOS

Inscrições abertas para evento em Palmas sobre milho e sorgo em novas fronteiras agrícolas

Pela primeira vez, tradicional evento acontecerá no Matopiba e na região Norte do país

Inseticida eficaz no controle da broca-da-cana terá resultados apresentados em evento sucroenergético de Ribeirão Preto

Inseticida eficaz no controle da broca-da-cana terá resultados apresentados em evento sucroenergético de Ribeirão Preto

Peculiaridades que só a madeira nobre tem

A madeira nobre pode ser entendida por suas características peculiares estéticas (com aspectos interessantes de cor ou desenho), pela pouca abundância, porque normalmente o...

Pior doença da bananeira

Cientistas da Embrapa Mandioca e Fruticultura (BA) estão obtendo resultados promissores com o fungo Trichoderma asperellum no controle de outro microrganismo do mesmo reino, o Fusarium oxysporum f.sp. cubense (Foc), causador da murcha de Fusarium, uma das piores doenças da bananeira, antes conhecida como mal-do-panamá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!