19.9 C
Uberlândia
segunda-feira, abril 15, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesEmbratel anuncia parceria para comercialização de solução para agronegócio

Embratel anuncia parceria para comercialização de solução para agronegócio

Divulgação

A Embratel anuncia parceria com o Broto para comercialização da oferta Campo Conectado. O serviço busca aumentar a conectividade e habilitar a inovação no agronegócio, disponibilizando cobertura móvel 5G, 4G, CAT-M e NB-IoT. A partir da instalação de antenas, o Campo Conectado leva a rede móvel para dentro da propriedade rural, permitindo o acesso e uso das mais modernas tecnologias para o segmento. A solução já está disponível no Broto, ecossistema digital do Banco do Brasil em parceria com a BB Seguros, que foi criado para ajudar o setor na expansão de seus negócios. O acordo reforça a categoria Conectividade Rural da plataforma, que ainda dispõe de vantagens para a contratação da solução, fornecendo ao produtor rural acesso facilitado ao crédito/serviços do Banco do Brasil e às proteções da BB Seguros.

“Com o Campo Conectado, a Embratel busca levar o agronegócio ao próximo nível de digitalização, tornando as operações mais inteligentes, eficientes e sustentáveis, acelerando o desenvolvimento do País. Vamos habilitar o ecossistema de conectividade dos produtores rurais para juntos explorarmos todas as possibilidades e as tecnologias emergentes que ampliarão produtividade no campo, como Inteligência Artificial, Internet das Coisas para comunicação entre máquinas, Análise de Dados para tomada de decisões, Computação em Nuvem, entre outras”, afirma Marcello Miguel, Diretor-Executivo de Marketing e Negócios da Embratel. De acordo com o executivo, a parceria com o Broto irá alavancar ainda mais as iniciativas da Embratel no campo, para a construção de um ambiente efetivamente conectado. “O Broto nos aproxima dos pequenos e médios empreendedores do setor para que possamos apoiá-los em todas as etapas de sua cadeia produtiva”, diz.

Em um País com dimensões continentais como o Brasil, o agronegócio é um dos principais setores para a economia nacional. O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio cresceu 8,36% em 2021, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Universidade de São Paulo (Cepea-USP) em parceria com a Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA). O setor responde por uma fatia de 27,4% de todo o PIB brasileiro, porcentagem que representa o maior índice dos últimos 18 anos. Esses resultados podem ser ainda mais positivos com a ampliação da digitalização no campo, para atender processos cada vez mais complexos e modernos das operações e garantir maior qualidade, produtividade e segurança nas fazendas.

A solução da Embratel, que faz parte do portfólio Claro smart agro — desenvolvido especialmente para o segmento –, proporciona alta capacidade de transmissão em áreas remotas. Com a contratação do serviço, é feita a instalação de uma ou mais Estações Rádio Base (ERB) na propriedade do cliente, em um projeto personalizado. As estações utilizam frequências de 700 MHz e 850 MHz para prover maior capacidade de expansão, e os dados trafegam de maneira otimizada, com maior largura de banda, menor latência e maior economia de energia. Cada antena tem capacidade de cobrir até 100.000 hectares e se conecta com redes 5G, 4G, CAT-M e NB-IoT de qualidade. Além disso, os clientes contam com um Centro de Gestão de Rede, sistema exclusivo para o agronegócio para a gestão da qualidade do sinal disponível 24 horas por dia, sete dias por semana. A partir disso, novas aplicações que apoiem na transformação digital de todo o ecossistema do agronegócio já podem ser implementadas.

LEIA TAMBÉM:

O futuro do agronegócio brasileiro passa pelas mulheres
Cubo Agro promove evento para debater sobre inovação e tendências do agronegócio

“Estamos muito animados para ver os resultados da parceria firmada com a Embratel. O Broto busca construir meios para apoiar o produtor rural na tomada de decisão em toda a cadeia de produção, otimizando o processo produtivo com o acesso à informação, aumento da produtividade e mitigação de riscos. Porém, empreendimentos rurais do país carecem de conectividade que possibilite investimentos massivos em tecnologia e o aproveitamento das vantagens do agro digital, como o gerenciamento da produção em tempo real, acompanhamento do preço de commodities e o monitoramento do desempenho de máquinas, entre outras. A parceria Broto e Embratel catalisará esse processo de conectividade, integrando as propriedades rurais na nova era do agronegócio digital em todo o território nacional”, explica Rogério Pio, executivo do Broto.

Inúmeras melhorias poderão ser habilitadas a partir do Campo Conectado, inclusive com a integração de inovações, que podem, por exemplo, coletar dados relevantes como umidade do solo e do ar, temperatura, índices de NDVI (Normalized Difference Vegetation Index – que fornecem informações sobre a saúde da vegetação, evapotranspiração das plantas etc.) e informações meteorológicas através de sensores conectados à rede celular. Essas informações são tratadas com o uso de análise de dados e fornecem insights importantes para o gerenciamento das atividades agropecuárias, possibilitando o diagnóstico para medidas corretas sobre irrigação, pulverização e até para controle e manutenção da qualidade de grãos armazenados em silos. Na agricultura, também é possível utilizar de forma racional água e energia nas propriedades, com o gerenciamento do balanço hídrico e da umidade do solo.

O Campo Conectado também pode ajudar na digitalização do controle de pragas, integrando a conectividade a câmeras e sistemas inteligentes para possibilitar a transmissão de imagens de alta qualidade para identificar e localizar as pragas. Com isso, torna-se mais precisa e automática a aplicação de defensivos, sem danificar o solo, a produção e o meio ambiente, possibilitando, também, a redução dos custos de produção.

A solução da Embratel associada a outras tecnologias ainda permite a conexão de equipamentos e gerenciamento de máquinas de forma remota com telemetria e compartilhamento de localização dos ativos. Por meio dessa integração, o maquinário coleta e envia os dados do campo para uma central de monitoramento do cliente, facilitando a gestão agrícola e aumentando a eficiência operacional. A tecnologia é capaz de identificar anormalidades na operação de equipamentos, viabilizando uma manutenção preditiva com redução de custos.

Acesse os sites para mais informações sobre o Campo Conectado e a parceria com o Broto.

ARTIGOS RELACIONADOS

Plataforma ajuda na desburocratização jurídica do agronegócio

A transformação digital vem proporcionando às empresas novidades em soluções que diminuem a burocracia jurídica. A busca por elas se intensificou em 2020, devido ao isolamento social causado pelo coronavírus, revelando a necessidade de maior rapidez nas operações.

Goiás sai na frente na tecnologia 5G para o agronegócio

Uma iniciativa da Secretaria-Geral da Governadoria (SGG), a ativação do sinal 5G foi feita pela operadora Claro por meio de uma licença de demonstração, com validade de um ano.

Uso de sensores nos pomares começa a se consolidar no Brasil

Que a tecnologia veio para ficar no agronegócio não há dúvidas. Para ajudar a acelerar essas ...

A transformação digital chegou (e já faz tempo!) ao agronegócio

O agronegócio responde por quase 30% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional. A agropecuária se trata, portanto, de uma das forças impulsionadoras da economia nacional, com altas taxas de produção e exportação e que, assim como diversos outros setores, vem sendo fortemente impactada pela tecnologia nos últimos anos, antes mesmo da chegada da pandemia de Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!