20.6 C
Uberlândia
sábado, maio 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesEstoques e produção recorde de trigo na Rússia

Estoques e produção recorde de trigo na Rússia

A Rússia segue trazendo fundamentos baixistas para os mercados de trigo. As condições climáticas na maioria das regiões de trigo de inverno continuam favoráveis para a safra, com potencial para uma produção total recorde.

De acordo com o recente relatório de Grãos & Oleaginosas da hEDGEpoint Global Markets, a Rússia segue trazendo fundamentos baixistas para os mercados de trigo. A desaceleração recente das exportações levou os estoques de trigo russo a níveis recordes. Já olhando para a próxima safra de inverno do país, as condições seguem apontando para mais uma grande produção.

Condições seguem favoráveis para a safra de inverno

“As condições climáticas na maioria das regiões de trigo de inverno continuam favoráveis para a safra. Durante o último mês, as temperaturas mínimas em todos os distritos federais ficaram de 2 a 4 °C acima do normal. Uma cobertura de neve significativa de 15 cm ou mais foi mantida nas regiões Central e do Volga. Atualmente, o clima no Sul está excepcionalmente quente, com temperaturas de 10 a 12 °C acima do normal. Essas flutuações de temperatura podem ameaçar as culturas de inverno, mas somente no caso de uma onda de frio repentina. Não se espera uma queda acentuada na temperatura média nas próximas semanas. Os modelos meteorológicos preveem que as temperaturas ficarão 1-2 °C acima do normal no sul e dentro ou ligeiramente abaixo do normal nas regiões central e do Volga.”, observa Alef Dias, analista de Grãos e Macroeconomia da hEDGEpoint.

Dadas essas condições, consultorias especializadas no mercado russo elevaram suas estimativas para a safra do país. A SovEcon elevou sua previsão para a produção russa de trigo em 2024 em 1,4M mt, para 93,6M mt, enquanto a IKAR elevou sua estimativa para 93M mt.

Desaceleração das exportações levou os estoques aos níveis recordes

“Os estoques de trigo da Rússia (dentro e fora das fazendas; excluindo pequenas empresas) em 1º de janeiro atingiram 36,5M mt, marcando um aumento de 1% em relação ao nível do ano passado, de acordo com a Sovecon. Os estoques aumentaram para níveis recordes em meio a exportações relativamente lentas nos últimos meses. Os estoques de trigo fora da fazenda foram registrados em 14,7M mt, 5% acima do valor do ano passado. Os estoques de trigo nas fazendas totalizaram 21,8M mt, uma leve queda de 1% em relação ao ano anterior”, destaca.

Na região sul da Rússia, os estoques totais de trigo permaneceram estáveis em 12,5M mt, igualando os números do ano passado; na região central, eles atingiram 9,3M mt, mostrando um aumento de 2%; e na região de Volga, os estoques estavam em 7,6M mt, um aumento de 5%.

A Rússia acumulou estoques recorde em meio a exportações lentas nos últimos meses. Estimativas apontam que, de novembro a janeiro, a Rússia exportou 10,4M mt de trigo, em comparação com 12,3M mt, no mesmo período do ano anterior. As exportações desaceleraram em meio aos esforços do governo para regular os preços do trigo.

Já a Refinitiv aponta que a Rússia exportou 3,59M mt em janeiro, um aumento de 6% em relação ao mês anterior, mas uma queda de 6% em relação ao ano anterior.

“Essa desaceleração se deve principalmente a uma demanda mais fraca dos países do Oriente Médio e Norte da África. O padrão de exportações persistiu em fevereiro, com 1,8M mt de remessas rastreadas até 15 de fevereiro”, destaca o analista.

Os fundamentos recentes vindos do mercado russo devem seguir exercendo uma pressão baixista sobre os preços do trigo. Olhando para o lado da demanda, alguns dos principais destinos seguem reduzindo seu ritmo de importação. No lado da oferta, as condições seguem muito positivas para a safra de inverno na Rússia, que está no caminho de mais uma produção total (inverno + primavera) de 90Mmt.

Acesse o relatório completo clicando aqui.

ARTIGOS RELACIONADOS

Qual a hora certa de utilizar os aminoácidos?

Todas as culturas são beneficiadas com a aplicação de aminoácidos, visto que eles ajudam a planta a se recuperar de algum estresse sofrido. As plantas sintetizam todos os 21 aminoácidos por ela demandadas, e a ciência moderna já consegue identificar em quais momentos dentro da fenologia da planta eles são mais demandados.

Panorama da produção de melancias no Brasil

A produção de melancias no Brasil está em ascensão, com regiões como o Nordeste se destacando como importantes polos de cultivo.

Aminoácidos essenciais às plantas

Para as plantas, existem 20 aminoácidos essenciais para seu desenvolvimento e ...

Trigo no Cerrado é tema de live nesta segunda, na Agrobrasília Digital

No primeiro dia da Agrobrasília Digital, realizada de 6 a 10 de julho, a Embrapa promove um debate online sobre as oportunidades para o crescimento do trigo na região central do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!