15.6 C
Uberlândia
quinta-feira, junho 13, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiInfluência das telas fotosseletivas no cultivo de pimentões

Influência das telas fotosseletivas no cultivo de pimentões

Talita de Santana Matos

Pós-doutoranda em Agronomia/Ciência do Solo ” Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Elisamara Caldeira do Nascimento

Professora do curso técnico em Agropecuária SECITEC- MT

elisamara.caldeira@gmail.com

Rafael Campagnol

Doutor e professor de Olericultura – Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)

Glaucio da Cruz Genuncio

Doutor e professor de Fruticultura – UFMT

glauciogenuncio@gmail.com

Crédito - GinegarPolysack
Crédito – GinegarPolysack

O cultivo de pimentões é uma atividade significativa para o setor agrícola brasileiro. Anualmente, cerca de 12.000 ha são cultivados com esta hortaliça, com uma produção de aproximadamente 280.000 toneladas de frutos.

A produção de pimentão existe em todos os Estados da Federação, mas concentra-se em São Paulo e Minas Gerais que plantam, em conjunto, cerca de 05 mil ha, alcançando uma produção de 120 mil toneladas. Somente o mercado nacional de sementes de pimentão movimenta US$ 1,5 milhão.

Sob proteção

O pimentão é geralmente cultivado em campo aberto, contudo, nos últimos dez anos vem crescendo o uso de telados e estufas agrícolas na produção de hortaliças e frutas de maior valor comercial, devido a ganhos na produtividade e qualidade, sobretudo na estação chuvosa.

A fase de produção de mudas, por sua vez, sempre é feita com algum tipo de proteção, seja estufa, telado ou mesmo ripados rústicos, devido à sensibilidade das plantas nesse estágio.

A expressão “cultivo em ambiente protegido“ tem sido utilizada, na literatura internacional, com um significado bastante amplo. O termo cultivo protegido engloba um conjunto de práticas e tecnologias utilizadas pelos produtores para um cultivo mais seguro e protegido de hortaliças, frutíferas ou ornamentais.

A luminosidade é condição básica para o crescimento - Crédito Shutterstock
A luminosidade é condição básica para o crescimento – Crédito Shutterstock

Entenda melhor

Para maior eficiência deste tipo de cultivo é necessário compreender a inter-relação da planta e dos fatores microclimáticos dentro do ambiente protegido.

As plantas são afetadas por diversos fatores ambientais, genéticos, edafoclimáticos e fisiológicos, tais como fotossíntese, evapotranspiração, respiração, absorção de água e elementos minerais e seu transporte, clima, temperatura, fotoperíodo, entre outros.

Entretanto, tanto a qualidade quanto a quantidade de luz afetam consideravelmente o crescimento e o desenvolvimento dos vegetais. Sendo assim, o uso de ferramentas que possibilitem o controle e favoreçam que tais fatores sejam mais bem explorados promovem aumento da precocidade, produtividade e permitem a produção fora de época.

O ambiente protegido tem os elementos micrometeorológicos modificados no seu interior, tais como: temperatura, umidade relativa, pluviosidade, velocidade do vento e, principalmente, no que diz respeito à radiação solar, sendo que estas modificações ambientais causadas pelo ambiente protegido se devem aos filmes ou malhas de cobertura que alteram o balanço de radiação do sistema composto pela planta, solo e atmosfera.

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

Ação direta

A luz ou comprimento de onda no espectro visível ou radiação fotossinteticamente ativa (PAR) é de fundamental importância para a geração de energia (ATP e NADPH) na primeira etapa da fotossíntese (etapa fotoquímica).

Sabendo-se que a fotossíntese é responsável por praticamente toda a entrada de energia na biosfera, com a produção de mais 100 bilhões de toneladas de açúcar em uma escala mundial, produzidas por organismos fotossintetizantes, pode-se afirmar que a luminosidade é primordial para a sobrevivência do planeta.

A partir desta afirmação, constata-se que em quaisquer sistemas de produção agrícola a luminosidade é condição básica para o crescimento e desenvolvimento das plantas. Uma ressalva aqui é importante: o crescimento basicamente é referenciado com acúmulo de massa, e geralmente é dado por quantidade de luz (irradiância ” mmol de fótons m-2 s-1). Já quando referenciamos desenvolvimento, fatores como comprimentos de onda dentro de espectro de absorção são os responsáveis por mudanças tanto morfológicas quanto fisiológicas e bioquímicas nos vegetais.

A-tela-vermelha-aumenta-a-produtividade-do-pimentão-Crédito-GinegarPolysack
A-tela-vermelha-aumenta-a-produtividade-do-pimentão-Crédito-GinegarPolysack

Ondas

A discussão fisiológica quanto à importância do comprimento de onda (luz de diversas cores, as quais podemos distinguir quando observamos o arco-íris) em termos aplicáveis no campo, tanto no crescimento quanto no desenvolvimento das plantas cultivadas, pode ser referenciada a partir do uso de telas que selecionam comprimentos de onda específicos, como a tela vermelha.

O uso desta tecnologia em casas de vegetação, ou de maneira mais ampla (cultivo em ambiente protegido) visa selecionar o comprimento de onda na faixa do vermelho (próximo aos 670 nm) e vem se adaptando muito bem às solanáceas, dentre elas o pimentão.

Assim, quando o produtor faz uso de uma tela vermelha, ele basicamente usa conceitos fisiológicos para o aumento de fotoassimilados, que se traduz, ao nível do campo, em aumento tanto na produção quanto na produtividade de suas plantas.

Com isso, a luminosidade é condição básica para o crescimento, assim como o desenvolvimento de plantas cultivadas em ambiente protegido.

Proteção

De modo geral, ao se cultivar espécies agrícolas em casas de vegetação, o que se busca é a proteção destas plantas contra, por exemplo, a radiação ultravioleta (UV), assim como contra o excesso de irradiância, o que pode gerar a fotoinibição (isto é, a queima das plantas por excesso de luminosidade).

Essa matéria completa você encontra na edição de junho de 2018 da Revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

 

Ou assine

ARTIGOS RELACIONADOS

Mosaic adquire negócio de fertilizantes da ADM no Brasil e Paraguai

Compra anunciada em abril deste ano faz parte da estratégia de crescimento da empresa na região  A Mosaic, maior produtora global de fosfatados e potássio...

Iluminação em ambiente protegido e indoor

A demanda crescente por alimentos saudáveis com baixos teores de açúcar e gorduras tem ...

Uso mais sustentável da água

O Dia Mundial da Água (22/3) celebra a importância deste recurso natural em seus mais diversos ...

Tratamento de sementes na fazenda ou industrial?

O tratamento de sementes é como um seguro da lavoura, que pode impedir prejuízos e garantir a produção Ainda que não haja diferença, em termos...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!