27.6 C
Uberlândia
segunda-feira, abril 22, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasIntensidade do El Niño impacta o agro brasileiro

Intensidade do El Niño impacta o agro brasileiro

Fenômeno ganha força e coloca o setor em alerta.

De acordo com a Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA), o fenômeno climático conhecido como El Niño está ganhando cada vez mais força e a previsão é que atinja sua maior intensidade entre outubro e novembro. Há ainda a probabilidade de mais de 95% de persistir até o final do ano e acima de 90% para o trimestre de janeiro a março de 2024.

Créditos: Divulgação

Com a sua intensidade, surgem desafios significativos para o setor agrícola brasileiro. As irregularidades nas chuvas podem afetar o planejamento das safras e a antecipação do fim das chuvas de verão pode prejudicar a produção de safrinhas. Regiões agrícolas importantes, como o Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), podem enfrentar chuvas abaixo da média, enquanto o Sul do Brasil, principalmente na primavera, corre o risco de fortes tempestades com ventos e granizo. Além disso, as condições climáticas favoráveis ao surgimento de pragas e doenças podem afetar negativamente as plantações.

Uma outra preocupação que deve ser levada em consideração é o impacto que isso terá na inflação dos alimentos, principalmente nos hortifruti, cuja produção está concentrada nas regiões Sul e Sudeste do país. Romário Alves, CEO e Fundador da Sonhagro, uma rede especializada em crédito rural, alerta para a importância de os produtores estarem atentos às previsões climáticas e investirem em ferramentas estratégicas, para minimizar os riscos e os impactos do El Niño. Segundo ele, um planejamento cuidadoso é fundamental para enfrentar os desafios que o fenômeno climático traz para o setor agrícola brasileiro.

“Frente a essa situação desafiadora, a colaboração e cooperação entre os produtores rurais, especialistas e autoridades se revelam fundamentais para encarar os obstáculos ocasionados pelo fenômeno El Niño, elaborando estratégias eficazes e sustentáveis com o intuito de proteger o setor e assegurar a continuidade da produção no Brasil” conclui Alves.

ARTIGOS RELACIONADOS

Mosca-branca deve aumentar nessa safra

A expectativa é desafiadora: a população de mosca-branca deve aumentar nesta safra, exigindo estratégias inovadoras para proteger as lavouras.

El Niño “dos extremos” prejudica planejamento da safra de grãos

Excesso de chuvas no Sul e precipitações abaixo do esperado no Centro-Oeste atrasam a semeadura da soja e podem prejudicar a janela ideal de cultivo de milho safrinha.

Desafio do El Niño impulsiona mapeamento digital

Fenômeno climático pode afetar o potencial produtivo das plantas, por isso contar com um mapeamento dos talhões a partir de imagens geradas por drones pode ajudar na identificação das zonas com baixo desenvolvimento e na estratégia de manejo.

Protetor solar ameniza calorão nas plantas

O estresse térmico pode causar problemas nas plantas em todos os estádios fenológicos. Portanto, uma opção interessante é o uso de produtos protetores solares de plantas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!