23.3 C
São Paulo
quarta-feira, julho 6, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Melancia gigante tem mercado em expansão

Melancia gigante tem mercado em expansão

Crédito Shutterstock

Fabrício Custódio de Moura Gonçalves
Doutor em Agronomia/Horticultura – UNESP
fabricio-moura-07@hotmail.com

A melancia (Citrullus lanatus) está entre as frutas mais importantes cultivadas e consumidas em todo o mundo, podendo ser comida fresca ou em sucos. A casca pode ser conservada ou cristalada (glacê), ou ainda em forma de uma bebida fermentada (xarope). É uma excelente fonte de vitaminas A e C e fornece potássio e fibras.
O fruto da melancia varia em peso de 1,0 kg a mais 100 kg, dependendo da cultivar e das condições ambientais. A cultivar Carolina Cross pertence ao grupo de frutas gigantes e em boas condições de cultivo pode chegar ao peso de 122 kg, com dimensões impressionantes, até 95 centímetros.
Há relatos de frutos de 159 a 163 kg. Esses gigantes são caracterizados ainda pelo apreciável sabor, contendo até 8% de açúcar. Em geral, a cultivar Carolina Cross prefere regiões tropicais, subtropicais e região temperada.
A produção de Carolina Cross requer regiões de clima quente, solos aluviais e arenosos, mesmo em regiões áridas e costeiras salinas, além de boa disponibilidade de água. No Brasil, a introdução dessa cultivar pode acontecer em diversas áreas, sobretudo no centro-oeste, centro-sul e leste.

As gigantes

O mercado de frutas gigantes de melancia está em fase de expansão. A cultivar Carolina Cross apresenta limitada a determinadas regiões. Ainda predomina o mercado de frutas na faixa de 4,5 a 5,5 kg. Além da inconveniência de lidar com grandes frutas, os consumidores relatam altos preços.
A participação mais importante na produção anual pertence aos Estados Unidos, China, Turquia, Índia e Ásia. No que diz respeito à melancia, a área cultivada é de 3,48 milhões de hectares, com a produção total de 118,4 milhões toneladas e produtividade média de 34 ton ha-1.
Nos Estados Unidos, a maior parte da produção de melancia é consumida fresca. O consumo per capita de melancia fresca gira em torno de 15,5 libras (USDA Economic Research Service). De acordo com dados de consumo, as mulheres tendem a comer mais melancia do que os homens. Cerca de 85% das melancias compradas no varejo são para consumo doméstico.

Demanda

Nos últimos anos, os consumidores nos Estados Unidos estão cada vez mais interessados em melancias sem sementes e maiores. No entanto, é um mercado ainda em expansão e sua introdução e valorização pelos consumidores aumenta, bem como o interesse de melhoristas de melancia no desenvolvimento de materiais com tamanho grande do fruto.
As frutas grandes de melancia são bastantes procuradas para sobremesa em festas, piqueniques, feiras de demonstração e competição. Dessa forma, cultivar melancias gigantes pode ser um empreendimento interessante para competição em concurso ou para impressionar pelo seu tamanho.
Além disso, o desenvolvimento de técnicas de venda de melancia como produto embalado pré-cortado tende a elevar o consumo desse segmento.

Investimento e rentabilidade

O investimento inicial é maior do que cultivares de frutos menores. O cultivo de frutas gigantes necessita de cuidados especiais. Em geral, cultivar uma melancia premiada pelo tamanho não é fácil e os cuidados são intensificados.
O consumo global de melancia é o mais alto entre as cucurbitáceas. A melancia Carolina Cross é uma boa opção de investimento, com mercado em expansão a partir de 2005 e envolvendo milhões de dólares.
Estudos em andamento buscam frutos com maiores teores de açúcares. Além disso, com a expansão do mercado de sementes torradas, casca em conserva e suco de melancia, tende a elevar a produção de frutas gigantes.
Em geral, o retorno é mais demorado do que a produção de frutas menores. A melancia gigante amadurece em torno de 147 dias. No entanto, isso não é surpreendente, especialmente quando você considera quantas vezes ele supera seus parentes em tamanho de frutas.

Manejo

A Carolina Cross requer solo solto e rico em matéria orgânica. Um solo bem drenado ajudará a evitar a estagnação da água prejudicial e promoverá o desenvolvimento radicular, que permitirá uma maior ação capilar para fornecer nutrição à planta. O espaço necessário para uma planta de melancia gigante é de aproximadamente 25 m².
Compre sementes de fontes respeitáveis e aplique um tratamento de sementes de fungicida antes do plantio. A semente pode ser colocada diretamente no solo ou em vasos em um propagador, mas em ambos os casos o solo deve ter uma temperatura não inferior a 15°C.
Um dos elementos mais importantes do cultivo de melancias gigantes é colocar o nível correto de fertilizante orgânico no patch. O estrume deve ser enterrado na área antes do cultivo de melancias em quantidades abundantes.
O estrume de vaca ou ovelha proporciona um nível avançado de maturidade para que seja melhor assimilado pela planta. Pode ser vantajoso enterrar o esterco alguns meses antes de semear a uma dose de 15 – 20 kg/m².
O solo deve ter um pH entre 6,5 e 6,8, e ser trabalhado a uma profundidade de não menos que 40 cm. Se a profundidade do solo for de 60 ou 80 cm, a planta teria maiores benefícios para um maior desenvolvimento radicular.
Se o solo não tiver o pH ideal, ele pode ser alterado, mas leva meses. Se o solo estiver abaixo de 6 (ácido), será preciso adicionar calcário na dose de 25 kg por 100 m². O ajuste do solo pode levar de 4,0 – 6,0 meses. Se o solo for alcalino, ou seja, com um pH maior que 7, deve-se adicionar enxofre, sulfato de alumínio ou sulfato de amônio. Os materiais orgânicos em decomposição podem variar o pH do solo. O teste de atualização deve ser repetido a cada 4 – 6 meses.
Outro fator de grande importância é como a planta é cultivada. O ramo principal deve ter ramificações laterais que são deixados para crescer até cerca de 2,0 metros e tomar uma forma de ventilador para a planta. É importante, portanto, incentivar o máximo desenvolvimento dessas raízes, mantendo o solo ao redor do tronco bem trabalhado.

Inicio Revistas Hortifrúti Melancia gigante tem mercado em expansão