14.9 C
Uberlândia
quarta-feira, julho 17, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosNitrogenados encapsulados: maior eficiência no campo

Nitrogenados encapsulados: maior eficiência no campo

Foto: Shutterstock

Mariana Thereza Rodrigues Viana
Engenheira agrônoma e doutora em Fitotecnia – Universidade Federal de Lavras (UFLA)
marianatrv@gmail.com
Harianna Paula Alves de Azevedo
Doutora em Fitotecnia (UFLA) e professora Adjunta – Faculdade de Ciências e Tecnologias de Campos Gerais (FACICA)
harianna_tp@hotmail.com

O nitrogênio é o nutriente extraído do solo em maior quantidade pela maioria das espécies cultivadas, sendo de grande importância para o desenvolvimento vegetal e aumento de produtividade das culturas. Ele está diretamente ligado à composição de aminoácidos e proteínas, sendo constituinte de macromoléculas e enzimas, como por exemplo a clorofila.

Embora seja o nutriente extraído em maior quantidade, sua recomendação de adubação é bem complexa, visto que é o único nutriente de plantas que não aparece na análise química da fertilidade do solo, pois ainda não se conhece um método adequado para análise do teor de nitrogênio no solo.

Dessa forma, sua recomendação é feita com base em critérios como expectativa de produtividade, teor de matéria orgânica do solo, quantidade de nitrogênio que é extraído pela cultura, além de levar em consideração a espécie cultivada anteriormente.

Assimilação do N

A absorção do nitrogênio pelas plantas pode se dar de diferentes formas, sendo proveniente da atmosfera ou pelo solo, nas formas N2 (para culturas com capacidade de realizar a fixação biológica de nitrogênio), NH4+ (amônio inorgânico) e o NO3 (nitrato), sendo essa a principal forma de absorção para a maioria das culturas.

A principal fonte de absorção de nitrogênio no solo é a matéria orgânica, porém, nem todo nitrogênio se encontra disponível para a planta. Ele é liberado lentamente, além de ser dependente da atividade microbiana do solo.

Pelo fato de ser um elemento que apresenta alta mobilidade no solo, o nitrogênio é facilmente lixiviado. Dessa forma, se torna necessário o uso de tecnologias para reduzir as perdas da adubação nitrogenada.

Soluções

Empresas de fertilizantes e as instituições de pesquisa têm investido na criação de fertilizantes de eficiência aumentada (FEA) que, no caso do nitrogênio, buscam evitar e/ou diminuir as perdas de nitrogênio por volatilização da amônia (NH3) e/ou lixiviação do nitrato (NO3), além de oferecer o nitrogênio de forma gradual e constante durante o ciclo da cultura.

Entre esses fertilizantes de eficiência aumentada estão os de ação controlada e os de liberação lenta. Ambos são fertilizantes revestidos/encapsulados, que liberam nutrientes por diferentes mecanismos, atrasando ou incrementando sua disponibilidade ao longo do ciclo das plantas.

Tecnologias

As tecnologias utilizadas para produzir os nitrogenados encapsulados variam de acordo com diversos critérios, como sua natureza química e o fabricante. O principal método utilizado é o de revestir ou encapsular os fertilizantes com material insolúvel em água, semipermeável ou permeável com microporos para controlar a entrada/saída de água e a taxa de dissolução do fertilizante encapsulado.

Os materiais utilizados podem ser polímeros (orgânicos, inorgânicos e sintéticos), sendo os mais comuns os orgânicos termoplásticos (que se fundem e se solidificam várias vezes), resinas ou materiais inorgânicos, como o enxofre.

Benefícios

Os principais benefícios do uso de nitrogenados encapsulados são: minimização de perdas do nitrogênio para o ambiente, melhora da absorção do nitrogênio por meio da liberação sincronizada de maneira regular e contínua; seu uso é prático e seguro, além de fácil aplicação, pois torna a distribuição mais homogênea no solo, reduzindo assim o risco de aplicações incorretas; aplicação mesmo em condições climáticas desfavoráveis; redução do estresse e toxicidade devido à alta concentração de nitrogênio junto as sementes; reduz a emissão de gases do efeito estufa; e aumento de produtividade das culturas.

Foto: Shutterstock

Custo envolvido

Esta é uma tecnologia que apresenta uma certa complexidade na sua produção. Os fertilizantes nitrogenados encapsulados, por necessitarem de mais tecnologia no processo de fabricação, são produtos mais onerosos no custo de produção, porém, quando o sistema solo-planta entra em equilíbrio com a construção da fertilidade do solo, o custo-benefício na lavoura é compensatório.

Culturas beneficiadas

Há relatos de melhorias em diversas culturas quando se passa a utilizar os nitrogenados encapsulados, como no caso de algumas culturas perenes e semi-perenes, café, cana-de-açúcar, braquiária, espécies florestais, entre outras.

Os resultados são melhor observados nesses casos, por serem culturas longevas, então a liberação do nitrogênio fica de forma constante e controlada no ciclo da cultura.

Em culturas anuais como, por exemplo, o milho, o nitrogênio é o nutriente mais exigido pela planta, sendo exportado pelos grãos e acumulados na parte aérea. As respostas à adubação nitrogenada na cultura refletem no aumento do rendimento de grãos.

Tecnologias como os adubos encapsulados têm apresentado respostas satisfatórias na cultura. Apesar de inicialmente não apresentarem grandes diferenças em produtividade, como o nutriente é liberado de forma gradativa e controlada, há um efeito a longo prazo e cumulativo nas lavouras, justificando seu uso.

Em diversas culturas, principalmente aquelas que são mais exigentes em nitrogênio nos estágios iniciais de desenvolvimento, é necessária uma atenção maior quando se passa a utilizar esse tipo de adubação, por levar mais tempo na liberação na solução do solo, necessitando, a princípio, de uma complementação nas primeiras adubações.

ARTIGOS RELACIONADOS

Entenda melhor a fertilidade do seu solo

José Luis da Silva Nunes Engenheiro agrônomo e doutor em Fitotecnia - Grupo Técnico do Badesul Desenvolvimento, Agência de Fomento do Estado do Rio Grande...

Melão – Sabor conquista consumidores

  A região Nordeste, onde as temperaturas atingem níveis escaldantes, é propícia para a produção de melão - de grande valor de mercado no País...

Aprenda a fazer adubo orgânico

Manter as plantas sempre bonitas e saudáveis vai além de apenas regar adequadamente.

A viabilidade da adubação foliar para as florestas

José Geraldo Mageste Doutor e professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) jgmageste@ufu.br Fernando Simoni Bacilieri Engenheiro agrônomo e doutorando em Produção Vegetal, ICIAG-UFU ferbacilieri@zipmail.com.br Roberta Camargos de Oliveira Engenheira agrônoma...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!