24.9 C
Uberlândia
sexta-feira, abril 12, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesPreço do defensivo agrícola pode ser reduzido

Preço do defensivo agrícola pode ser reduzido

Com algumas medidas simples e altamente eficazes, empresas do agronegócio podem diminuir os custos de produção e beneficiar os produtores rurais

O processo de produção de um defensivo agrícola requer muitos cuidados, principalmente em relação às tubulações utilizadas durante a fabricação do produto. Rigorosos protocolos precisam ser seguidos para garantir que o produto não sofra contaminação cruzada. 

Créditos: Divulgação

Isso porque a contaminação cruzada, ou seja, a sobra de um produto que passou pela tubulação e que contamina o processo de fabricação de um outro produto, acarretará em prejuízos econômicos e ambientais. 

Esse contexto envolve o descarte imediato do produto, um processo muito demorado e caro para as indústrias, uma vez que o produto contaminado não pode ser liberado em qualquer lugar, sendo necessário a sua armazenagem e incineração. Há também o descarte das embalagens, que não serão reaproveitadas. 

Tudo isso contribui para aumentar o preço final de toda a linha produzida e para os produtores rurais pagarem mais por um produto do que de fato deveriam pagar.  

No entanto, uma tecnologia inovadora tem sido cada vez mais utilizada pelas empresas de defensivos agrícolas. Trata-se do UC System, desenvolvida pela Ultra Clean Brasil. 

Essa tecnologia realiza, em alguns segundos, a limpeza a seco das tubulações das fábricas de defensivos agrícolas, substituindo a demorada limpeza das tubulações com água e químicos, que chega a durar três horas, e conferindo ainda mais segurança e agilidade aos processos produtivos.

Com a solução UC System, as empresas de defensivos agrícolas podem ter diversos benefícios, tais como aproximadamente 250 horas a mais de produtividade por linha, redução na compra de matéria-prima, redução de energia, aumento de estoque e redução do consumo de água.

Bruno Ract, diretor de marketing da Ultra Clean Brasil, explica que, com o UC System, as indústrias otimizam a produção, utilizando 100% da matéria-prima comprada e economizando recursos. Além disso, diminuem o despejo na estação de tratamento de efluentes, reduzindo consideravelmente a emissão de CO2.

“Com menos retrabalho, as empresas de defensivos agrícolas conseguem produzir mais, com a mesma estrutura, sem investir em nova linha de produção, o que ajuda a diminuir o preço final do defensivo agrícola, beneficiando os produtores rurais”, finaliza. Para saber mais sobre a Ultra Clean Brasil, acesse https://ultracleanbrasil.com.br

ARTIGOS RELACIONADOS

Pulverização otimiza gestão de custos na propriedade rural

Sistema DropScope foi desenvolvido por meio de uma parceria entre o Centro de Engenharia e Automação do IAC-SP, o IMA-MT e a empresa X-Factory....

Cultivo protegido: Aditivos nos filmes plásticos melhoram a eficiência?

No cenário agrícola atual, está cada vez mais crescente a prática do cultivo em ambiente protegido, porque possibilita o controle dos fatores abióticos no cultivo, como temperatura, umidade do ar, intensidade de luz e velocidade do vento. Protege, também, de chuvas e granizo, além de possibilitar o cultivo contínuo de determinada cultura, diminuindo a sazonalidade de oferta do produto (Hortifruti Brasil, 2014)

Micronutrientes e biofertilizantes em cana-planta

O agronegócio canavieiro desempenha um papel importante na economia brasileira. É a locomotiva econômica em determinadas regiões brasileiras, notadamente em São Paulo, Norte do Paraná, Triângulo Mineiro, Goiás, Alagoas e Pernambuco. A estimativa de produção de cana para a safra 2017/18 é de 625 milhões de toneladas (Conab, 2018).

Os resultados no tomate industrial

felipeferrnandobs@gmail.com Segundo a ABRATOP (Associação Brasileira do Tomate para Processamento), o Brasil cultiva em torno de 18.699 hectares de tomate para fins de processamento. Em Goiás, região responsável pelo plantio de aproximadamente 12.900 ha, a média de produtividade gira em torno de 82 t/ha, sendo que alguns agricultores conseguem produtividades maiores que 140 ton/ha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!