25.6 C
Uberlândia
terça-feira, julho 23, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosSálvia: a planta medicinal do momento

Sálvia: a planta medicinal do momento

Créditos Pixabay

Stella Andressa Collegari
Engenheira agrônoma e mestra em Fitotecnia – ESALQ/USP
stella.collegari@usp.br
Simone da Costa Mello
Engenheira agrônoma, mestra, doutora e professora – Departamento de Produção Vegetal – ESALQ/USP
scmello@usp.br

A Salvia officinalis é uma das plantas medicinais de grande utilização no Brasil, pertencente à família do orégano, alecrim, erva-cidreira e lavanda. Ela também é conhecida como chá-da-Grécia, erva-sagrada e sálvia-das-boticas.

Suas propriedades medicinais são amplas e podem ser utilizadas para tratamentos gastrointestinais, hepáticos, ansiedade, controle de diabetes, possuindo, ainda, ação anti-inflamatória.

Devido à presença de compostos antioxidades em suas folhas, há evidências de sua utilização também para artrite e doenças do coração.

Além do uso para fins medicinais, ela também é utilizada na fabricação de chás, no preparo de saladas e em temperos para peixes e queijos, devido ao seu odor forte e sabor amargo, e na indústria de cosméticos para a fabricação de shampoos, condicionadores e produtos hidratantes para a pele.

Na farmacêutica, podem ser utilizados, inclusive, os óleos essenciais extraídos das folhas e flores da sálvia, que são ricos em cineol, cânfora, borneol e taninos.

Características da sálvia

Embora esta planta medicinal tenha considerável importância econômica, há um déficit de informações a respeito da quantificação das áreas de produção no Brasil, devido ao seu cultivo ser feito, principalmente, por pequenos produtores nas regiões sul e sudeste do País.

É uma planta perene, herbácea ou arbustiva, de pequeno porte, com 50 a 80 centímetros de altura. Entre os meses de agosto e dezembro surgem suas flores agrupadas em espigas. As folhas são verde-acinzentadas, de 3,0 a 6,0 centímetros de comprimento e oval-lanceoladas bem característica da espécie.

Cultivo

O plantio pode ser feito por sementes e estacas em solos com pH em torno de 6,0 – 6,5, pois nesta faixa de pH as plantas desenvolvem maior área foliar, portanto, maior produtividade. É uma planta tolerante a temperaturas baixas, mas tem melhor desenvolvimento entre 20 e 25°C em pleno sol.

A colheita é realizada após seis meses do plantio, cortando as folhas ou ramos do baixeiro da planta. O ideal é que a colheita seja feita em até 50% das folhas para que a planta se recupere e continue seu desenvolvimento sem comprometer a produção.

O rendimento da sálvia varia conforme o manejo, podendo chegar de uma a duas toneladas por hectare de folha seca durante o ano.

Fitossanidade

Ponto de atenção em seu cultivo é a presença de doenças fúngicas, como antracnose, carvão, ferrugem, míldio e a murcha. Para isso, é importante adquirir mudas sadias e livres de patógenos.

Caso o produtor opte por adquirir sementes de sálvia, é importante se atentar aos contaminantes presentes nelas, que podem acarretar no mal desenvolvimento das plântulas, redução na produtividade, além da possibilidade de ocasionar doenças foliares, como manchas e murchas.

ARTIGOS RELACIONADOS

A AgroFresh transforma a hortifruticultura

O evento será: AgroFresh transforma a pós-colheita da hortifruticultura brasileira ...

Tela antiafídeo requer pé direito da estufa mais alto

  Edvar de Sousa da Silva Doutor em Agronomia " Horticultura e professor do Instituto Federal do Acre edvardasilva@gmail.com O uso de tela antiafídeo com pé direito convencional,...

Koppert é parceira da natureza

A Koppert tem um histórico de participação na Hortitec desde a época em que era a Itaforte, mas com o nome atual há cinco...

Vitrines Tecnológicas reúnem as últimas novidades para a lavoura arrozeira

Vinte e oito estações de 16 empresas e instituições estarão mostrando seu trabalho na Abertura Oficial da Colheita do Arroz no mês de fevereiro...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!