25.6 C
Uberlândia
quinta-feira, junho 13, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosTomate heirloom: diferença em sabor e formatos

Tomate heirloom: diferença em sabor e formatos

Crédito: Isla Sementes

Sylmara Silva
Engenheira agrônoma e doutora em Fitotecnia – Universidade Federal de Lavras (UFLA)
sylmara-sillva@hotmail.com
Synara Silva
Engenheira agrônoma e mestra em Fitotecnia – UFLA
synarasilv@gmail.com

O tomate é a hortaliça mais consumida no País, tendo destaque na agricultura brasileira pela sua participação no mercado consumidor e pela geração de empregos em toda cadeia produtiva.

De acordo com o CEPEA, o consumo de tomate vem diminuindo ao longo dos anos, devido a diversos fatores, como a limitação da oferta, redução do poder de compra dos consumidores, mudança de hábitos alimentares da população e crescimento da oferta de outras hortaliças.

Neste contexto, os produtores vêm se reinventando, a fim de se manterem no cotidiano dos consumidores. Entre essas alternativas estão a busca por materiais que se diferenciam em cor, formato e sabor, a fim de agregar maior valor ao produto.

Diferenciais do heirloom

Os tomates heirloom possuem cores e formatos únicos, sendo uma alternativa aos produtores que buscam se diferenciar no mercado. Em geral, o termo ‘heirloom’ é utilizado para designar cultivares tradicionalmente produzidas por produtores locais.

Esses materiais têm se popularizado em sistemas de produção orgânicos e em outros nichos que se preocupam com a qualidade alimentar e sustentabilidade da produção.

Uma das principais características dos tomates híbridos é sua uniformidade de cor, formato e tamanho, sendo esses atributos desejáveis por grande parte dos consumidores. Entretanto, o tomate heirloom se destaca no mercado justamente por sua diversidade.

Oriundo de polinização aberta, os frutos apresentam cores, formatos e tamanhos bastante distintos. Outro atributo que vem conquistado os produtores e consumidores é seu sabor mais adocicado, em comparação às cultivares produzidas em larga escala.

Outra característica bastante interessante é que normalmente as sementes de tomates heirloom são conservadas e transmitidas ao longo de gerações de agricultores, tendo uma grande estabilidade e adaptabilidade às condições locais, sendo conhecidas também como “sementes crioulas”.

Sementes

É possível adquirir sementes de tomate heirloom em sites especializados em venda de sementes ou em feiras agrícolas, porém, é sempre importante priorizar a escolha por sementes mais adaptadas à região de cultivo.

Crédito: Sylmara Silva

No momento da escolha das sementes, é muito importante que o produtor procure materiais com bons índices de germinação e boa adaptabilidade a região de cultivo. As mudas devem ser produzidas preferencialmente em bandejas e serem transplantadas quando apresentarem um sistema radicular bem desenvolvido.

Devido às suas peculiaridades, a produção de tomate heirloom é indicada principalmente para pequenos produtores, uma vez que os materiais possuem um mercado consumidor bastante específico.

Produtividade

Os materiais não possuem a mesma produtividade de híbridos tradicionais, os frutos são sensíveis ao transporte, devido ao seu formato e possuem um menor tempo de prateleira, quando comparado aos tomates longa vida.

Orgânicos

A produção de hortaliças orgânicas vem crescendo ao longo dos anos no País, uma vez que os consumidores buscam produtos saudáveis e que sejam produzidos de forma sustentável.

Para os agricultores, a produção orgânica permite se diferenciar no mercado, por possibilitar a comercialização a preços superiores, quando comparados a hortaliças convencionais.

Os tomates heirloom, por serem cultivares mais rústicas, são mais adaptáveis em cultivos em sistemas orgânicos, porém, também podem ser cultivados em sistemas tradicionais.

São escassos na literatura materiais técnicos sobre o cultivo de tomate heirloom, porém, os cuidados de implantação da lavoura e condução, são bastante semelhantes ao cultivo de tomate tradicional, tanto em sistemas de cultivo orgânico quanto convencional.

Cuidados

O tomateiro é uma planta bastante sensível ao molhamento foliar, dessa forma, a produção de tomate heirloom deve ser realizada preferencialmente em cultivo protegido, ou durante o inverno, devido a esse ser um período com condições climáticas mais favoráveis ao seu desenvolvimento.

Apesar de o cultivo protegido representar um maior valor de investimento, sua estrutura impede a entrada de insetos e pragas, diminui as intempéries climáticas (chuva, vento, incidência de sol forte), mantém o ambiente de cultivo mais uniforme e permite o uso mais eficiente de irrigação e fertilizantes.

Manejo

O manejo do solo deve ser realizado priorizando a inserção de matéria orgânica e o controle de pragas e doenças deve seguir os preceitos do manejo integrado.      

Por ser uma hortaliça muito diferente do tomate convencional, os produtores de tomate heirloom devem, antes de produzir, definir como será a forma de comercialização, a fim de evitar perdas na pós-colheita.

Estudo realizado pela Faculdade de Fitotecnia da UFRRJ e pela Pesagro com 50 genótipos de tomate heirloom verificou que os materiais apresentaram de 0,7 a 2,7 kg/planta, nos genótipos de frutos grandes, e de 0,5 a 1,9 kg/planta nos genótipos do tipo cereja, sendo que aproximadamente 80% de frutos apresentaram padrão comercial.

Pesquisas realizadas com diferentes coleções de sementes de tomate heirloom, juntamente com o estudo de caracterização e avaliação desses materiais, é de extrema importância para a recomendação aos produtores e para a obtenção de novas cultivares.

ARTIGOS RELACIONADOS

26ª Hortitec – Expectativa de negócios superiores a R$ 100 milhões

A 26ª edição da Hortitec é a mais importante feira de hortaliças, flores e frutas da América Latina, e será realizada em Holambra (SP), entre 26 e 28 de junho. A estimativa de negócios no evento é da ordem de R$ 110 milhões e o público aguardado é de mais de 30 mil visitantes.

Produção de morangos fora do solo é tendência para um futuro próximo

  Carlos Reisser Júnior carlos.reisser@embrapa.br Luis Eduardo Correa Antunes Doutores e pesquisadores da Embrapa Clima Temperado O Brasil é o maior produtor e consumidor de morangos da América do...

X Encontro Brasileiro de Hidroponia e II Simpósio Brasileiro de Hidroponia

  De 17 a 18 de setembro Florianópolis sediará o Encontro e Simpósio Brasileiro de Hidroponia, que deve atrair visitantes de todo o Brasil   O X...

Mudas de banana propagadas, vale a pena?

AutorHarllen Sandro Alves Silva Doutor em Fitopatologia e pesquisador da Embrapa Mandioca e Fruticultura harllen.alves@embrapa.br A produção de mudas micropropagadas é uma técnica bem estabelecida...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!