20.6 C
Uberlândia
sábado, abril 20, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosHortifrútiTratamento abrange principais pragas, doenças e bioestimula o tomateiro

Tratamento abrange principais pragas, doenças e bioestimula o tomateiro

Estratégia ancorada em amplo portfólio destaca companhia de origem ítalo-japonesa como uma referência no país em tecnologias para hortifrútis.

Presente há mais de 40 anos no Brasil, consolidada entre as referências do setor de defensivos agrícolas, a Sipcam Nichino informa que desenvolveu um novo programa para manejo eficaz da cultura do tomate, com vistas a entregar mais produtividade e rentabilidade ao produtor. Ancorada num amplo portfólio de soluções, salienta a companhia, essa estratégia abrange práticas de monitoramento e controle das principais pragas e doenças, além da bioestimulação de lavouras desde o plantio até a colheita.

Segundo a companhia, sua metodologia se baseia na utilização planejada de três inseticidas – Ohkami®, Takumi® e Trebon® 100 SC -, dois fungicidas – Vitene® e Zetanil® – e do bioestimulante natural Blackjak®. “O programa foca na gestão dos desafios mais estratégicos do produtor, entre estes os patógenos das doenças pinta-preta e requeima e a praga traça-do-tomateiro, além de lagartas importantes”, diz Vitor Cabral Araújo, da área de desenvolvimento de mercado.

Conforme o agrônomo, a sistemática de manejo fomenta ainda o pleno estabelecimento de lavouras, “através da maior absorção de nutrientes”. Para isso, ele acrescenta, são feitas aplicações do bioestimulante Blackjak®, visando a manter o vigor do tomateiro ao longo de todo o ciclo. “Composto por ácidos húmicos e fúlvicos, o bioestimulante é rapidamente absorvido, induz a formação de raízes, fortalece a cultura ante condições climáticas desfavoráveis e ao estresse hídrico.”

Cabral acrescenta que o emprego dos inseticidas Ohkami® e Trebon® 100 SC, seguindo as recomendações da empresa, possibilita controle eficaz da principal praga da cultura, a traça-do-tomateiro. “O acréscimo de Takumi® amplia o espectro de controle das pragas com relevância econômica, incluindo a Helicoverpa zea. Os três inseticidas têm encaixe no MIP (manejo integrado de pragas) e no manejo de resistência de pragas.”

A traça-do-tomateiro ou Tuta absoluta, afirma ele,está presente o ano todo, porém nos períodos de seca torna-se mais agressiva. Ela ocasiona danos de 70% a 100% da produção, conforme especialistas. “As fêmeas adultas depositam ovos em folhas, frutos, hastes e sépalas de tomate. Logo depois, lagartas eclodem e se alimentam de estruturas da planta e dos frutos. Ohkami®, Trebon® 100 SC e Takumi® cessam os danos causados pela praga. Ohkami® reduz ainda a alta postura de ovos, uma das característica-problema da Tuta absoluta.

Já em relação ao controle das doenças pinta-preta (Alternaria solari) e requeima (Phytophtora infestans), Vitor Cabral observa que a Sipcam Nichino recomenda aplicar no tomateiro, preventivamente, os fungicidas Vitene® e Zetanil®. “De ação sistêmica, Vitene® tem atuação translaminar, com boa penetração e distribuição. Já Zetanil®, sistêmico e protetor, se diferencia pelo equilíbrio entre seus ativos e pelo efeito prolongado transferido à cultura.”

Criada em 1979, a Sipcam Nichino resulta da união entre a italiana Sipcam, fundada em 1946, especialista em agroquímicos pós-patentes e a japonesa Nihon Nohyaku (Nichino). A Nichino tornou-se a primeira companhia de agroquímicos do Japão, em 1928, e desde sua chegada ao mercado atua centrada na inovação e no desenvolvimento de novas moléculas para proteção de cultivos.

ARTIGOS RELACIONADOS

Aminoácido garante vigor e desenvolvimento

Vanessa Rita dos Santos Ritter Bacharel em Química, mestre em Engenharia " Infraestrutura e Meio Ambiente e doutoranda em Engenharia de Alimentos vanessars7@yahoo.com.br   Aminoácidos são as unidades...

Cálcio, boro e aminoácidos na proteção de anomalias fisiológicas do tomate

Danielle Perez Palermo daniellepalermo@ufrrj.br Carlos Antonio dos Santos carlosantoniods@ufrrj.br Engenheiros agrônomos e mestrandos em Fitotecnia na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) Margarida Goréte Ferreira do Carmo Engenheira...

Agrolord – Inovação como carro-chefe

Esse foi o terceiro ano que a Agrolord participou da Hortitec. “Em 2018 dobramos a área do estande, de 70 para 140 m de...

A viabilidade da adubação foliar para as florestas

José Geraldo Mageste Doutor e professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) jgmageste@ufu.br Fernando Simoni Bacilieri Engenheiro agrônomo e doutorando em Produção Vegetal, ICIAG-UFU ferbacilieri@zipmail.com.br Roberta Camargos de Oliveira Engenheira agrônoma...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!