19.6 C
Uberlândia
quinta-feira, junho 20, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasVideocast 'O Futuro do Controle Biológico' discute o controle biológico de pragas

Videocast ‘O Futuro do Controle Biológico’ discute o controle biológico de pragas

Especialistas compartilham ideias sobre o uso de agentes biológicos no combate a pragas, destacando os desafios, benefícios ambientais e econômicos

Divulgação Ações naturais para a proteção dos cultivos

A plataforma de cursos livres da USP/Esalq Essential promove hoje (23), às 19 horas, o videocast “O Futuro do Controle Biológico”. O evento abordará o potencial de crescimento do setor e os desafios enfrentados na área. Participarão do videocast Raphael de Campos Castilho, professor doutor no Departamento de Entomologia e Acarologia da USP/Esalq, possui experiência em Acarologia e Entomologia Agrícola, atua nas áreas de taxonomia e controle biológico, com ácaros e insetos; Pedro Takao Yamamoto, professor doutor da USP/Esalq, atua na área de Manejo Integrado de Pragas; José Roberto Postali Parra, professor sênior do Departamento de Entomologia e Acarologia da USP/Esalq e Italo Delalibera Junior, professor pós-doutor USP/Esalq, atua nas áreas de patologia, controle microbiano de insetos e ácaros e desenvolvimento de bioinsumos. Todos os participantes da mesa são colaboradores no curso livre sobre o tema da plataforma da USP. O evento é online é as inscrições podem ser realizadas pelo link: VIDEOCAST • O futuro do controle biológico (mbauspesalq.com).

De acordo com o Professor Pedro Takao Yamamoto, Controle Biológico “é um fenômeno que consiste na regulação de animais e plantas por inimigos naturais que são os agentes de mortalidade biótica. É um fenômeno natural de controle de insetos, ácaros, doenças e plantas daninhas”. O controle biológico tem como objetivo conter pragas e insetos maléficos que estão presentes em nossa agricultura por meio de maneiras naturais, como o uso de outros insetos que são inofensivos e benéficos para o meio ambiente, predadores e microrganismos.

Controle Biológico: benefícios para o cultivo e para o meio ambiente

A grande vantagem do Controle Biológico reside nas questões dos efeitos colaterais. “Não causa efeitos negativos ao ambiente e a produção, auxiliando na questão da sustentabilidade, porque diferentemente dos inseticidas que podem causar problemas como resistência, no caso do controle biológico não acontece isso. Não tem resíduo, não tem o perigo de contaminação, porque são ações que ocorrem na natureza, é uma questão natural”, resume o professor. Outra vantagem do Controle Biológico é que ele pode ser aplicado em todos os tamanhos de produção agrícola, explica o professor. “No Brasil, que é um bom paradigma, ele é utilizado em grandes culturas e em grandes áreas, por exemplo, nas plantações de cana-de-açúcar, em grandes usinas, culturas de milho, algodão, olerícolas e frutíferas, assim como na produção envolvendo pequenas áreas e cultivos”.

ARTIGOS RELACIONADOS

Seminário do Café: O futuro do segmento em pauta

Criado e realizado pela Associação dos Cafeicultores da Região de Patrocínio (Acarpa), o Seminário do Café aconteceu de 30 de setembro a 03 de outubro, em...

Koppert – Mais saúde para o planeta

  Desde o início a Koppert participa da Hortitec, antes com o nome de Itaforte, e há dois anos como Koppert. “A feira, que é...

Tomate: armadilha eletrônica e monitoramento de insetos

Conheça a ferramenta ADAMA Monitor, que faz o monitoramento de lavouras com sistema de armadilhas eletrônicas e disponibiliza dados para que os agricultores possam tomar a melhor decisão para as operações de plantio, colheita e aplicação de defensivos.

Indutores de resistência: estímulo às defesas naturais das hortaliças

O uso de indutores de resistência tem sido muito estudado nos últimos anos. Conheça os benefícios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!