21.6 C
Uberlândia
sábado, junho 22, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiAção do fosfito na produção de cebolas

Ação do fosfito na produção de cebolas

Douglas José Marques

Doutor e professor de Olericultura e Melhoramento Vegetal da Universidade José do Rosário Vellano – UNIFENAS

douglas.marques@unifenas.br

Crédito Fernando Gomes
Crédito Fernando Gomes

O panorama da cebolicultura brasileira é bem diverso, uma vez que a produção é feita em regiões geograficamente definidas com características climáticas, econômicas e sociais distintas. Uma coisa que elas têm em comum é a predominância de pequenos e médios produtores. Uma das causas da baixa produtividade da cebola no Brasil está relacionada ao estresse ambiental, incidência de doenças, utilização de cultivares não adaptadas aos sistemas de cultivo e falta de adoção de tecnologias apropriadas.

A adoção de sistemas de cultivo ineficientes, sem levar em consideração o sistema tecnológico, traz como resultado a produtividade média baixa, em torno de 12 t/ha.

As cultivares desenvolvidas pela Empresa Pernambucana de Pesquisa Agropecuária (IPA) ocupam quase 90% do total da área cultivada com cebola na região do Vale do São Francisco. Cultivares importadas do tipo “Grano” e híbridos tipo “Granex” são tradicionalmente cultivados no Nordeste e Sudeste do Brasil, sendo que no Nordeste dominaram o mercado. No Sul do Brasil predominam as cultivares dos tipos Baia Periforme e Crioula.

A cultivar Rijnsburger Jumbo foi introduzida da Holanda, respectivamente, com boa produção de cebola com melhor classificação comercial (cebolas Jumbo).

 

Origem da cebola

A cebola exige designação de origem. Na Europa as cebolas são espanholas, francesas, italianas, inglesas, americanas, holandesas e japonesas. No Brasil, a cotação de preço identifica a cebola como de São Paulo, de Pernambuco, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, de Minas, do Paraná e da Argentina.

Os produtores de cebola brasileiros e argentinos garantem cebola fresca durante todo o ano para o consumidor brasileiro, com sabor regional.

Evolução

A produção de cebola no Brasil teve aumento de 22% nos últimos 10 anos, com maior oferta do produto em meses tradicionalmente ocupados pela produção argentina.Nesse mercado concorrido, a qualidade e a boa classificação aumentam o preço pago por quilo de cebola para o produtor.

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock04

O fosfito

Os fosfitos são compostos derivados do ácido fosforoso que podem se combinar com elementos como potássio, cálcio, magnésio, alumínio, manganês e zinco. Tais compostos caracterizam-se por estimular o crescimento das plantas, possuírem considerável ação fungicida e não serem fitotóxicos quando utilizados em concentrações adequadas.

Estes compostos são rapidamente absorvidos pelas plantas através das raízes e das folhas, apresentando ação sistêmica, pois são translocados pelo xilema e pelo floema. Dependendo da cultura, a translocação das folhas para as raízes pode ocorrer num prazo de até 24 horas e permanecer ativo por até 160 dias, já que os fosfitos não são metabolizados pelas plantas. Dentre as vantagens do uso do fosfito se destacam:

â–º Rápida absorção (raízes, folhas e córtex do tronco);

â–º É assimilado na sua totalidade, diferentemente dos fosfatos;

â–º Exige menos energia da planta;

â–º Excelente complexante, favorece a absorção de Ca, B, Zn, Mo, K e outros elementos;

â–º Controle e prevenção de doenças fúngicas:

â–º Fitoalexinas(ação preventiva);

â–º Inibição do desenvolvimento fúngico (ação curativa);

â–º Permite misturas com outros produtos;

â–º Certas formulações de fosfitos podem reduzir o pH da solução, melhorando a eficiência de alguns herbicidas.

Ação e reação

Os solos brasileiros, devido ao maior intemperismo a que foram submetidos na sua formação, de maneira geral, apresentam baixa fertilidade natural em função da elevada acidez, baixa saturação por bases, toxicidade de alguns elementos químicos e baixa disponibilidade de nutrientes.

Geralmente o fósforo é considerado o elemento de maior limitação na produção da cebola em países tropicalizados. Os teores de fósforo na solução do solo, além de muito baixos, são insuficientes para suprir a necessidade da cultura.

O produtor de cebola, portanto, deve adotar medidas agrotecnológicas pontuais para ter uma boa eficiência na aplicação de fósforo na cultura. A adequada nutrição das plantas é considerada um dos fatores mais importantes para o metabolismo das plantas, favorecendo o aumento da produção. Por isso é necessário um suprimento balanceado de nutrientes para favorecer o crescimento das plantas, ativar os processos naturais de defesa e propiciar ganhos significativos na produção.

Neste contexto, os fosfitos podem ajudar no incremento da produção e redução dos efeitos das doenças sobre as culturas, o que irá favorecer o aumento da produtividade.

Fotoperíodo

A cebola é fisiologicamente uma planta de dias longos para formação de bulbos e exige fotoperíodos iguais ou maiores do que um mínimo (nível crítico) para que os bulbos se formem.

As cultivares variam em relação a esse nível crítico mínimo:

ð Cultivar de dias curtos: fotoperíodo mínimo de 11- 12h;

ð Cultivar de dias intermediários: 13-14h;

ðCultivar de dias de dias longos: 14h ou mais.

Essa matéria completa você encontra na edição de março 2018  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua para leitura integral.

ARTIGOS RELACIONADOS

Plantio direto tem potencial para sequestrar carbono na produção de hortaliças

O plantio direto se mostra uma ferramenta capaz de mitigar os efeitos das mudanças climáticas na produção de hortaliças, favorecendo toda a cadeia ambiental   A...

Ponte Alta Mudas de Hortaliças : uma história de sucesso

Assim foi o início de uma estrutura que hoje tem capacidade para produzir e comercializar 12 milhões de mudas/mês   Como já sabemos, tudo é uma...

Viveiro Rosália de cara nova

O Viveiro Rosália passou por uma série de mudanças desde seu início, e agora investe na modernização da estrutura para melhor atender seus clientes   O...

Transplantadora de mudas: mais agilidade e qualidade

As transplantadoras são máquinas muito utilizadas em culturas hortícolas, florestais, assim como no fumo, destinadas para as mudas que foram desenvolvidas em viveiros e são transplantadas para o local definitivo. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!