24.6 C
Uberlândia
quinta-feira, abril 18, 2024
- Publicidade -
InícioPecuáriaAviculturaBrasil detém 35% do mercado mundial de carne de frango

Brasil detém 35% do mercado mundial de carne de frango

Expomeat 2023 apresenta novidades e tendências para cuidados sanitários e sustentáveis do estado de conservação ideal da carne.

Desde 2004, o Brasil vem garantindo sua liderança na exportação mundial de carne de frango e detém, hoje, 35% desse mercado, segundo dados do Governo Federal. Ademais, segundo a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), o país vem mantendo o título de maior exportador de carne bovina do planeta por 20 anos. A alta demanda pelo produto brasileiro no mercado global pode ser atribuída aos cuidados sanitários e sustentáveis empregados pelos produtores, que se dedicam a entregar produtos de qualidade, conforme salienta a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil).

Neste sentido, para garantir que os lares brasileiros e mundiais recebam a carne no estado de conservação ideal para consumo, é necessário investir na qualidade de funcionamento dos frigoríficos. Por isso, as feiras neste ramo estão demandadas, como a Expomeat – Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal –, que já está na 4ª edição e se consagrou como um excelente ponto de encontro de negócios para a indústria de conservação, refrigeração e congelamento no Brasil e na América Latina.

Divulgação
SKG

O evento ocorrerá de 28 a 30 de março, no Pavilhão de Exposições Anhembi, em São Paulo/SP. Mais de 8 mil pessoas já confirmaram participação. Nos estandes, 200 marcas apresentarão as maiores novidades do setor. Entre elas, destaque para os artigos da SKG, autoridade em materiais de corte para frigoríficos. Localizada em Valinhos, no interior de São Paulo, a nova fábrica da empresa, produtora de lâminas de serra fita, foi desenvolvida em parceria com a Munkfors, empresa sueca que figura entre as líderes mundiais no segmento.

Wagner Huber, gerente de operações da marca, explica que, além das lâminas de serra fita, também serão exibidos: tesouras, ganchos, afiadores de facas, luvas anticorte, facas e rebolos para afiação; todos com controle de qualidade, essencial para que a empresa atenda o consumidor com produtos seguros para o consumo e que não causem danos à saúde.

“Todo o nosso portfólio leva em conta a gestão de ergonomia em frigoríficos, fundamental para mapear as situações e os riscos. A linha de lâminas de serra fita pode ser aplicada, também, em máquinas automatizadas, e os equipamentos de afiação podem ser automatizados, em projetos específicos com a Datec, por exemplo, mediante as necessidades do cliente”, sublinha Huber.

ARTIGOS RELACIONADOS

Couve-flor de inverno: hora de planejar o plantio

Saiba como planejar o cultivo da couve-flor de forma correta, levando em conta pontos como escolha da área, avaliação da fertilidade e adubação do solo, disponibilidade de água e época de plantio.

Mamão: Medalha de prata para o Brasil

O Brasil é segundo maior produtor de mamão do mundo, com uma área em produção de aproximadamente 27 mil hectares e produção média anual próxima a 1,5 milhão de toneladas.

Brasil deve intensificar produção com sustentabilidade

Governo promete políticas de incentivo, e uso de produtos biológicos pode apoiar avanços em produtividade de lavouras e regeneração de áreas degradadas.

Ácidos húmicos estimulam sistema radicular da cenoura

A cenoura (Daucus carota L.) é uma dicotiledônea pertencente à ordem Apiales e à família Apiaceae.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!