Copercampos volta a investir em usinas solares

0
41
Usina solar instalada em propriedade rural

A Copercampos continua a investir em usinas fotovoltaicas a fim de promover maior sustentabilidade às suas atividades. Estão iniciando neste mês de maio, obras em cinco unidades da cooperativa para instalações de painéis solares a afim de gerar energia elétrica.

Os investimentos são superiores a R$ 1,5 milhão e fazem parte do programa de geração de energia limpa desenvolvido na cooperativa, desde a implantação de biodigestores nas granjas de suínos e geradores, instalação da primeira usina solar da cooperativa instalada na Granja dos Pinheiros, em Campos Novos/SC, com capacidade de gerar 1 Megawatt e que foi inaugurada em 2018, e também das placas solares instaladas na Loja de Campos Novos e Supermercado de Capinzal.

A estratégia da Copercampos é de instalar as placas solares, ou seja, as pequenas centrais geradoras, próximas às unidades consumidoras, com a finalidade de minimizar custos operacionais, facilitando também a limpeza e manutenção dos painéis.

Neste ano, serão instaladas as usinas fotovoltaicas nas unidades de Armazenagem de Brunópolis (78,02 Quilowatt pico – kWp), Cerro Negro (61,05 kWp), Capinzal (93,60 kWp), Correia Pinto (78,02 kWp) e na unidade da Encruzilhada de Campos Novos (117,48 kWp).

De acordo com o Supervisor Operacional Ricardo Saurin, a economia com a geração de energia limpa é considerável. “Desde 2018, quando iniciamos a geração da usina fotovoltaica da Granja dos Pinheiros, estamos identificando economia significativa no custo das unidades e estas novas obras dão sequência ao projeto da cooperativa de gerar energia limpa e renovável, a fim de minimizar custos das unidades. Serão mais de 400 Quilowatt pico instalados nestas unidades, elevando assim, nossa geração própria de energia e fortalecendo nossa sustentabilidade operacional e também ambiental”, ressalta Ricardo.