16.6 C
Uberlândia
terça-feira, maio 28, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesTecnologia pode ajudar o agro a prever o clima e tomar decisões...

Tecnologia pode ajudar o agro a prever o clima e tomar decisões assertivas entre as safras

16,48% dos produtores usam software de gestão, 30,91% excel e 50,82% ainda usam o caderno para o controle e planejamento das suas atividades rurais

Imagem de arquivo

A preocupação com as mudanças climáticas deu um salto no Brasil e o agronegócio está intrinsecamente ligado ao assunto. Com novos desafios surgindo, é preciso adotar estratégias sustentáveis para garantir o sucesso a longo prazo do setor. Hoje, a tecnologia é uma importante aliada do produtor rural, viabilizando diversos produtos que preveem a safra e otimizam a gestão agrícola. Segundo levantamento da Seedz, agtech brasileira, 16,48% dos produtores usam software de gestão, 30,91% excel e 50,82% ainda usam o caderno para o controle e planejamento das suas atividades rurais.

De acordo com a pesquisa da Allianz Commercial, alguns empresários apontam questões relativas aos distúrbios do clima como principal risco para 2024. Com a chegada do fenômeno climático La Niña, em junho deste ano, chuvas mais intensas devem atingir as regiões Norte e Nordeste, enquanto as regiões Centro-Sul, especialmente o Sul, poderão enfrentar condições mais secas. Esse cenário afeta diretamente o ciclo de vida das plantas, o volume de água e a qualidade do solo. Esse fenômeno também pode exigir ajustes nos ciclos de cultivo, incluindo mudanças nas datas de plantio e colheita, o que impacta o planejamento das safras e a eficiência operacional.

Para Matheus Ganem, CEO da Seedz, sensores e estações meteorológicas automatizadas, e dispositivos de IoT capazes de coletar dados em tempo real, são apostas essenciais para previsibilidade e contribuem para melhores resultados no plantio e colheita de insumos. “O Seedz Farm, por exemplo, ajuda os agricultores a se prepararem e a adotarem estratégias de mitigação, trazendo mais informações sobre o clima, nível de precipitação, umidade, direção do vento e chances de chuva. Nele também é possível acompanhar cotações em tempo real e trocar informações com produtores de diferentes regiões, fomentando a troca de conhecimento,”, explica.

Ganem destaca os principais benefícios do uso da tecnologia na previsão do clima e na tomada de decisões, que otimizam as safras anuais e ajudam na gestão de risco, com mapeamento de cenários futuros:

Previsão Climática
Softwares avançados usam algoritmos complexos para analisar grandes conjuntos de dados climáticos históricos e atuais, criando modelos de previsão climática. Isso permite que os agricultores antecipem mudanças nas condições meteorológicas e tomem decisões informadas sobre quando plantar, irrigar ou colher.

Agricultura de Precisão
Utilizando dados detalhados sobre o solo, clima e condições de cultivo, a agricultura de precisão permite que os produtores otimizem o uso de recursos, como água e fertilizantes. Além de melhorar a eficiência, é possível reduzir o impacto ambiental.

Satélites e Drones
Imagens de satélite e drones oferecem uma visão mais abrangente das condições agrícolas. Eles podem monitorar o crescimento das plantas, identificar áreas com problemas, avaliar a qualidade do solo e fornecer informações sobre padrões climáticos.

ARTIGOS RELACIONADOS

Mudança climática é a maior preocupação de 72% dos produtores de soja

Estiagem e chuvas intensas causadas pelas mudanças climáticas podem provocar perdas de até 100% da lavoura e prejuízos que podem chegar a R$ 100 bilhões.

Condições climáticas interferem na produtividade no canavial

Períodos de estiagem podem afetar a cultura da cana-de-açúcar; Ubyfol oferece solução para proteger a plantação no período de restrição hídrica.

Quais os efeitos no El Niño na cultura do café?

Temperaturas muito acima do normal e padrão irregular de chuvas durante o enchimento e maturação dos frutos, podem ameaçar o desenvolvimento da safra 24/25 no Brasil.

Plantios tardios de cedro australiano e adequação ao clima

Para melhor utilizar as janelas de plantio tardio e garantir seu bom desenvolvimento e sucesso, a adequação ao clima é fundamental, pois dependem diretamente dos agentes climáticos (como o regime de chuva, incidência de radiação solar e temperatura).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!