17.7 C
Uberlândia
sexta-feira, julho 12, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioAnimaisUnidade de processamento impulsiona produção de mel de São Domingos do Prata

Unidade de processamento impulsiona produção de mel de São Domingos do Prata

 

Comercialização aumentou 30%

 

AbelhaA implantação de uma unidade de processamento de mel tem ajudado a reorganizar e impulsionar a atividade, em São Domingos do Prata, região Central de Minas Gerais. Antes os apicultores trabalhavam individualmente, o que dificultava bastante na hora de processar o mel e vender o produto. Com a unidade de processamento, a realidade é diferente. O grupo conseguiu aumentar a produção e ampliar o acesso ao mercado.

Para se reorganizarem, os apicultores procuraram os extensionistas da Emater-MG. O primeiro passo sugerido pelos técnicos da empresa foi a criação de uma associação. Para o extensionista da Emater-MG, Aloísio Porto Santos, isso gera uma série de benefícios. “Produção em escala para a comercialização, obtenção de melhores preços do mel e derivados, realização de compra e venda em grupo“, diz o técnico.

A Associação dos Apicultores de São Domingos do Prata (AAPISPRATA) tem 25 membros. A Emater-MG ofereceu todo o suporte para que a entidade fosse criada em 2003. Alguns anos depois ocorreu a implantação de uma unidade de processamento de mel.

Na época, o principal problema enfrentado pelo grupo era a falta de recursos. Mais uma vez, a Emater-MG em parceria com a Prefeitura de São Domingos do Prata ajudou os produtores. Por meio do Minas Sem Fome, programa estadual coordenado pela Emater-MG, foram destinados à associação cerca R$ 80 mil para a compra de equipamentos e material de construção. A prefeitura ficou responsável pela contratação de mão de obra e doou uma máquina de sachê.

“Essa era uma necessidade e anseio antigo dos apicultores. Individualmente eles não possuíam recursos para adquirir os equipamentos para processar o mel“, relata o técnico da Emater-MG.

A unidade de processamento é completa. Tem decantadores, centrífuga, descristalizador, alveolador mecânico, balanças e peneiras galvanizadas entre outros equipamentos. De acordo com Aloísio Santos, o investimento resultou no aumento de 30% da produção de mel do grupo. A comercialização também melhorou em 30%.

Antes da implantação da unidade, José Martins Barony processava o mel de sua propriedade em um quarto pequeno e numa modesta centrífuga manual. “Era bem mais difícil e a gente chegava a perder mel“, diz o Barony.

Segundo o apicultor, que trabalha na atividade há 18 anos, a criação da associação ajudou a fortalecer e a profissionalizar o grupo. José Barony ressalta que unidade de processamento melhorou a qualidade do produto do grupo e ajudou a agregar valor. “ Melhorou demais. O nosso mel tem mais qualidade e vendemos por um preço melhor“, diz o produtor. Atualmente, cerca de 50% da produção da associação é vendida para uma empresa de Ipatinga, na região Leste de Minas Gerais, que exporta o produto para a Europa.

Minas Sem Fome

Programa do governo de Minas Gerais, gerenciado pela Emater-MG, que tem o objetivo de buscar a segurança alimentar e nutricional, com redução da pobreza, resgate da cidadania e inclusão produtiva. O programa beneficia a população rural e urbana, em situação de vulnerabilidade social, organizada por meio de entidades comunitárias, sem fins lucrativos e legalmente constituídas, com projetos de interesse coletivo. Em 2015, foram investidos pelo Minas Sem Fome R$ 1,1 milhão, beneficiando 60 mil famílias, em 380 municípios.

ARTIGOS RELACIONADOS

Barista Day promove troca de conhecimento e técnicas

A cafeteria Abigail Coffee, em Campinas, São Paulo, sediou o Barista Day, um encontro inédito entre campeões mundiais de Barista e Brewers (café filtrado), promovendo troca...

Sistema InCeresAgSystem trabalha em tempo real

Passar a noite processando dados é coisa do passado. Novo sistema para manejo da lavoura é voltado para usuários avançados que buscam agilidade e...

Milho-doce orgânico – Sabor e lucratividade acentuados

Lucas Luís Faustino Doutorando em Produção Vegetal - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) lucasfaustino1987@yahoo.com.br   O milho-doce é um produto de alto valor nutritivo e...

Controle da fazenda na palma da mão

  Kit de monitoramento equipado com drone e software ajuda o produtor a mapear e controlar pragas, desperdícios de defensivos e fertilizantes na lavoura   Controlar as...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!