22 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 15, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioEventosI Weed.Con

I Weed.Con

É o primeiro evento digital da Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas, que será realizado de 16 a 18 de novembro de 2020. O evento abordará, através de palestras, apresentações de trabalhos, minicursos e discussões, temas como: novas tecnologias relacionadas a organismos geneticamente modificados, redução da oferta de herbicidas, biologia e manejo da resistência de plantas daninhas à herbicidas, tolerância de plantas daninhas à herbicidas, sistemas de produção agropecuários, culturas de cobertura e inteligência artificial aplicada à ciência das plantas daninhas. Participarão do evento representantes de Instituições brasileiras, norte americanas, latinas e europeias.
O I Weed.con é voltado a profissionais, pesquisadores, cientistas, estudantes e agricultores ligados à ciência das
plantas daninhas.

PROGRAMAÇÃO


Dia 16 de novembro
Organismos geneticamente modificados
e oferta de herbicidas.
14:00 Minicurso 1 – O que o mercado espera do
profissional 4.0.
Alexandre Monteiro Chequim – CEO e Empreendedor
16:00 Apresentação de trabalhos orais.
Moderação: Ana Lígia Giraldeli – Universidade
Estadual de Londrina
18:45 Abertura oficial do evento.
19:00 Cultivos resistentes a herbicidas auxínicos:
cenário dos Estados Unidos e futuro para o
Brasil.
Rodrigo Werle – University of Wisconsin – Madison,
Estados Unidos da América.
19:40 O Brasil sem paraquat: implicações
técnicas e econômicas.
Alfredo Júnior Paiola Albrecht – Universidade Federal
do Paraná, UFPR – Paraná, Brasil.
20:20 Evolução dos herbicidas na Europa:
perspectivas futuras.
João Martim de Portugal e Vasconcelos Fernandes –
Instituto Politécnico de Beja – Beja, Portugal.
21:00 Espaço Técnico – UPL
21:07 Espaço Técnico – Sumitomo21:14 Debate.
Moderação: Caio Antonio Carbonari – Universidade
Estadual Paulista, UNESP – São Paulo, Brasil.
22:00 Encerramento.


17 de novembro
Biologia e manejo de plantas daninhas
resistentes e de difícil controle.
14:00 Minicurso 2 – Experimentação com
dinâmica de herbicidas na Ciência de Plantas
Daninhas
Kássio Mendes – Universidade Federal de Viçosa –
UFV, Minas Gerais, Brasil.
Prof. Antonio Alberto da Silva – Universidade Federal
de Viçosa – UFV, Minas Gerais, Brasil.
16:00 Apresentação de trabalhos orais.
Moderação: Naiara Guerra – Universidade Federal de
Santa Catarina, UFSC, Santa Catarina, Brasil.
19:00 Vassourinha de botão, o que sabemos?
Eliezer Antonio Gheno – Coopertativa Agropecuária e
Industrial Celeiro do Norte –Mato Grosso, Brasil.
19:30 Enfrentamento ao Amaranthus hybridus:
lições da Argentina.
Daniel Horacio Tuesca – Universidad Nacional de
Rosario – Santa Fe, Argentina.

20:00 Capim pé-de-galinha, a gramínea
resistente da vez.
Edson Ricardo de Andrade Júnior – Instituto Mato-
Grossense do Algodão, IMA – Mato Grosso, Brasil.
Hudson Kagueyama Takano – Corteva Agriscience –
Indianápolis, Estados Unidos da América.
21:00 Espaço Técnico – UPL
21:07 Espaço Técnico – Sumitomo
21:14 Debate.
Moderador: Rubem Silvério de Oliveira Júnior –
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Paraná, Brasil
22:00 Encerramento.

18 de novembro
Manejo Integrado de Plantas Daninhas.
14:00 Minicurso 3 –Uso de VANTs destinados ao
levantamento de plantas daninhas e a aplicação
de herbicidas.
Edison Baldan Junior – Baldan Connected – São
Paulo, Brasil.
Marcos Kuva – Herbae Consultoria e Projetos
Agrícolas – São Paulo, Brasil.
16:00 Apresentação de trabalhos orais.
Moderação: Catarine Markus – Universidade Federal
do Rio Grande do Sul, UFRGS – Rio Grande do Sul,
Brasil.

19:00 Sistemas de cultivo, consórcio e culturas
de cobertura no manejo de plantas daninhas:
pesquisa e adoção no Cerrado.
Túlio Porto Gonçalo – Grupo Associado de Pesquisa
do Sudoeste Goiano, GAPES – Goiás, Brasil.
19:40 Sistemas de cultivo, consórcio e culturas
de cobertura no manejo de plantas daninhas:
pesquisa e adoção no Sul do Brasil.
Vitor Spader – Cooperativa Agrária Agroindustrial,
FAPA – Paraná, Brasil.
20:20 Rotação de cultivos: exemplos de êxito
no controle de plantas daninhas na Europa.
Alicia Cirujeda Ranzenberger – Centro de
Investigación y Tecnología Agroalimentaria de
Aragón, CITA – Universidade de Zaragoza, Espanha
21:00 Espaço Técnico – UPL
21:07 Espaço Técnico – Sumitomo
21:14 Debate.
Moderador: Guilherme Braga Pereira Braz –
Universidade de Rio Verde, UniRV – Goias, Brasil.
22:00 Entrega de Prêmios e Encerramento do
Evento.

ARTIGOS RELACIONADOS

Pesquisador fala sobre preocupações e prejuízos em estocar milho a céu aberto

Investir em boas práticas de armazenagem evita perda de qualidade e prejuízos ao produtor

Sinergismo ocorrente na mistura de herbicidas

  Arthur Henrique Cruvinel Carneiro Técnico em Agricultura e Zootecnia, graduando em Agronomia na Universidade Federal de Lavras (UFLA), membro dos grupos PET Agronomia, Grupo de...

Morgan apresenta portfólio líder na safrinha de milho no Dia de Campo Copagril

Marca reúne genética de alta qualidade e tecnologias para o agricultor que busca aumento de produtividade e renda no campo A Morgan Sementes e Biotecnologia...

Estudo com vendedores do agro brasileiro permite aprimorar os negócios do setor

A pesquisa Ver Agro foi construída com base nas respostas de 415 consultores de vendas de diferentes regiões

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!