25.6 C
Uberlândia
sábado, abril 13, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesInfluência da luminosidade nas plantas

Influência da luminosidade nas plantas

Divulgação

A prática da agricultura é constituída por diversos fatores que formam uma engrenagem que necessita funcionar em harmonia para que se chegue no resultado esperado: alta produtividade. Fazer uma anamnese de todas as características como solo, qualidade da água e clima antes de cultivar, é essencial para que esta engrenagem rode da melhor maneira possível.

Se tratando de clima, a luminosidade é um fator muito importante no momento da escolha do local e da cultura a ser implantada. Toda espécie vegetal possui necessidades específicas de radiação solar e quantidade de horas luz por dia para completar processos essenciais como a fotossíntese. Como exemplo o cultivo do maracujá e da cebola, em que são bastante afetados pela escolha da disponibilidade de luz do local de cultivo.

LEIA TAMBÉM:

O Fotoperíodo é um fator que está diretamente ligado a processos como indução ao florescimento e a frutificação. Lembrando que cada espécie possui uma quantidade de horas luz necessária para que isso ocorra, sendo elas agrupadas em plantas de dias longos, curtos e neutras ou fotoneutras. Na ausência do comprimento de dia favorável para induzir aos processos reprodutivos, algumas espécies podem continuar em crescimento vegetativo, levando ao fenômeno do gigantismo. Ao contrário, sob influência do fotoperíodo adequado, o florescimento e a frutificação podem ser induzidos mais precocemente.

Um estudo prévio dessas informações traz resultados expressivos, como a exemplo da soja, que é uma cultura muito sensível ao fotoperíodo e latitude, onde os produtores conhecendo as características da cultura tornaram o Brasil um dos maiores produtores de soja do mundo. Além destes cuidados, a utilização da irrigação gera incrementos substanciais de produtividade, diminuindo a dependência do fator climático e ofertando água e nutrientes nos períodos em que a planta mais necessita. A irrigação localizada por gotejamento subterrâneo em soja e demais grãos tem alavancado a produção, tornando possível produzir 5 safras em dois anos na mesma área, tornando muito mais rentável o cultivo.

Autor: Maxwell Soares da Silva, Especialista Agronômico da Netafim

ARTIGOS RELACIONADOS

Saiba o que plantar no verão

A estação que marca os dias mais longos e de altas temperaturas chegou!

Manejo e fisiologia das plantas

Open Sky Soja 2024 reuniu profissionais do agro para apresentação de resultados de pesquisas gerados na safra atual.

Acácia-negra

A Acacia mearnsii De Wild., pertencente à família Fabaceae, é natural de regiões temperadas ...

Boro: Pesquisa alerta para necessidade desse nutriente

As plantas têm em sua composição mais de 60 elementos químicos, mas somente 17 deles são atualmente considerados essenciais. Estes são classificados como macro ou micronutrientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!