19.6 C
Uberlândia
domingo, maio 19, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasLa Niña traz desafios à safra e o impacto pode ser minimizado...

La Niña traz desafios à safra e o impacto pode ser minimizado com auxílio do seguro

Fenômeno climático trará chuvas intensas no Norte e NE e seca no Centro-Sul a partir de junho com impacto na produtividade agrícola

Créditos Pixabay

O fenômeno climático La Niña atinge o Brasil a partir de junho de 2024 e vai trazer impactos negativos na agricultura brasileira. Haverá chuvas mais intensas nas regiões Norte e Nordeste, enquanto as regiões Centro-Sul, especialmente o Sul, poderão enfrentar condições mais secas. Na safra verão, o agricultor brasileiro já foi penalizado com menor produtividade por conta do El Niño, com redução de área plantada e um mercado internacional negativo, que enfrenta queda do preço da soja.  Para dirimir os eventuais prejuízos para a safra inverno, a VOKAN Seguros tem apostado em soluções para o agronegócio.

Segundo Weverton Anício, especialista de seguro agrícola da VOKAN, 2023 foi um ano desafiador para os agricultores. “Como consequência do El Niño, tivemos redução de área plantada, calendário atípico de safra, e muitos agricultores desistiram do cultivo devido às causas desfavoráveis.”

Infelizmente, para 2024, o cenário também é desafiador, pois o Brasil enfrenta novamente a imprevisibilidade climática.  “Mais do que nunca o agricultor precisa estar protegido e em segurança para garantir o custeio de sua produção e garantir sua continuidade no negócio.”

Para o setor, há os seguintes tipos de cobertura: o Multirisco, Risco Nomeados e o Paramétrico. O Multirisco cobre eventuais frustrações de safra decorrentes de tromba d’água, incêndio e raio, geada, chuvas excessivas, seca, granizo, ventos fortes e frios e variação de temperatura, garantindo o investimento realizado na área plantada (custo de produção + custo operacional). O Seguro Paramétrico, por sua vez, protege o produtor rural contra excesso de chuva ou falta de chuva em períodos pontuais, com limites de indenização, definidos até mesmo pelo cliente. O Risco Nomeado garante dano direto a lavoura causado por granizo, sendo possível inclusão de coberturas adicionais para culturas pontuais.

O planejamento estratégico, com adoção de técnicas de cultivo mais resilientes às variações climáticas, a diversificação das culturas e a utilização de tecnologias inovadoras são importantes para o futuro do agro. “Aqui na VOKAN realizamos um estudo customizado, considerando o perfil do produtor, área, cultura, principais riscos climáticos da região de cultivo e cobertura aderentes a sua necessidade, promovendo tranquilidade para a próxima safra e permanência neste setor produtivo.”   

ARTIGOS RELACIONADOS

Safra de feijão em reta final

Com 96% da área colhida na região de Ijuí, Rio Grande do Sul, a safra de feijão entra na reta ...

Colheita do girassol

Com 100% do girassol plantado no Estado, 75% da área semeada em agosto na região ...

Café: probabilidade de La Niña aumenta; entenda quais são os riscos

Espera-se que o evento La Niña tenha impacto mais uma vez nas regiões produtoras de café em todo o mundo, sendo provável que o...

Frente fria chega com tempestades no Brasil

Vórtice Ciclônico também pode favorecer chuvas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!