Novo sistema de produção de milho

0
106

Décio KaramMembro do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS), Ph.D e pesquisador de Manejo de Plantas Daninhas da Embrapa Milho e Sorgo

Crédito Shutterstock

O Antecipe é um sistema inédito de produção de grãos, em que é possível semear mecanicamente a cultura do milho nas entrelinhas da soja antes da colheita desta leguminosa. Para que isso se tornasse possível, 13 anos de pesquisa  foram dedicados para geração de conhecimento para permitir que o produtor saiba como e o momento certo de utilizar a tecnologia, além do desenvolvimento  de uma semeadora-adubadora que possa trabalhar neste novo modelo sem provocar danos às plantas de soja.

O objetivo é garantir que a produtividade não seja comprometida por competição ou mesmo pelo corte durante a colheita e o amassamento das plantas de milho provocado pelos pneus da colhedora durante a colheita da soja, também não comprometendo a produtividade do milho.

Como funciona

A tecnologia foi desenvolvida para não dificultar as operações na fazenda. Se o produtor resolver adotar o Antecipe em parte de sua área, até mesmo porque não é preciso antecipar toda a lavoura, não será necessário ajuste no espaçamento entre linhas.

Isso só foi possível porque a semeadora-adubadora para o Antecipe foi desenvolvida para trabalhar nos mesmos espaçamentos que qualquer semeadora existente no mercado. Assim, se a soja é semeada no espaçamento de 50 cm entrelinhas, por exemplo, no momento da entrada da máquina para o Antecipe, o espaçamento do milho também continuará com 50 cm. Porém, para isso, alguns cuidados devem ser considerados:

1.      O produtor deverá planejar antes de plantar a soja e em qual será (ão) o (s) talhão (ões) onde será trabalhado o Antecipe. Nesta (s) área (s), a condução da soja deverá levar em consideração que ele poderá antecipar a semeadura do milho em até 20 dias, se for necessário.

2.      O espaçamento da soja poderá permanecer igual ao que o produtor está acostumado a fazer porque a semeadora-adubadora desenvolvida apresenta a largura dos carrinhos de 38cm. Portanto, a soja de 50cm de espaçamento entre linhas se enquadra perfeitamente para este sistema.

3.      Pelo fato da semeadora-adubadora para o Antecipe apresentar uma barra porta ferramentas superior as plantadeiras tradicionais, o produtor poderá continuar usando a cultivar que está acostumado, entretanto, cultivares de porte mais ereto tendem a facilitar a operação de semeadura; assim, a soja não sofrerá danos quando o milho for semeado nas entrelinhas.

4.      A utilização de cultivares com a altura de inserção de vagens mais alta tende a reduzir a perda de folhas das plantas de milho no momento da colheita da soja.

5.      Para melhor aproveitamento do Antecipe e evitar perdas de produtividade da soja, as linhas de semeadura não deverão ter o acabamento (linhas cruzadas) ao final do talhão. Assim, as linhas semeadas deverão finalizar de forma que no Antecipe possa trabalhar nas entrelinhas sem acamar, destruir ou pisotear a soja.

Menos riscos

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.