18.6 C
Uberlândia
segunda-feira, maio 27, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasOnda de calor no Brasil diminuirá em abril

Onda de calor no Brasil diminuirá em abril

Após altas temperaturas em todo o país, principalmente no Rio de Janeiro, a Meteum prevê temperaturas mais baixas

Créditos Pixabay

Depois de um fim de semana de altas temperaturas em todo o Brasil, em que a sensação térmica atingiu incríveis 62,3ºC no Rio de Janeiro, algumas grandes cidades do país ainda enfrentarão clima quente, atingindo mais de 35ºC nos dias próximos, de acordo com previsões da Meteum, uma solução meteorológica e climática baseada em IA. Somente no final de março e em abril é que as temperaturas devem finalmente diminuir – inclusive nas cidades mais quentes agora, como Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Campinas e Campo Grande.

No entanto, a diminuição das temperaturas não significa um forte frescor, já que as leituras de temperatura diurnas ainda estarão ligeiramente acima do normal. No norte do país (a partir de Recife e mais ao norte), no final de março, são esperadas as mesmas temperaturas de agora, que estão apenas um pouco acima do normal. Ou seja, as atuais ondas de calor poderão ser observadas por mais alguns dias, mas devem passar até o final deste mês e a probabilidade de sua recorrência em abril não é muito alta – em média, espera-se que o mês seja mais frio em comparação com março.

De acordo com as previsões meteorológicas das ferramentas da Meteum, março trará recordes de calor em Salvador (1°C mais quente que o normal e 0.3°C mais quente que o recorde anterior), Manaus (1.6°C e 0.2°C, respectivamente), Goiânia (1.6°C e 0.4 °C) e Campo Grande (2.1 °C e 0.3 °C). Isso significa que o mês será significativamente mais quente que o normal em 13 das 15 principais cidades brasileiras.

El Niño está por trás do aumento das temperaturas em todo o país, sendo o segundo mais forte dos últimos 25 anos

O El Niño, fenômeno natural caracterizado pelo aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico em sua porção equatorial que atualmente afeta o clima no Brasil, é o segundo mais forte dos últimos 25 anos – e isso pode ter contribuído significativamente para as ondas de observadas e para os meses de temperaturas recordes. Em abril, também estão previstas anomalias quentes na maioria das cidades, porém mais fracas do que em março. Um abril com temperaturas recordes é esperado apenas em Manaus. A temperatura média cairá em relação a março em todas as cidades, menos em São Luís do Maranhão e Belém. As próprias anomalias quentes enfraquecerão em todos os lugares, exceto em Porto Alegre e Fortaleza.

LEIA TAMBÉM:

ARTIGOS RELACIONADOS

Sombreamento para folhosas é solução contra calor

A produção de hortaliças folhosas em condições de altas temperaturas é um desafio, pois as espécies de maior importância econômica, como a alface, almeirão, escarola, couve, rúcula, agrião, entre outras, tem melhor desempenho produtivo quando cultivadas de clima ameno.

Baixas temperaturas e geadas podem trazer prejuízos aos agricultores

"Com a onda de frio histórica, produtores rurais do Brasil devem ficar em alerta", destaca Douglas Duek.

Maçãs podem ser cultivadas em outras regiões

Apesar de serem conhecidas como frutas de clima temperado, as maçãs podem ser cultivadas em outras regiões com técnicas adequadas.

Por que manter o solo coberto?

A resposta é simples e direta: nem sempre podemos contar com a sorte! Têm sido frequentes ..

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!