20.6 C
Uberlândia
domingo, junho 23, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesQuantidade adequada de sementes pode aumentar produtividade no campo

Quantidade adequada de sementes pode aumentar produtividade no campo

Cada cultura responde de maneira diferente à densidade de semeadura

Sementes no cultivo de soja (crédito: jcomp, Freepik).

A agricultura digital está revolucionando cada vez mais as atividades agronômicas dos cultivos no Brasil. Um dos benefícios mais interessantes trazidos por esta revolução é a possibilidade de otimização e potencialização dos insumos utilizados na lavoura, entre eles as sementes. Neste sentido, o xarvio® lançou recentemente uma solução para a chamada semeadura em taxa variável, que apresentou um potencial de incremento médio de 2,2% de produtividade no cultivo da soja, 2,4% no cultivo do algodão e 5,4% no cultivo do milho.

Esta prática utiliza de algoritmos avançados para analisar a viabilidade de cada zona de talhão, olhando para dados históricos, condições atuais e diversas outras variáveis. Isso ajuda os agricultores a ter maior agilidade e precisão em sua tomada de decisão, e consequentemente mais produtividade em sua lavoura de forma sustentável e eficiente.

Além disso, hoje também estão disponíveis tecnologias capazes de detectar o potencial produtivo de cada região do talhão, com base em imagens de satélite e drones, que são analisadas por inteligência artificial e transformadas em mapas detalhados.

Estes mapas podem ser conectados às máquinas para distribuir automaticamente as sementes de acordo com o potencial de cada área específica do talhão.

“Os resultados da nossa recém-lançada solução digital de Semeadura em Taxa Variável, já disponível na plataforma xarvio® FIELD MANAGER para o plantio da safra 24/25, têm sido expressivos em diversas regiões do Brasil”, comenta Ricardo Arruda, Gerente de Tecnologia Agronômica do xarvio® Digital Farming Solutions Brasil.

Soja e algodão: menos sementes nas áreas mais produtivas
Para estas culturas, em áreas de alto potencial produtivo, reduzir a densidade de semeadura pode aumentar a produtividade. Isso porque a quantidade de sementes tem influência na capacidade de engalhamento da soja e do algodão.

Engalhamento é o processo de produção de ramos laterais, que podem gerar mais flores e frutos. No caso da soja e do algodão, um maior engalhamento pode resultar em mais produtividade, porque as plantas têm mais espaço para crescer lateralmente.

Efeitos da densidade de semeadura no cultivo de milho
Quando se trata do cultivo do milho, a lógica é diferente. Um maior crescimento lateral pode aumentar o número de espigas de baixa qualidade, reduzindo a produtividade.

Portanto, em áreas de maior potencial produtivo, uma densidade maior de sementes pode ser benéfica. Isso pode resultar em uma maior produção de espigas de alta qualidade e, consequentemente, de grãos.

Adotando a agricultura digital
A agricultura digital é uma ferramenta poderosa, mas é importante buscar orientação de um profissional especializado para sua adoção. Um especialista poderá auxiliar na escolha das soluções e no planejamento da implementação das tecnologias na propriedade.

“Com o plantio em taxa variável, consegui uniformizar melhor os talhões, deixando a lavoura mais eficiente e, dessa forma, tivemos um aumento significativo em produtividade”, afirma João Kupka, Gerente da Fazenda Vitória e cliente xarvio®.

“O xarvio® Digital Farming Solutions é a marca global de agricultura digital da BASF, e temos uma longa trajetória ao lado do produtor rural brasileiro. Somos parceiros no constante desenvolvimento e no apoio à adoção de novas tecnologias. Oferecemos soluções para toda a jornada do produtor, desde o plantio até a colheita, tudo em uma única plataforma, levando praticidade, economia, otimização de recursos e sustentabilidade para as operações”, finaliza Ricardo Arruda.

ARTIGOS RELACIONADOS

Tecnologia ajuda na compra de fertilizantes, defensivos e sementes

Plataforma oferece "lista de compras" aos produtores rurais. Agricultor recebe diferentes orçamentos para comparar preços e escolher a melhor opção.

Corteva Agriscience – inovações para mais produtividade e rentabilidade

A Corteva Agriscience estará presente, de 12 a 14 de janeiro, em Canarana (Mato Grosso), na Dinetec, evento que faz parte do calendário das feiras do agronegócio brasileiro em 2022.

Região do Vale do Araguaia ganha um moderno centro de distribuição de sementes

A cidade de Água Boa (729 km de Cuiabá) conta agora um moderno centro de distribuição da Petrovina Sementes. Inaugurado na última sexta-feira (14/06),...

ISLA Sementes marca presença na 46ª edição da Expointer

Diversificação da produção e adaptação aos extremos climáticos são destaque no evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!